A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vitória, ES – Setembro 2014 Deborah Carvalho Malta Diretora do Departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Secretaria de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vitória, ES – Setembro 2014 Deborah Carvalho Malta Diretora do Departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Secretaria de."— Transcrição da apresentação:

1 Vitória, ES – Setembro 2014 Deborah Carvalho Malta Diretora do Departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Ministério da Saúde Monitoramento das Metas Nacionais e Globais para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis

2 Sumário Plano de enfrentamento das DCNT Global – Brasil Plano DCNT Brasil: fontes de dados para monitoramento Metas do plano Brasil e resultados Metas Globais Desafios

3 As DCNT são responsáveis por 63% dos óbitos no mundo Aproximadamente 80% das mortes por DCNT ocorrem em países de baixa e média renda. Um terço das mortes ocorre em pessoas com idade inferior a 60 anos. Custo elevado e crescente para os sistemas de saúde Redução de 2% ao ano no PIB da América Latina CONTEXTO MUNDIAL DAS DCNT CONTEXTO MUNDIAL DAS DCNT

4 Global Strategy for the Prevention and Control of Noncommunicable Diseases Global Strategy on Diet, Physical Activity and Health Action Plan on the Global Strategy for the Prevention and Control of NCDs Global Strategy to Reduce the Harmful Use of Alcohol WHO Global Status Report on NCDs Political Declaration on NCDs Global Mile stones : Prevention and Control of NCDs WHO Action Plan for the Prevention and Control of NCDs for

5 Setembro, 2011

6 Objective 1: To strengthen international cooperation and advocacy to raise the priority accorded to prevention and control of NCDs in the development agenda and in internationally- agreed development goals Objective 2: To strengthen national capacity, leadership, governance, multisectoral action and partnerships to accelerate country response for prevention and control of NCDs Objective 3: To reduce exposure to modifiable risk factors for NCDs through creation of health- promoting environments Objective 4: To strengthen and reorient health systems to address prevention and control of NCDs through people- centred primary health care and universal coverage Objective 5: To promote and support national capacity for high quality research and development for prevention and control of NCDs Objective 6: To monitor trends and determinants of NCDs and evaluate progress in their prevention and control WHO Global NCD Action Plan –objectives The Action Plan comprises a set of actions which, when performed collectively by Member States, UN agencies, international partners and WHO, will reduce the burden of preventable morbidity and disability and avoidable mortality due to NCDs. Plano Global DCNT 2013

7 DCNT TabagismoAlimentação Uso nocivo do álcool Inatividade Física Vigilância, monitoramento e avaliação Eixo I Prevenção e Promoção da Saúde Eixo II Cuidado Integral Eixo III Plano de enfrentamento das DCNT no Brasil

8

9 Metas Plano DCNT Ano da Linha de base Último ano Fonte de dados/ próxima medida Reduzir a mortalidade prematura (<70 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM Reduzir a prevalência de tabagismo VIGITEL PNS Aumentar a realização de mamografia em mulheres de 50 a 69 anos nos últimos dois anos PNAD VIGITEL Aumento da realização do exame de papanicolau em mulheres de 25 a 64 anos, nos últimos três anos PNAD/PNS VIGITEL Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre VIGITEL PNS Deter o crescimento da obesidade em adultos VIGITEL POF/ PNS Reduzir a prevalência de obesidade em crianças2008 POF PNS Reduzir a prevalência de obesidade em adolescentes2008 POF/ PNS Aumentar o consumo de frutas e hortaliças VIGITEL PNS Reduzir o consumo médio de sal2008 POF PNS Reduzir o consumo abusivo de bebidas alcoólicas VIGITEL PNS

10 VIGITEL Sistema de Monitoramento de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas Não Transmissíveis por meio de Inquérito Telefônico Objetivo: Mensurar a prevalência de fatores de risco e proteção para doenças não transmissíveis nas 27 capitais do país e subsidia planejamento e gestão da Promoção da Saúde e da Prevenção de Doenças. População monitorada: adultos (>= 18 anos) residentes em domicílios com telefone fixo nas capitais dos 26 estados brasileiros e DF. Parceria: MS, NUPENS/USP

11 Pesquisa Nacional de Saúde  Tamanho de amostra: domicílios no Brasil; pelo menos 900 domicílios em cada desagregação geográfica.  Foram visitados 1600 municípios. Representação: Regiões, estados, regiões metropolitanas, capitais, áreas urbanas e rurais Medidas físicas: antropometria e PA Entrevistas finalizadas em fevereiro de 2014 Subamostra: Antropometria, coleta material biológico (sangue e urina) Colesterol, Hemogl. Glicada, CR.,sorol. Dengue, Sal (urina) Szwarcwald Célia Landmann, Malta Deborah Carvalho, Pereira Cimar Azeredo, Vieira Maria Lucia França Pontes, Conde Wolney Lisboa, Souza Júnior Paulo Roberto Borges de et al. Pesquisa Nacional de Saúde no Brasil: concepção e metodologia de aplicação. Ciênc. saúde coletiva [serial on the Internet] Feb [cited 2014 Sep 07] ; 19( 2 ):

12

13 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base Linha de base 2010 Resultado: 2011 Próxima medida Redução da mortalidade prematura ( anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM 2012 Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1% 11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

14 Mortalidade prematura (óbitos/100 mil habitantes) pelas principais doenças crônicas no Brasil, % dos óbitos -3,8% - 24% Metas do Plano DCNT – Mortalidade anos 2010 – 2011: - 3,8%

15 Taxa de mortalidade prematura por DCNT (<70 anos) para o conjunto das 4 DCNT, Brasil, 2011 a 2022 Fonte: Sistema de Informação sobre mortalidade (SIM) Introduzido como indicador da RIPSA Projeção Mortalidade Plano DCNT – 2022 Cobertura de 95% dos registros de óbito - SIM Meta Reduzir a taxa de mortalidade prematura por DCNT em 2% aa

16 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Linha de base ano Linha de base 2010 Resultado: 2013 Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

17 Evolução da prevalência de fumante atual, segundo sexo VIGITEL, Redução significativa ( ) em todos os estratos (p<0.05) Metas do Plano de DCNT - Tabagismo Meta: OMS: redução - 30% até – 2013: - 19,8%

18 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base Linha de base 2010 Resultado: 2013 Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% PNS Vigitel Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

19 Evolução do percentual de mulheres (50 a 69 anos) que realizaram mamografia nos últimos dois anos. VIGITEL, 2007 a 2013 * Aumento significativo p <0,01 Meta Brasil: 70% Metas do Plano DCNT - Mamografia 2010 – 2013: + 6,3% Capitais %

20 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base Linha de base 2010 Resultado: 2013 Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% PNS Vigitel Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

21 Percentual de mulheres (25 a 64 anos) que nos últimos três anos realizaram citologia oncótica. VIGITEL, 2007 a 2013 Meta Brasil: 85% Sem tendência significativa Metas do Plano DCNT - Papanicolau

22 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base Linha de base 2010 Resultado: 2013 Próximo medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

23 Evolução da frequência de atividade física no tempo livre (lazer*) segundo sexo, VIGITEL 2009 a 2013 Aumento significativo entre os homens, mulheres e ambos os sexos ( ) p <0,05 * * * * Ativo Tempo Livre: Pelo menos 150 minutos semanais de atividade física de intensidade leve ou moderada ou pelo menos 75 minutos semanais de atividade física de intensidade vigorosa Metas do Plano DCNT – Atividade física 2010 – 2013: + 12,3% % Meta OMS reduzir 10% sedentarismo

24 Metas do Plano de DCNT a Fonte de dados Ano da linha de base Linha de base 2010 Resultado: 2013 Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Deter crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% 16,9% M 12,4%H 17,5% – Vigitel PNS/POF Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

25 Evolução da frequência de obesidade*, VIGITEL 2006 a 2013 Aumento significativo no total, homens e mulheres ( ) p <0,01 * Realizada imputação de dados faltantes sobre peso ou altura para todos os anos Metas do Plano DCNT – Obesidade 2010 – 2013: + 15% 2012 – 2013: tendência de estabilização

26 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base linha de base 2010 Resultado Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em crianças POF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

27 Fonte: IBGE. Pesquisa de Orçamentos Familiares - POF Antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes e adultos no Brasil. Metas do Plano DCNT – Obesidade % Prevalência de déficit de altura, déficit de peso, excesso de peso e obesidade na população de 5 a 9 anos, por sexo. Brasil – , 1989 e

28 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base Linha de base 2010 Resultado: Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentes POF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

29 Fonte: IBGE. Pesquisa de Orçamentos Familiares - POF Antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes e adultos no Brasil. Metas do Plano DCNT – Obesidade % Prevalência de déficit de altura, déficit de peso, excesso de peso e obesidade na população de 10 a 19 anos, por sexo. Brasil , 1989 e

30 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base linha de base 2010 Resultado: 2013 Próximo medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

31 Metas do Plano de DCNT - Consumo alimentar Evolução da frequência do consumo recomendado de frutas e hortaliças 1, segundo sexo. VIGITEL 2008 a consumo de 5 ou mais porções por dia, em 5 ou mais dias da semana *Aumento significativo em homens, mulheres e ambos os sexos ( ) p <0,05 Meta = 24% em – 2013: + 21%

32 Metas do Plano de DCNT a Fonte de dados Ano da linha de base linha de base 2010 Resultado: Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo médio de sal de 12 g para 5 g POF PNS g– PNS 2013 POF 2015 Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

33 PNS: a partir dos exames laboratoriais coletados será calculada a média de ingestão de sódio estimada na população POF 2015: estimar consumo excessivo do sódio Consumo de sal preconizado pela OMS = 5g Meta do consumo de sódio pela OMS = 2g Metas do Plano de DCNT - Consumo médio de sal

34 Metas do Plano de DCNT Fonte de dados Ano da linha de base linha de base 2010 Resultado: 2013 Próxima medida Redução da mortalidade prematura (30-69 anos) por DCNT em 2% ao ano SIM ,96 378,00 - 3,8% SIM Redução da prevalência de tabagismo em 30% Vigitel PNS ,1%11,3% Vigitel PNS Aumento da cobertura de mamografia em mulheres de de idade anos nos últimos dois anos para 70% PNAD Vigitel % 73,4% – 78,0% Vigitel PNS Aumento da cobertura do exame de Papanicolau em mulheres de de idade anos nos últimos três anos para 85% PNAD Vigitel % 82,2% – 82,9% Vigitel PNS Aumento da prevalência da prática do nível recomendado de atividade física no tempo livre em 10% Vigitel PNS ,1%33,8% Vigitel PNS Contenção do crescimento da obesidade em adultos Vigitel POF ,1% – 17,5% – Vigitel PNS Redução da prevalência de obesidade em criançasPOF2008 M b : 16.6% F: 11.8% –––– POF 2015 Redução da prevalência de obesidade em adolescentesPOF2008 M: 5.9% F: 4.0% –––– POF 2015 Aumento do consumo recomendado de frutas e hortaliças em 10% Vigitel PNS ,5%23,6% Vigitel PNS/POF Redução do consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 10% Vigitel PNS ,1%16,4% Vigitel PNS

35 Evolução da frequência de adultos que referiram consumo abusivo de bebida alcoólica, segundo sexo, VIGITEL 2006 a 2013 Meta = 12% em 2022 OMS - 10% * 5 doses ou mais entre homens, 4 doses ou mais entre mulheres Sem tendência significativa Metas do Plano de DCNT - Consumo de bebidas alcoólicas 2010 – 2013: - 9,3% %

36 Metas Globais DCNT

37 Resposta dos sistemas nacionais Posição do Brasil Meta do Plano DCNT Brasil – 2011 a 2022 Exemplos de Ações Terapia medicamentosa para prevenir ataques cardíacos e derrames Garantir que 50% das pessoas elegíveis recebam medicamentos e aconselhamento com o objetivo de prevenir ataques cardíacos e acidentes cardiovasculares. ApoioIncluida medida PNS 2013: - Pessoas ≥ 40 anos, com risco cardiovasculares ≥ 30%, incluindo doença pré-existente Acesso universal à atenção primária Estruturação do atendimento AB, redes, protocolos Disponibilidadede medicações DCNT, aconselhamento, medidas promocao, prevencao, tratamento Aqui tem Farmácia popular Tecnologias básicas e medicamentos essenciais ao tratamento de DCNT 80% de disponibilidade de tecnologias básicas e de medicamentos essenciais para DCNT Fonte: 1. Deborah Carvalho Malta e Jarbas Barbosa da Silva Jr. Metas para DCNT. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília, 22(1): , jan-mar Organização Mundial da Saúde (WHO) - WHA66.10, May Monitoramento Global das DCNT

38 Meta de fatores de risco intermediários Posição do Brasil Meta do Plano DCNT Brasil – 2011 a 2022 Exemplos de Ações Pressão arterial 25% de redução relativa da prevalência de pressão arterial elevada em pessoas ≥18 anos (definida como pressão arterial ≥140mmHg / ≥90mmHg). ApoioAferida pela PNS toda a amostra Intervenções no estilo de vida Redução do consumo de sal Incentivo para melhoria da alimentação (aleitamento materno) e da prática de atividade física da população Controle do peso Detecção, tratamento e controle por estratégias de risco Atençao Basica Aqui tem farmácia popular Diabetes Deter a prevalência padronizada de diabetes em pessoas com 18 anos ApoioMedida pela PNS – subamostra (hemoglobina glicada) Fonte: 1. Deborah Carvalho Malta e Jarbas Barbosa da Silva Jr. Metas para DCNT. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília, 22(1): , jan-mar Organização Mundial da Saúde (WHO) - WHA66.10, May Monitoramento Global das DCNT

39 Para a validade do monitoramento e comparação entre países deve-se investir na qualidade e validade dos dados monitorados, na padronização dos inquéritos, metodologia e instrumentos utilizados Esse investimento deverá focar a melhoria da cobertura e a qualidade das informações e dos Sistemas de Informações em saúde. Cooperação OMS, OPAS e entre países O enfrentamento das doenças não transmissíveis e o alcance das metas estabelecidas requer a articulação com políticas públicas de saúde de outros setores: Parcerias multissetoriais Articular Metas Pós Desafios

40 Obrigada


Carregar ppt "Vitória, ES – Setembro 2014 Deborah Carvalho Malta Diretora do Departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Secretaria de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google