A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comitê Regional da Pré- Jornada (Região Lapa) e Equipes da Pré-jornada das Paróquias Pio XI, 29 de maio de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comitê Regional da Pré- Jornada (Região Lapa) e Equipes da Pré-jornada das Paróquias Pio XI, 29 de maio de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Comitê Regional da Pré- Jornada (Região Lapa) e Equipes da Pré-jornada das Paróquias Pio XI, 29 de maio de 2012

2 “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19) é o lema da JMJ Rio2013. O anúncio do lema foi feito pelo Papa Bento XVI no dia 24 de agosto de 2011.

3

4

5 H ISTÓRICO DAS J ORNADAS M UNDIAIS DA J UVENTUDE

6 O QUE SÃO AS JMJ’ S ? A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) é celebrada anualmente nas dioceses, e a cada 2 ou 3 anos, em uma cidade escolhida pelo Papa, para a qual recorrem milhares de jovens de todos os cantos do mundo. O convite é feito pelo Santo padre o Papa, que sempre propõe uma temática específica aos jovens.

7 Q UAL O OBJETIVO DAS JMJ’ S ? Responde João Paulo II: “O principal objetivo das Jornadas é fazer a pessoa de Jesus o centro da fé e da vida de cada jovem para que Ele possa ser seu ponto de referência constante e também a inspiração para cada iniciativa e compromisso para a educação das novas gerações”.

8 C OMO SURGIRAM AS JMJ’ S ? As JMJ’s foram gestadas por ocasião de grandes encontros do Papa João Paulo II com os jovens entre 1983 e Durante os anos de 1983 e 1984 o Papa convocou o Ano Santo da Redenção, em comemoração aos 1950 anos da morte e ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. No final daquele ano santo, a 22 de abril (Páscoa), como milhares de jovens do mundo acorressem às celebrações daquele o domingo de Ramos, o Papa confiou-lhes o principal símbolo do jubileu - uma grande Cruz de madeira que estava posta junto ao altar principal da Basílica de São Pedro.

9 A CRUZ E O ÍCONE MARIANO DAS JMJ’ S O Papa JP II,no domingo seguinte - Páscoa da Ressurreição – entregou a cruz aos jovens do Centro Juvenil de São Lourenço, em Roma, confiando-lhes a missão de levar a Cruz pelo mundo afora como símbolo do amor de Cristo pela humanidade. O pedido do papa foi cumprido! De Roma, a Cruz seguiu para a Alemanha, França e, a pedido do Papa, cruzou o Muro de Berlim e foi a Praga.

10 P RIMEIRA J ORNADA 1986 Em 1985 retornou a Roma para a Celebração do Domingo de Ramos. Durante aquele ano, diversos encontros de jovens na Europa tiveram a Cruz Peregrina como símbolo. Em dezembro de 1985, com o anúncio da Primeira Jornada Mundial da Juventude (1986), a Cruz passou a acompanhar estes eventos e tornou-se seu principal símbolo.

11 N OSSA S ENHORA O ícone de Nossa Senhora foi presenteado aos jovens pelo mesmo Santo Padre em 2003 com as seguintes palavras: “Hoje eu confio a vocês... o Ícone de Maria. De agora em diante ele vai acompanhar as JMJ, junto com a Cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o Apóstolo João, a acolhê-la em suas vidas”. Desde então, o Ícone - uma cópia fiel de um antiquíssimo ícone encontrado na Basílica de Santa Maria Maior - tem acompanhado a Cruz em sua peregrinações.

12 LocalAno Participação na vigília de encerramento 1 Roma – Itália mil 2 Buenos Aires – Argentina19871 milhão 3 Santiago de Compostela - Espanha mil 4 Czestochowa - Polônia19911 milhão e 600 mil 5 Denver - EUA mil 6 Manila - Filipinas19955 milhões 7 Paris - França19971 milhão e 200 mil 8 Roma - Itália20002 milhões 9 Toronto - Canadá mil 10 Colônia - Alemanha20051 milhão e 200 mil 11 Sidney - Austrália mil 12 Madrid - Espanha20112 milhões 13Rio de Janeiro – Brasil2013Você

13 C OMO SÃO AS ATIVIDADES DE UMA JMJ? As JMJ’s reúnem jovens de diversas dioceses do mundo, em um determinado país para cerca de duas semanas de atividades. Na primeira semana ocorrem os “Dias nas Dioceses”, ou “Pré- jornada” ou “ Semana Missionária ”, que reúnem os jovens peregrinos nas diversas dioceses do país que acolhe a JMJ. Na segunda semana, concentram-se todos os jovens na cidade sede do evento para momentos celebrativos, catequeses, Eucaristia, Via-Sacra, atividades culturais, vigílias e encontros com o Santo Padre. Podemos afirmar que a JMJ é o momento máximo de “ Cenáculo ” da juventude católica mundial.

14 O QUE SÃO AS P RÉ - JORNADAS ? O programa dos “Dias na Diocese” ou “Pré- jornada” começou em 1997 por ocasião da JMJ de Paris. A Igreja, na França, promoveu estes encontros como um modo de facilitar a evangelização dos jovens das dioceses francesas, conseguir que a França inteira acolhesse os peregrinos vindos de outros países e motivasse os jovens franceses a participarem da JMJ. São marcados por eventos organizados pelas dioceses anfitriãs, possibilitando encontro cultural, turístico, solidário e religioso entre as diversas juventudes do mundo.

15 Q UAIS SÃO OS OBJETIVOS DA PRÉ - JORNADA EM S ÃO P AULO Experiência de fé : propiciar aos jovens do mundo momentos de oração e meditação aprofundando seu encontro pessoal com Jesus Cristo e sua proposta de amor. Experiência cultural : oportunizar aos jovens de diversas nacionalidades e culturas, ambientes de partilha e conhecimento da diversidade cultural dos povos. É também uma ótima oportunidade para a divulgação das riquezas da cultura local para pessoas de diversos países do mundo.do interesse em novas visitas para atividades turísticas.mundo. Experiência de solidariedade : envolver a juventude local e os peregrinos em diversas campanhas e projetos de solidariedade, no intuito de ajudar os jovens a se envolverem cada vez mais na edificação da Civilização do amor. Fonte:

16 C OMITÊ R EGIONAL P RÉ - JORNADA - LAPA

17 M EMBROS Dom Julio Endi Akamine, bispo Auxiliar da Região Lapa; Padres João Deschamps, coordenador de Pastoral; Padre João Carlos Borges, Vigário geral; Padre Marcos, responsável pelo Setor Juventude da Região Lapa; Pe. Antonio F. Ribeiro da Pascom; Pe. Maurício Miranda Salesiano; os leigos, Evelise, Fernando, Monica e Jairo; Rafael Galvão, seminarista salesiano

18 A TRIBUIÇÕES Sensibilização e divulgação da Pré-Jornada junto às Paróquias, Escolas Católicas e Entidades sociais ligadas à Igreja para a Campanha de Acolhida dos Peregrinos e Voluntários; Animação dos agentes de pastoral para o envolvimento com a Pré-Jornada; Organização da Vigília de Oração com os peregrinos na Região Episcopal; Coordenar o cadastramento dos locais disponíveis para a acolhida de peregrinos; Formação e treinamento das Equipes de Acolhida Paroquiais e de outros espaços; Treinamento dos voluntários aceitos após o recrutamento pelo Site da Pré-Jornada; Assessoria às paróquias para a efetivação da programação da Pré-Jornada: participação em eventos de cunho espiritual, cultural e social.

19 S EMANA M ISSIONÁRIA (P RÉ - JORNADA ) Arquidiocese de São Paulo 17 a 21 de julho 2013

20 L ANÇAMENTO DO HOTSITE DA S EMANA M ISSIONÁRIA - P RÉ -JMJ EM S ÃO P AULO 2013 Domingo de PentecostesCatedral da Sé

21

22 S EMANA M ISSIONÁRIA Hospedagem (100 jovens por paróquia) Dúvidas acolhedora/duvidas.html#http://www.prejmjsp.com/familia- acolhedora/duvidas.html# Cadastro acolhedora/cadastro/src/web/TelaForm.php acolhedora/cadastro/src/web/TelaForm.php Voluntários Dúvidas

23 EQUIPES DE PRÉ-JORNADA NAS PARÓQUIAS acolhervoluntários Avaliação e aprovação das famílias que se candidatem a acolher peregrinos bem como dos voluntários que cuidarão dos mesmos no âmbito local; Infraestrutura Organização da Infraestrutura para acolhida dos peregrinos: hospedagem, alimentação, segurança, etc. Preparação dos Voluntários e Equipes para Acolhida dos Peregrinos em parceria com a Região Episcopal; Acolhida e acompanhamento Acolhida e acompanhamento dos peregrinos durante os dias de Pré-Jornada; Programação Organização da Programação prevista na Pré-Jornada: acompanhamento e deslocamento dos peregrinos às atividades de cunho espiritual, conhecimento da realidade local, formação cultural e social e acompanhamento e deslocamento às atividades da Região Episcopal e da Arquidiocese.

24 G RANDES EVENTOS DA S EMANA M ISSIONÁRIA N A SEXTA - FEIRA, 19 DE JULHO 2013 – V IGÍLIA DE O RAÇÃO DA R EGIÃO L APA ; N O DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013, G RANDE C ELEBRAÇÃO E UCARÍSTICA ARQUIDIOCESANA DE E NVIO DOS P EREGRINOS À J ORNADA M UNDIAL DA J UVENTUDE NO R IO DE J ANEIRO NA P RAÇA DA S É.

25 C RONOGRAMA Maio – estruturação das equipes paroquiais da Semana Missionária; Junho e Julho – divulgação da Pré- jornada e campanha para as famílias acolhedoras. Final de Agosto – conclusão do cadastro de hospedagem.

26 P RÓXIMOS P ASSOS Formação para os voluntários e famílias; Programação da Semana Missionária nas paróquias; Preparação da Infraestrutura; Estudo dos subsídios publicados pela CNBB;

27 P ATRONOS DA JMJ R IO 2013 "Amigo dos jovens!""Padroeira das missões!" "Arauto da paz e da caridade!" "Protetora da Igreja e das famílias" "Soldado e mártir da fé!"

28 OBRIGADO.


Carregar ppt "Comitê Regional da Pré- Jornada (Região Lapa) e Equipes da Pré-jornada das Paróquias Pio XI, 29 de maio de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google