A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA USO DA ÁGUA NA AGRICULTURA Prof. Drª Maria Cândida Moitinho Nunes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA USO DA ÁGUA NA AGRICULTURA Prof. Drª Maria Cândida Moitinho Nunes."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA USO DA ÁGUA NA AGRICULTURA Prof. Drª Maria Cândida Moitinho Nunes

2 Á GUA  bem vital, precioso e escasso “A água é um recurso natural essencial para a sustentação da vida e do meio ambiente” - papel importante no desenvolvimento econômico e social de um país - sem água, não temos verduras, legumes, frutas, carne, leite ou ovos

3 COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS H Í DRICOS - atividades urbana, industrial e agrícola - desequilíbrios ambientais resultantes do desmatamento e uso indevido do solo  Crise mundial de abastecimento hídrico

4 CONSUMO AGRÍCOLA DE ÁGUA Mundo - 70% das derivações de água Brasil - 60% das derivações de água Agência Nacional de Águas (ANA) Lei Federal n º 9.433/97 Institui a Pol í tica Nacional dos Recursos H í dricos, a qual apresenta a Outorga de Direito de Uso dos Recursos H í dricos

5

6 CAUSAS DO COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS H Í DRICOS - crescimento populacional  produzir mais alimento  uso cada vez maior da agricultura irrigada - uso e manejo inadequado dos recurso hídricos  rebaixamento e contaminação dos aqüíferos - setores produtivos (principalmente a agricultura) - salinização do solo, em regiões mais secas - utilização de água subterrânea de forma insustent á vel  esvaziamento do lençol freático

7 CAUSAS DO COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS H Í DRICOS -Brasil *Um dos maiores produtores agropecuários do planeta Relatório ONU: Agricultura é maior ameaça a reservas de água doce do planeta  O documento afirma que cerca de dois terços da água doce proveniente de aqüíferos e outros rios são consumidos pela agricultura e pecuária “a agricultura é a atividade que mais consome água” - lavoura de arroz  grande consumidora de água

8 CAUSAS DO COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS H Í DRICOS - A agricultura é a segunda maior fonte de poluição das águas brasileiras, perdendo apenas para a emissão de esgotos domésticos * poluições decorrentes do uso inadequado de insumos agrícolas - pesticidas  tóxicos e muitas vezes não biodegradáveis - excessivo uso de agrotóxicos  hortifrutigrangeiros

9 CAUSAS DO COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS H Í DRICOS - fertilizantes (químicos ou naturais) e pesticidas (qu í micos)  poluição da á gua  Fósforo e potássio (eutrofização) * crescimento excessivo de algas, morte das algas, consumo de grande parte do OD para degradação microbiológica  turbidez, morte de peixes, contaminação da água * devastação de matas ciliares  assoreamento de rios * compactação do solo  redução do acúmulo de água sub-superficial

10 CAUSAS DO COMPROMETIMENTO DOS RECURSOS H Í DRICOS - uso inadequado de resíduos  usinas de cana (vinha ç a ou vinhoto) apresenta grandes quantidades de potássio (agentes eutrofizantes)  grande aporte de nutrientes, particularmente fosfatos - uso inadequado de esterco  não tratados adequadamente  vazamento de fossas e despejo em locais inapropriados * lixivia ç ão e poluição do solo e dos cursos d ’á gua

11 AGRICULTURA IRRIGADA “Parte de um conjunto de técnicas utilizadas para garantir a produção de uma determinada cultura, com manejo adequado dos recursos naturais” - Contínuo crescimento da população mundial ● Exigência de uma agricultura competitiva e tecnificada ● Necessidade de produção de alimentos de melhor qualidade e em maior quantidade

12 Brasil 5% da área cultivada é irrigada (Christofidis, 2002) - 33,65% superfície - 18,23% subsuperfície - 19,54% aspersão convencional - 20,69% pivô central - 7,89% localizada (gotejamento e microaspersão) Mundo 18% das terras irrigadas *56% por superfície

13 Área irrigada no Estado de Mato Grosso (Curi, 2006) ANOAREA IRRIGADA (ha)

14 METAS DA AGRICULTURA IRRIGADA - Otimização da produção mundial de alimentos - Produtividade e rentabilidade  máxima produção (mais de um plantio por ano), produtividade, otimização no uso das áreas e produto de qualidade - Diminuição dos riscos de investimento - Eficiência no uso da água, energia e insumos  considerando o meio ambiente

15 METAS DA AGRICULTURA IRRIGADA - Minimização das perdas de nutrientes essenciais do solo - Evitar irrigações excessivas ou deficitárias - Conservação dos recursos naturais - Geração de desenvolvimento sustentável no campo - Geração de empregos e renda de forma estável - Redução do êxodo rural “Atender às exigências da planta sem provocar deficiência ou excesso de água” “Entender as inter-relações entre água-solo-planta- atmosfera e manejo da irrigação”

16 DESVANTAGENS DA AGRICULTURA IRRIGADA - possibilidade de degradação ambiental - consumo de um grande volume de água  mau dimensionamento - limitação de recursos hídricos em algumas regiões

17 DESVANTAGENS DA AGRICULTURA IRRIGADA - salinização do solo (regiões áridas) - contaminação dos recursos hídricos  qualidade da água → problemas de saúde pública  favorece a formação de agentes transmissores de doenças  transporte / lixiviação de agroquímicos

18 AGRICULTURA IRRIGADA - uso excessivo da água  gasto c/ energia elétrica  erosão do solo  salinização do solo  arraste de fertilizantes e defensivos agrícolas *contaminação do lençol freático e de cursos naturais d’água - construção de barragens  interferem no regime fluvial dos cursos de água e têm efeitos sobre o meio ambiente “Não há práticas específicas que possam ser generalizadas”

19 MEDIDAS MITIGADORAS DOS IMPACTOS AMBIENTAIS DA IRRIGAÇÃO -analisar os fatores de solo, clima, planta e suprimento de água (aliados ao sistema de irrigação) -maximizar a produtividade, considerando o manejo racional da água - melhorar ou, no mínimo, manter as condições físicas, químicas e biológicas do solo

20 MEDIDAS MITIGADORAS DOS IMPACTOS AMBIENTAIS DA IRRIGAÇÃO - manter as condições de umidade do solo e de fitossanidade favoráveis ao desenvolvimento da cultura - avaliar a inter-relação entre irrigação e outros fatores culturais (variedades, densidade de plantio, fertilizante, ervas daninhas, colheitas, etc.) - Dimensionamento adequado dos sistemas de irrigação

21 CONSERVA Ç ÃO E RECUPERA Ç ÃO DOS RECURSOS H Í DRICOS - aprimorar a técnica da semeadura direta (SD ou PD)  eficaz tecnologia p/ proteção e conservação do solo  economia de 52,5 milhões de reais em energia nas áreas irrigadas por aspersão devido à manutenção da cobertura do solo  redução de 40% nas perdas por evaporação * maior disponibilidade de água e menor demanda de energia - otimização da irrigação natural  Zoneamento Agroclimático (melhor aproveitamento das chuvas)

22 CONSERVAÇÃO E RECUPERA Ç ÃO DOS RECURSOS H Í DRICOS - manejo adequado da irrigação: reposição de água para uma lavoura irrigada, sem ocorrer excessos ou déficit  monitoramento do solo, da planta e do clima *redução do desperdício de água “controle da umidade do solo” -Tratamento de águas residuárias - Cobrança pelo uso da água na agricultura irrigada

23 Obrigada pela atenção !


Carregar ppt "UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA USO DA ÁGUA NA AGRICULTURA Prof. Drª Maria Cândida Moitinho Nunes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google