A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Janeiro/20061 / 51COE – Comércio Eletrônico Internet Brasil Flávio Augusto Martins Wanderley Professor

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Janeiro/20061 / 51COE – Comércio Eletrônico Internet Brasil Flávio Augusto Martins Wanderley Professor"— Transcrição da apresentação:

1 Janeiro/20061 / 51COE – Comércio Eletrônico Internet Brasil Flávio Augusto Martins Wanderley Professor

2 Janeiro/20062 / 51COE – Comércio Eletrônico Conteúdo desta aula  O que vem a ser Backbone?  Quem controla a Internet no Brasil?  O futuro.  Aceitação.  Estrutura de comunicação. +

3 Janeiro/20063 / 51COE – Comércio Eletrônico Conteúdo desta aula  Audiência dos domínios.  Perfil do internauta Brasileiro.  Evolução do Internauta Brasileiro.

4 Janeiro/20064 / 51COE – Comércio Eletrônico O que vem a ser um Backbone?

5 Janeiro/20065 / 51COE – Comércio Eletrônico Conjunto de redes e sub-redes por onde flui em alta velocidade todo o tráfego da INTERNET. Backbone

6 Janeiro/20066 / 51COE – Comércio Eletrônico Quem controla a Internet no Brasil?

7 Janeiro/20067 / 51COE – Comércio Eletrônico Organização  Em maio de 1995 abriu-se comercialmente a internet no Brasil. A RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa) deixou de ser um backbone exclusivo do meio acadêmico, para prestar serviços a comunidade nacional.  A RNP foi criada em 1989 pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, com o objetivo de construir a infra-estrutura de rede internet nacional. +

8 Janeiro/20068 / 51COE – Comércio Eletrônico Organização  A RNP oferece conexão gratuita à Internet para instituições federais de ensino superior ligadas ao Ministério da Educação (MEC), unidades de pesquisa federais ligadas ao MCT, agências de ambos os ministérios e outras instituições de ensino e de pesquisa públicas e privadas. Além da integração do território brasileiro, o RNP2 oferece conexões internacionais para os Estados Unidos. Um universo estimado de 800 mil usuários da comunidade acadêmica brasileira se beneficia dessa infra-estrutura que estimula o progresso da ciência e da educação superior no país. +

9 Janeiro/20069 / 51COE – Comércio Eletrônico Organização (RNP)  Desde 2000, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) tem se dedicado à promoção do uso de aplicações avançadas em redes de computadores. Telefonia sobre a rede Internet, TV digital transmitida pela rede, educação a distância e videoconferência IP são algumas das aplicações que estão sendo testadas para estudo de viabilidade de oferta na forma de novos serviços para os usuários. +

10 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Organização  Em 1995 o Ministério das Comunicações criou o Comitê Gestor Internet Brasil, com o objetivo de assegurar a qualidade dos serviços prestados pelos provedores de acesso e para manter os padrões de conduta dos usuários. +

11 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Organização (Registro)  Em 1998 a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), recebeu do Comitê Gestor Internet Brasil a coordenação e manutenção das atribuições de endereços IP´s em todo território nacional.  Em 21 de outubro de 2005 decidiu-se que, a partir de 5 de dezembro de 2005, o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR - NIC.br ficará responsável pela gestão do Registro.br. +

12 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Organização (Registro)  As solicitações de domínios em território nacional é feita ao NIC.br através do site As regras e o contrato estão a disposição dos interessados no próprio site da instituição.  Hoje é cobrado r$ 30 (trinta reais) anuais de taxa de manutenção para cada domínio registrado na entidade.  Registros tais como (.com,.net e.org) tem o custo de US$ 35,00.

13 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Organização  CGI.br – Comitê Gestor da Internet no Brasilhttp://www.cgi.br  NIC.br – Núcleo de Informação e Coordenação  Registro.br – Registro de Domínios para Internet no Brasilhttp://www.registro.br  CERT.br - Grupo de Resposta a Incidentes para a Internet brasileira, responsável por receber, analisar e responder a incidentes de segurança em computadores, envolvendo redes conectadas à Internet brasileira.

14 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Lista de Categorias de Registros Somente para pessoas jurídicas AGR.BREmpresas agrícolas, fazendas AM.BREmpresas de radiodifusão sonora ART.BRArtes: música, pintura, folclore EDU.BREntidades de ensino superior COM.BRComércio em geral COOP.BRCooperativas ESP.BREsporte em geral FAR.BRFarmácias e drogarias FM.BREmpresas de radiodifusão sonora G12.BREntidades de ensino de primeiro e segundo grau GOV.BREntidades do governo federal IMB.BRImobiliárias IND.BRIndustrias

15 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Lista de Categorias de Registros Somente para pessoas jurídicas INF.BRMeios de informação (rádios, jornais, bibliotecas, etc..) MIL.BRForças Armadas Brasileiras NET.BRDetentores de autorização para os serviços de Comunicação Multimídia (SCM), Rede e Circuito Especializado (SLE) da Anatel e/ou detentores de Sistema Autônomo conectado a Internet conforme o RFC1930 ORG.BREntidades não governamentais sem fins lucrativos PSI.BRProvedores de serviço Internet REC.BRAtividades de entretenimento, diversão, jogos, etc... SRV.BREmpresas prestadoras de serviços TMP.BREventos temporários, como feiras e exposições TUR.BREntidades da área de turismo TV.BREmpresas de radiodifusão de sons e imagens ETC.BREntidades que não se enquadram nas outras categorias para Profissionais Liberais

16 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Lista de Categorias de Registros Somente para pessoas físicas ADM.BRAdministradores ADV.BRAdvogados ARQ.BRArquitetos ATO.BRAtores BIO.BRBiólogos BMD.BRBiomédicos CIM.BRCorretores CNG.BRCenógrafos CNT.BRContadores ECN.BREconomistas ENG.BREngenheiros ETI.BREspecialista em Tecnologia da Informação FND.BRFonoaudiólogos

17 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Lista de Categorias de Registros Somente para pessoas físicas FOT.BRFotógrafos FST.BRFisioterapeutas GGF.BRGeógrafos JOR.BRJornalistas LEL.BRLeiloeiros MAT.BRMatemáticos e Estatísticos MED.BRMédicos MUS.BRMúsicos NOT.BRNotários NTR.BRNutricionistas ODO.BRDentistas PPG.BRPublicitários e profissionais da área de propaganda e marketing PRO.BRProfessores

18 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Lista de Categorias de Registros Somente para pessoas físicas PSC.BRPsicólogos QSL.BRRádio amadores SLG.BRSociólogos TRD.BRTradutores VET.BRVeterinários ZLG.BRZoólogos NOM.BRPessoas Físicas

19 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico

20 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico A Evolução do Backbone RNP De 1991 à 1997

21 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico RNP em

22 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico RNP em

23 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico RNP em

24 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico RNP em

25 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico RNP em

26 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico RNP em 1997

27 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico A RNP2 O Projeto Brasil

28 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico A RNP2 Projeto de avanço tecnologico  Ao longo dos últimos anos da década de 1990, as operadoras de telecomunicação foram ampliando suas infra-estruturas de fibras ópticas. Desta forma, em maio de 2000, o ministro da Ciência e Tecnologia, Ronaldo Mota Sardenberg, pôde inaugurar o novo backbone RNP2, o qual alcança os 27 estados da federação com capacidade suficiente para atender aos requisitos de aplicações e serviços avançados. +

29 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico RNP2

30 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico O futuro vem ai

31 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Os avanços  Nos últimos anos, a Internet tem crescido de forma assustadora fomentada pela grande oferta de novas tecnologias que provocaram uma mudança não apenas visual mas de visão de negócios.  As pequenas e médias áreas de negócios passaram a enxergar a Internet como uma fonte rentável de lucros e por sua consequente concorrência, uma necessidade vital para a prosperidade dos negócios. +

32 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Os avanços  As novas tecnologias como VRML (Virtual Reality Modeling Language) permitiu que lojas especializadas criassem verdadeiros ambientes virtuais a custos menores dos que os tradicionais.  A tecnologia Java trouxe a capacidade das companhias mostrarem um pouco mais dos seus negócios e promover uma interação online com seus fornecedores e clientes.

33 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Aceitação

34 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Descobertas / Aceitação Tempo de aceitação das invenções Meio de Comunicação Tempo de Aceitação (anos) Datas Imprensa400De 1454 ao século XIX Telefone70De 1876 até pós segunda guerra Rádio40De 1895 até o período entre as duas primeiras guerras Televisão até 1950 Internet71990 até 1997

35 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Descobertas / Aceitação Tempo que novas tecnologias levaram para atingir 50 milhões de usuários no mundo. Rádio38 anos Computado16 anos Televisão13 anos TV a cabo10 anos Internet4 anos

36 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Estrutura de comunicação

37 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Velocidade x Performance Principais meios de comunicação na Internet AcessoTaxaTempo 2 MB Tempo 9 MB Modem 28,8 Kbps28,8 Kbps10 min40 min ISDN128 Kpbs2,4 min10 min Direct PC*400 Kbps35 seg3 min T11,5 Mbps11 seg48 seg Cabo / ADSL256 Kpbs1,2 min4 min * Direct PC emprega uma miniparabólica e um modem especial para o usuário receber dados via satélite.

38 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Audiência dos domínios

39 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Domínios Brasileiro DomínioAudiência Única% Alcance Uol.com.br ,35% Ig.com.br ,76% Globo.com ,04% Terra.com.br ,67% Yahoo.com.br ,49% Msn.com ,16% Google.com.br ,46% Bol.com.br ,28% Números de Março Audiência única representa pessoas diferentes que acessam pelo menos uma vez por mês o site. Números em milhões. Fonte: Nielsen / NetRatings

40 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Audiência única – Notícias

41 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Domínios Americanos DomínioAudiência Única % Alcance Tempo Médio de permanência no site Microsoft.com ,56%01:25 hs Warner.com ,04%03:39 hs Yahoo.com ,08%01:49 hs Google.com ,90%00:17 hs EBay.com ,55%01:27 hs UnitedStates.gov ,65%00:17 hs Números de Junho Audiência única representa pessoas diferentes que acessam pelo menos uma vez por mês o site. Números em milhões. Fonte: Nielsen / NetRatings

42 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Perfil do Internauta Brasileiro

43 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico O Internauta Brasileiro

44 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico O Internauta Brasileiro por Classe Social

45 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico O Internauta Brasileiro por Idade

46 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico O Internauta Brasileiro por Escolaridade

47 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico O Internauta Brasileiro por Sexo

48 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Evolução do Internauta Brasileiro

49 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Como evoluiu o Internauta Brasileiro DataPop.*Na Web*% Pop.% Evol. Desde 1997 Jan / ,420,0511,5%1.686% Jan / ,014,328,1%1.143% Ago / ,013,987,9%1.115% Set / ,312,047,0%947% Nov / ,79,845,8%756% Dez / ,46,797,1%490% Dez / ,22,351,4%104% Jul / ,11,150,7%- * Números em milhões de pessoas.

50 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Comparativo de acessos Brasil x EUA AtividadeBrasilEUAMundo Nr. de Internautas (Milhões)20,55205,3460,076 Usuários Ativos (Milhões)12,09142,4300,40 Nr. de Sessões por mês Nr. de Sites Visitados (mês) Tempo de navegação (hs)22:52 hs26:20 hs24:16 hs Tempo por sessão (minutos)38:27 min32:35 min48:56 min Tempo gasto por página1 min54 seg46 seg Fonte: Nielsen / NetRatings

51 Janeiro/ / 51COE – Comércio Eletrônico Usuários 2005Usuários 2006 AtivosCom acessoAtivosCom acesso Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Usuários domiciliares de Internet no Brasil Fonte: IBOPE NetRatings


Carregar ppt "Janeiro/20061 / 51COE – Comércio Eletrônico Internet Brasil Flávio Augusto Martins Wanderley Professor"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google