A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reprodução É a capacidade que têm os seres vivos de, ao atingirem certo estágio de desenvolvimento originar outros semelhantes. Processo pelo qual os seres.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reprodução É a capacidade que têm os seres vivos de, ao atingirem certo estágio de desenvolvimento originar outros semelhantes. Processo pelo qual os seres."— Transcrição da apresentação:

1 Reprodução É a capacidade que têm os seres vivos de, ao atingirem certo estágio de desenvolvimento originar outros semelhantes. Processo pelo qual os seres vivos perpetuam suas espécies através do tempo e do espaço, produzindo outros seres semelhantes a si mesmo.

2 Assexuada Esta reprodução é individual e sem a participação de gametas. Esse processo leva à formação de descendentes geneticamente iguais entre si e aos seus ancestrais, formando o que podemos chamar clone. A reprodução assexuada não permite a recombinação genética nem a variabilidade da espécie. Todos os indivíduos de uma linhagem são idênticos entre si. a) Divisão binária ou bipartição ou cissiparidade Neste processo, a célula que constitui o corpo do indivíduo se divide por mitose em outras duas idênticas. Este mecanismo ocorre tanto com os seres procariontes como os eucariontes. Exemplos: protozoários e bactérias

3 Divisão binária

4 Assexuada b) Divisão múltipla Consiste na segmentação do corpo do indivíduo, originando diversos segmentos com capacidade de formar novos indivíduos completos. Ela compreende alguns processos distintos, como a gemulação, a esporulação, a esquizogamia. - Gemulação A gemulação, também chamada de gemiparidade ou brotamento, é uma forma que pode ser observada nos unicelulares e pluricelulares. Caracteriza-se pelo aparecimento de brotos ou gemas, que surgem e crescem ligados ao organismo inicial e que podem, ou não, dele se desprender em certa época da vida. Exemplos. Celenterado (hydra), porífero e fungos unicelulares.

5 Assexuada - Esporulação. Ocorre a partir de células especiais chamadas esporos. Que diferem dos gametas pela sua capacidade de “germinação”, reproduzindo-se através de mitoses até originar indivíduos completos. Alguns esporos são móveis, pela presença de flagelos ou imóveis. Ex. Algumas bactérias: Esporos da bactéria Clostridium botulinum. Essa bactéria produz o botulismo, infecção frequentemente fatal e fungos: bolor negro do pão e o penicilium.

6 Assexuada - Esquizogamia. É uma forma de reprodução comum aos protozoários esporozoários, como o Plasmodium malariae. Caracteriza-se pela fragmentação do núcleo da célula. Cada um desses fragmentos cerca-se de uma porção de citoplasma e membrana, formando esporos que darão origem a novos indivíduos.

7 Sexuada Às custa de células especialmente formada para a finalidade reprodutiva, chamados gametas. Essas células são produzidas por órgãos especiais denominados como gônadas. Esta reprodução permite uma variabilidade das espécies, pois há recombinação genética. Basicamente, podemos distinguir dois mecanismos: a conjugação e a fecundação.

8 Sexuada a) Conjugação Nesta reprodução não há propriamente a formação de gametas, nem existem gônadas, mas há uma troca de material genético entre as células, promovendo em cada uma dela uma recombinação genética. Após esta troca, as células separam-se, e cada qual dará origem a novos seres. Exemplos. Algumas bactérias e protozoário (paramecium).

9 Sexuada b) Transdução As moléculas de DNA são transferidas de uma bactéria a outra usando vírus (fago) como vetores. c) Transformação A bactéria absorve moléculas de DNA disperso no meio. Este DNA pode ser proveniente de bactérias mortas.


Carregar ppt "Reprodução É a capacidade que têm os seres vivos de, ao atingirem certo estágio de desenvolvimento originar outros semelhantes. Processo pelo qual os seres."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google