A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Marcin Krzysztof Wlodek Sintaxe. Marcin Krzysztof Wlodek Elementos essenciais da oração SujeitoPredicado Sujeito simples A Joana foi à praia ontem. Sujeito.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Marcin Krzysztof Wlodek Sintaxe. Marcin Krzysztof Wlodek Elementos essenciais da oração SujeitoPredicado Sujeito simples A Joana foi à praia ontem. Sujeito."— Transcrição da apresentação:

1 Marcin Krzysztof Wlodek Sintaxe

2 Marcin Krzysztof Wlodek Elementos essenciais da oração SujeitoPredicado Sujeito simples A Joana foi à praia ontem. Sujeito composto Eu e a Joana fomos à praia ontem. Sujeito subentendido Fomos à praia ontem. Sujeito nulo Estava bom tempo. Predicado verbal Fomos à praia. Predicado nominal Ficámos contentes. Verbo de ligação (copulativo) Ficámos contentes. Predicativo do sujeito Ficámos contentes.

3 Marcin Krzysztof Wlodek Classificação das orações Orações simples um predicado Orações compostas vários predicados Orações coordenadas Orações subordinadas

4 Marcin Krzysztof Wlodek Classificação das orações coordenadas Orações sindéticas ligadas por conjunções coordenativas Orações assindéticas justapostas umas às outras sem serem ligadas por conjunções Cantam e dançam. Cantam, dançam.

5 Marcin Krzysztof Wlodek Orações coordenadas sindéticas estão ligadas por uma conjunção ou locução coordenativa e mantêm uma certa autonomia. Copulativas → ligação ou adição O Pedro levantou-se às sete e saiu às oito. Adversativas → oposição A Isabel também se levantou às sete, mas saiu só às dez. Disjuntivas → alternância ou alternativa Ficas aqui ou vens comigo? Conclusivas → conclusão Penso, logo existo. Explicativas → explicação ou justificação O João foi reprovado no exame, pois não estudou nada.

6 Marcin Krzysztof Wlodek Conjunções e locuções conjuncionais coordenativas Copulativas → adição e nem que também não só... como também não só... mas também tanto... como Adversativas → oposição contudo entretanto mas porém que todavia ainda assim ao passo que apesar disso mesmo assim não obstante no entanto Disjuntivas → alternativa ou já... já nem... nem ora... ora ou... ou quer... quer seja... ou seja... seja Conclusivas → conclusão ou consequência logo pois portanto pelo que por conseguinte por consequência Explicativas → explicação ou justificação pois porquanto porque que

7 Marcin Krzysztof Wlodek Espero que todos os estudantes que fizeram o exame naquela semana em que choveu tanto recebam boas notas. Oração composta Oração subordinada que as ruas ficaram inundadas Oração subordinada

8 Marcin Krzysztof Wlodek Classificação das orações subordinadas Substantivas (Completivas) Adjectivas (Relativas) Adverbiais (1) integrantes (2) interrogativas indirectas (3) infinitivas (4) relativas sem antecedente (5) explicativas (6) restritivas (7) temporais (8) causais (9) comparativas (10) condicionais (11) finais (12) concessivas (13) consecutivas comportam-se como substantivoscomportam-se como adjectivoscomportam-se como advérbios

9 Marcin Krzysztof Wlodek Orações subordinadas substantivas (completivas) 1. Integrante É possível que amanhã faça sol. (sujeito) O Pedro lamentou que a Joana lhe tivesse mentido. (complemento directo) 2. Interrogativa indirecta Pergunto se queres ir comigo ao cinema. (complemento directo) 3. Infinitiva Digo para não falares com desconhecidos. (complemento directo) 4. Relativa sem antecedente Quem procura sempre encontra. (sujeito) Dou-te quanto carinho tenho. (complemento directo)

10 Marcin Krzysztof Wlodek Orações adjectivas (relativas) 5. Relativas explicativas Os alunos, que já terminaram a prova, podem sair. = todos os alunos já terminaram a prova e todos podem sair 6. Relativas restritivas Os alunos que já terminaram a prova podem sair. = alguns alunos já terminaram a prova e só estes é que podem sair

11 Marcin Krzysztof Wlodek Orações adverbiais 7. Temporais Logo que me chames, vou ter contigo. 8. Causais Põe o gorro na cabeça, porque faz muito frio. 9. Comparativas O professor trata os estudantes como trata os seus amigos. 10. Condicionais Se não estudares nada, serás reprovado. 11. Finais O menino pediu para que alguém o levasse para casa. 12. Concessivas Embora esteja cansado, vou ajudar-te. 13. Consecutivas A reunião foi tão aborrecida que todos se levantaram e saíram.

12 Marcin Krzysztof Wlodek Conjunções e locuções conjuncionais subordinativas Causaiscomo, pois, porquanto, porque, quejá que, pois que, por isso que, uma vez que, visto que Condicionaiscaso, sea menos que, a não ser que, contanto que, dado que desde que, excepto se, no caso de (que), salvo se Finaisquea fim de que, para que, por que Temporaisapenas, como, enquanto, mal, quando, que à medida que, antes que, ao passo que, assim que, até que, depois que, desde que, logo que, primeiro que, sempre que, tanto que, todas as vezes que Concessivasconquanto, embora, queainda que, apesar de que, bem que, mesmo que, nem que, por mais que, por menos que, posto que, se bem que Comparativasassim, como, conforme, consoante, que, segundo assim como, bem como, como se, do que, mais... do que, menos... do que, que nem, tal... que, tão/tanto... como Consecutivasquedaí que, de forma que, de maneira que, de modo que, de sorte que Integrantesque, se

13 Marcin Krzysztof Wlodek Orações subordinadas substantivas Uma oração substantiva pode desempenhar a mesma função que um substantivo (nome) na frase, daí a designação orações substantivas. O Marco pediu à Teresa um livro emprestado. (nome) O Marco pediu-o à Teresa. (pronome) O Marco pediu à Teresa que lhe emprestasse um livro. (oração subordinada) O jovem contou a história do naufrágio. (nome) O jovem contou-a. (pronome) O jovem contou que tinha havido um naufrágio. (oração subordinada) A professora pediu silêncio. (nome) A professora pediu-o. (pronome) A professora pediu que os alunos fizessem silêncio. (oração subordinada)

14 Marcin Krzysztof Wlodek Observem: Sujeito É importante o respeito das regras de trânsito. (nome) É importante que respeitemos as regras de trânsito. (oração subordinada) É preciso cuidado com os crocodilos. (nome) É preciso que tenhamos cuidado com os crocodilos. (oração subordinada) Objecto directo O Zé pediu uma cerveja. (nome) O Zé pediu que o empregado lhe trouxesse uma cerveja. (oração subordinada) O engenheiro procurava a solução do problema. (nome) O engenheiro procurava que o problema fosse solucionado. (oração subordinada)

15 Marcin Krzysztof Wlodek Orações subordinadas adverbiais 1. Causais Exprimem a causa daquilo expresso na oração principal. O Mário chegou atrasado ao encontro, porque esteve numa reunião. 2. Consecutivas Exprimem a consequência, o resultado daquilo expresso na oração principal. A reunião demorou tanto que o Mário chegou atrasado ao encontro.

16 Marcin Krzysztof Wlodek 3. Temporais Exprimem tempo. Logo que chegou a casa, o Pedro foi deitar-se. 4. Finais Exprimem finalidade, objectivo. Vamos estudar a gramática para escrevermos melhor em português.

17 Marcin Krzysztof Wlodek 5. Condicionais Exprimem condição, obstáculo. Se o Pedro me deixar, fico com o coração partido. 6. Comparativas Exprimem comparação. Para a Sílvia, os seus amigos são tão importantes quanto a sua família.

18 Marcin Krzysztof Wlodek 7. Concessivas Exprimem concessão. Mesmo que a Cátia trabalhe muito, ninguém lhe agradece.


Carregar ppt "Marcin Krzysztof Wlodek Sintaxe. Marcin Krzysztof Wlodek Elementos essenciais da oração SujeitoPredicado Sujeito simples A Joana foi à praia ontem. Sujeito."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google