A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IMH - nov. 2009. RANUNCULUS BULBOSUS Planta da família das Ranunculáceas. Seiva é muito irritante p/ pele, produzindo eritema, erupção vesicular com queimação,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IMH - nov. 2009. RANUNCULUS BULBOSUS Planta da família das Ranunculáceas. Seiva é muito irritante p/ pele, produzindo eritema, erupção vesicular com queimação,"— Transcrição da apresentação:

1 IMH - nov. 2009

2 RANUNCULUS BULBOSUS Planta da família das Ranunculáceas. Seiva é muito irritante p/ pele, produzindo eritema, erupção vesicular com queimação, dor aguda e prurido¹, podendo chegar a ulceração e necrose com sintomas sistêmicos. Erva perene, com flores amarelas com 5 ou 6 pétalas, atinge de 20 a 60 cm de altura; caule piloso; raiz subterrânea (rizoma). Nativo da Europa.

3 IMH - nov Medicamento classificado entre os assim chamados “pequenos”, medicamentos com poucos sintomas... Poucas experimentações patogenésicas. Tem o “poder de curar condições dolorosas e obstinadas.” 1 Age principalmente sobre os músculos e pele. 2 Para os maus efeitos do álcool principalmente quando há irritabilidade, delirium tremens, enjôos, cefaléia, intensos soluços espasmódicos, transtornos hepáticos. Dores: fisgadas, pressivas, como golpes... Agravação: ao ar livre, mudanças atmosféricas, tempo úmido e chuvoso, correntes de ar, ao inspirar; toque (muito sensível), pressão; movimento, caminhando, deitado;por raiva; ao anoitecer;... Melhora: sentado, inclinado para frente.

4 IMH - nov Dispnéia com opressão torácica com necessidade de inspirar profundamente... Medicamento reumático principalmente quando estão afetados os músculos intercostais. Neuralgia na parede torácica principalmente ao nível das falsas costelas. Para herpes zoster torácico com vesículas pruriginosas e ardentes, transparentes, confluentes, muito sensíveis ao toque... Precedidas ou acompanhadas de violentas dores neurálgicas.

5 IMH - nov CASO CLÍNICO: M.C.S. 35 anos, casado, 2 filhos, caminhoneiro, natural da Bahia, residindo em BH há 4 meses. Em 26/05/09 comparece à consulta médica com queixa de dor torácica aguda, com inicio há 2 dias, em queimação, ardente, pior à E, ao longo das costelas. Sensação estranha quando encosta a roupa (camisa) no local... “queima e coça muito”. Hoje notou presença de pequenas bolhas locais, vermelhidão e a queimação piorou. Dormiu muito mal à noite... Dor incomodou bastante! Disseram-lhe que era “cobreiro”. Preocupado, precisa trabalhar e não está tolerando nada encostar nas lesões. Ótima pessoa quando não bebe... Bebeu fica agressivo, briga e irrita-se com as crianças. “Dor no fígado” com gases e náuseas que relaciona com o abuso de álcool.

6 IMH - nov História pregressa: - não faz controles; nega uso de medicamentos. - etilista desde os 20 anos de idade. - consultas passadas devido a problemas gástricos. - pancreatite em 2004 (8 dias internado). - tratamento para dependência do álcool entre CD: Ranunculus bulbosus 30CH, 1 glóbulo VO, dose única. retorno em 7 dias.

7 IMH - nov Foto: M.C.S., em 26/05/09

8 IMH - nov /06/09 – Retorno após 12 dias. Ainda sentindo dores nas costela mas bem menos... “Lesões espalharam, deu umas crostas” mas com 7 dias não tinha mais nada. Local está um pouco sensível... Alívio dos problemas gástricos. Sem beber desde então. Relata um episódio de febre termometrada (38,5 o C) e fezes pouco amolecidas no 4º dia após uso do medicamento. OP: agravação seguida de melhora dos sintomas. exercício de vitalidade com exoneração. CD: aguardar. notícias

9 IMH - nov /07/09: Paciente comparece ao CS totalmente recuperado do quadro anterior. Trabalhando e diz que moderou na bebida. OP: evolução curativa mudança reativa CD: alta.

10 IMH - nov “A ação pontual dos remédios chamados pequenos às vezes nos surpreende” M.A. Mansour

11 IMH - nov TYLER, Margaret L. Retratos de Medicamentos Homeopáticos. Tradução de Maria Helena D`Eugênio. 1ª edição em português. São Paulo: Editora Santos, p v BOERICKE, William. Manual de Matéria Médica Homeopática. Tradução de Álvaro Mesquita Junior. 9ª edição. São Paulo: Robe Editorial,1997. p. 3- ROBERTS, Herbert A. Matéria Médica: estudo dos medicamentos por comparação. Tradução de Tarcizio de Freitas Bazilio. São Paulo: Robe Editorial, p. 4- ALLEN, Henry C. Sintomas–Chave da Matéria Médica Homeopática. Tradução de José Batista. 2ª edição brasileira. São Paulo: Dynamis editorial, p. 5- VANNIER, Leon; POIRIER, Jean. Tratado de matéria médica Homeopática. Tradução de Zilda B. Antony, Lauro S. Antony. 9ª edição. São Paulo: Editora Andrei, p VIJNOVSKY, Bernardo. Tratado de Matéria Médica Homeopática. 2ª edição Buenos Aires: Mukunda, p v.3 7- HAHNEMANN, Samuel. Organon da arte de curar. Tradução de Edméa Maturano, Izao Carneiro Soares. 6ª edição. São Paulo: Robe editorial, p. 8 - FILHO, Ariovaldo R. Novo Repertório de Sintomas Homeopáticos. 2ª edição, 1ª reimpressão.São Paulo: Robe Editorial, p. 9- ALLEN, Timothy F. The Encyclopedia of Pure Materia Medica. New Delhi, India: B. Jain Publishers Pvt. Ltd., v.4. p HERING, C. The Guinding Symptoms of our Materia Medica. New Delhi, India: B. Jain Publishers Pvt. Ltd., v.9. p CLARKE, J.H. Dictionary of Practical Materia Medica. New Delhi, India: B. Jain Publishers Pvt. Ltd., v.3. p KENT, James T. Matéria Médica Homeopática. Tradução de Angela Moscoso.Rio de Janeiro. Luiz Menescal editores,2003. vol.ll, p LATHOUD, J.A.. Estudos de Matéria Médica Homeopática. Tradução: Heloísa Helena de Macedo. São Paulo: Editora Organon, p

12 IMH - nov Obrigada!


Carregar ppt "IMH - nov. 2009. RANUNCULUS BULBOSUS Planta da família das Ranunculáceas. Seiva é muito irritante p/ pele, produzindo eritema, erupção vesicular com queimação,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google