A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Desafios Atuais decorrência do Envelhecimento Populacional Renato Veras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Desafios Atuais decorrência do Envelhecimento Populacional Renato Veras."— Transcrição da apresentação:

1 Desafios Atuais decorrência do Envelhecimento Populacional Renato Veras

2 Médico formado pela UFRJ. Residência médica e especialização em psiquiatria. Em 1982, concluiu o mestrado na UERJ. Entre 1985 e 1992, na Inglaterra, fez seu segundo mestrado em Saúde Coletiva (Community Medicine) na LSHTM, e doutorado no Guy's Hospital da Universidade de Londres. Professor adjunto da UERJ, Diretor da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI). Vários trabalhos em periódicos especializados e 8 livros publicados. Atua na área de Saúde Coletiva/Geriatria Gerontologia. Sumário do Curriculum Vitæ Fonte: Curriculo Lattes Renato Veras

3 Particularidades Relação empresa prestadora e idosos/familiares. Todos reclamam O maior fator de risco é a idade, e o número de centenárias não para de se ampliar Os calculos atuariais sempre estivem incorretos

4 O mundo envelhecido

5 BOOM de Idosos no Brasil [em milhões de habitantes]

6 Copacabana de Cabelos Brancos Em Copacabana, a população de idosos é de 30%, igual ou superior a qualquer país desenvolvido e de longa tradição em população idosa.

7 Das 102 mortes dos internos ocorrida na clínica Santa Genoveva. Do movimento dos aposentados no início dos anos 90 pela conquista dos 147%. Da regulamentação do setor suplementar (planos privados) de saúde. Negação de fatos

8 O nosso desafio O Brasil envelhece rapidamente. O Brasil envelhece rapidamente. A expectativa média de vida se amplia de tal forma que grande parte da população ativa atual irá alcançar a velhice. A expectativa média de vida se amplia de tal forma que grande parte da população ativa atual irá alcançar a velhice. Hoje, existem cerca de 17,8 milhões de idosos no Brasil, o equivalente a 9,7% de toda a população. Em torno de 16 anos, esse número aumentará para 33 milhões, correspondendo ao da população de mais de 70 anos Hoje, existem cerca de 17,8 milhões de idosos no Brasil, o equivalente a 9,7% de toda a população. Em torno de 16 anos, esse número aumentará para 33 milhões, correspondendo ao da população de mais de 70 anos em Nos grandes centros populacionais brasileiros já observamos um perfil demográfico que se assemelha ao dos países do Primeiro Mundo. Contudo, ainda não dispomos de uma infra-estrutura de saúde adequada. Nos grandes centros populacionais brasileiros já observamos um perfil demográfico que se assemelha ao dos países do Primeiro Mundo. Contudo, ainda não dispomos de uma infra-estrutura de saúde adequada.

9 Anticoncepcionais Mulher e mercado de trabalho Urbanização Estética Redução da renda Motivos para a queda da fecundidade

10 Paradoxo da Medicina Atual Avanços na Medicina: Medicamentos Tecnologia Educação Aumento das Doenças Crônicas: Câncer Doenças do coração Doenças articulares Doenças neurológicas A medicina avança e adoecemos mais !

11 A Prevenção traz mais benefícios Benefício Detecção precoce Tratamento Prevenção

12 Dois produtos : 1.Um perfil do idoso brasileiro assistido pelo setor suplementar de saúde, a partir dos dados da PNAD e da ANS - Sistema de Informações sobre Beneficiários (SIB/ ANS). 2. Uma entrevista com algumas das mais relevantes empresas prestadoras de serviço, no Rio de Janeiro e em São Paulo, para saber o que é ofertado para a população de 60 anos ou mais.

13 O objetivo é subsidiar a Agência Nacional de Saúde Suplementar na elaboração de políticas/estratégias que permitam a indução de modelos de atenção ao idoso com ênfase em projetos preventivos e resolutivos, visando a detecção precoce de agravos à saúde e que incorporem metodologias que permitam uma gestão mais eficiente e eficaz do cuidado ao idoso fragilizado e com múltiplas patologias.

14

15

16 Gráfico 1 – Percentual de cobertura por planos de assistência médica na saúde suplementar total e por sexo – Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

17 Gráfico 2 – Cobertura de planos de assistência médica por faixa etária e por sexo - Brasil – junho 2006

18 Gráfico 3 – Cobertura de planos de assistência médica por faixa etária Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

19 Gráfico 4 - Beneficiários de planos de assistência médica por faixa etária Brasil – junho 2006

20 Gráfico 5 – Percentual de beneficiários de planos de assistência médica por sexo Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro – junho 2006

21 Gráfico 6 - Percentual de beneficiários de planos de assistência médica por sexo por faixa etária Brasil – junho 2006

22 Gráfico 7 – Percentual de beneficiários de planos de assistência médica de 60 anos e mais por sexo Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

23 Gráfico 8 – Distribuição de beneficiários de 60 anos e mais por faixa etária e sexo Brasil- junho 2006

24 Gráfico 9 – Distribuição percentual de beneficiários de planos de assistência médica por unidade federada - junho 2006

25 Tabela 7 – Número e distribuição percentual de beneficiários de planos de assistência médica por unidades federadas selecionadas - junho 2006

26 Gráfico 10 – Distribuição de beneficiários de planos de assistência médica de 60 anos e mais por unidades federadas escolhidas - junho 2006

27 Gráfico 11 – Percentual de beneficiários de planos de assistência médica por faixa etária de 60 anos e mais – Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

28 Gráfico 12 – Percentual de beneficiários de planos de assistência médica por modalidade de operadora - Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

29 Gráfico 13 - Percentual de beneficiários de planos de assistência médica de 60 anos e mais por modalidade de operadora – Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro – Junho 2006

30 Gráfico 14 – Percentual de beneficiários de 60 anos e mais entre todos os beneficiários de cada modalidade de operadora – Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

31 Gráfico 15 – Número e percentual de beneficiários por faixa etária e tipo de contratação * Brasil – junho 2006

32 Gráfico 16 –Percentual de beneficiários de 60 anos e mais por tipo de contratação* Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

33 Tabela 1: Dados demográficos e epidemiológicos comparativos da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) nos anos 1998 e 2003

34 Tabela 2 – Percentual de cobertura de planos de assistência médica na saúde suplementar por faixa etária e por sexo Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro - junho 2006

35 Tabela 3 – Percentual de cobertura de planos de assistência médica na saúde suplementar para a população até 59 anos e para a população de 60 anos e mais Unidades federadas selecionadas e Brasil - junho 2006

36 Tabela 4 – Número e Percentual de beneficiários de planos de assistência médica por faixa etária e sexo - Brasil – junho 2006

37 Tabela 5 – Percentual de beneficiários de planos assistência médica de 60 anos e mais por sexo Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro - junho 2006

38 Tabela 6 – Percentual de beneficiários de planos de assistência médica por faixa etária de 60 anos São Paulo, Rio de Janeiro e Brasil – junho de 2006

39 Tabela 8 - Beneficiários de planos de assistência médica de 60 anos e mais por faixa etária e por unidades federadas selecionadas – junho 2006

40 Tabela 9 – Percentual de beneficiários de 60 anos e mais no total de beneficiários em estados escolhidos – junho 2006

41 Tabela 10 – Número e percentual de beneficiários de planos de assistência médica por faixa etária acima de 60 anos – Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro - junho 2006

42 Tabela 11 – Número e percentual de beneficiários de planos de assistência médica por modalidade de operadora – Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

43 Tabela 12 – Número e percentual de beneficiários de planos de assistência médica por modalidade de operadora população de até 59 anos e de 60 anos e + - Brasil – junho 2006

44 Tabela 13 – Número e percentual de beneficiários de planos de assistência médica de 60 anos e + por modalidade de operadora – Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

45 Tabela 14 – Número e percentual de beneficiários de 60 anos e mais entre os todos os beneficiários de cada modalidade de operadora – Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – dezembro 2006

46 Tabela 15 – Número e percentual de beneficiários por faixa etária e por tipo de contratação - Brasil – junho 2006

47 Tabela 16 – Número e percentual de beneficiários de 60 anos e mais por tipo de contratação Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro – junho 2006

48 Tabela 17 – Distribuição de beneficiários de 60 anos e mais por segmentação do plano Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro – dezembro 2006

49 Tabela 18: Perfil da população beneficiária do Sistema Suplementar de Saúde nos Estados do Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP)

50 Entrevistas : 1.Apenas duas empresas estão próximas do padrão estabelecido. 2. Foram agendadas 7 empresas no Rio e 5 em São Paulo. 3 empresas se recusaram a prestar informações

51 UnATI/UERJ


Carregar ppt "Desafios Atuais decorrência do Envelhecimento Populacional Renato Veras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google