A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecnologia Educacional: Abordagem Sistêmica a Projetos de Inclusão Digital Alexander Romiszowski, Ph.D. Syracuse University/TTS-Global

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecnologia Educacional: Abordagem Sistêmica a Projetos de Inclusão Digital Alexander Romiszowski, Ph.D. Syracuse University/TTS-Global"— Transcrição da apresentação:

1 Tecnologia Educacional: Abordagem Sistêmica a Projetos de Inclusão Digital Alexander Romiszowski, Ph.D. Syracuse University/TTS-Global CREAD – Rio de Janeiro

2 Instructional Design, Development and Evaluation School of Education

3 Tecnologia, Treinamento e Sistemas Technology-based Training Systems

4 O que exatamente é “Tecnologia”? (tecnologia = ferramenta / produto?)

5 TECNOLOGIA PELO MENOS 2 CONCEITOS / SENTIDOS SENTIDO “:PRODUTO” -mídias, computadores, ferramentas, etc. -(tecnologias NA educação) SENTIDO “PROCESSO” -aplicação criativa de conhecimentos científicos para finalidades práticas. -(tecnologia DA educação)

6 “Tecnologia NA Educação” (1) Pintura feita na década de 60 que previa como seria a educação do século XXI

7 “Tecnologia NA Educação” (2) Foto tirada em 2005 no Colégio Objetivo de São Paulo

8 Tecnologia DA Educação (1): O Modelo “ADDIE” Analysis Design Evaluate Implement Develop

9 Tecnologia DA Educação (2) “ABORDAGEM SISTÊMICA” Levantamento de necessidades (pess./ trab./ soc.) Análise de contexto (político/ cultural/ econom.) Planejamento geral (“macro”/ estratégico) Objetivos e indicadores Planejamento instrucional (“micro”/ tático) Desenvolvimento de produtos (recursos) Meios de distribuição (logística) Implementação e difusão (relações humanas) Execução, controle, avaliação (gestão do projeto)

10 TECNOLOGIA EDUCACIONAL TRÊS CONCEITOS / SENTIDOS SENTIDO “HARDWARE” - uso de meios, computadores, redes, e outros “recursos tecnológicos” (tec. na educação) SENTIDO “SOFTWARE” - planejamento científico de processos de ensino-aprendizagem (design instrucional) SENTIDO “SISTEMAS” - planejamento científico de todos os aspectos de sistemas educacionais e/ seus sub-sistemas (enfoque sistêmico à solução de problemas)

11 Solução de Problemas = Soluções eficazes –impactam as causas e não apenas os sintomas Soluções eficientes –utilizam o mínimo de recursos e tempo Soluções custo-benéficas –retorno significativo sobre o investimento Soluções sustentáveis –sobrevivem mudanças ambientais / organizacionais Soluções etica e moralmente justificáveis –uma diferença crítica entre ciência e tecnologia

12 Estudo de caso (1) Apoio tecnológico para mudança em larga escala e tempo reduzido

13 Costa Rica Population: 4m Area: sq. km. Mountains: m. Rural pop: 53% Main ocup: agriculture Literacy: 95% One official language (plus many unofficial)

14

15

16

17

18

19 New Zealand Population: 4m Area: 269,000 sq.km. Mountains: 3,800m Rural pop: 20% (1936:80%) Main ocup: agriculture Literacy: 99% 2 official languages

20 New Zealand Correspondence School (public institution, inaugurated in 1936) (2005 data / 1936 photo) Around 20,000 students at any one time, with up to 30,000 students over a year. This includes approximately: 1000 early childhood students 1000 full-time primary students 1500 dual enrolled prim. students 2000 full-time secondary students 8000 dual enrolled sec. students 6000 adult students 500 fee paying students

21 Estudo de caso (2) Apoio tecnológico para implantação de mudança sistêmica na comunidade

22 Kothmale: “Cybervillage” em Sri Lanka

23 História de successo desde 1985: “para a comunidade, pela comunidade”

24 Tentativas de clonagem de Kothmale Nepal ( ) – um computador p/ km quadrados Romênia ( ) –alunos do ensino médio como “change agents” Timor Leste ( ) –potencial ainda não realizado (por quê?) E aqui, agora? ( )

25 E aqui, agora?

26 Cidade maravilhosa? – nem sempre!

27

28 Viva Rio: uma ONG que utiliza uma abordagem local, social e sistêmica (contraste c/ CDI – enfoque global / visão multinacional)

29 Viva Rio: Ações Comunitárias -Aceleração EscolarAceleração Escolar -Ana e MariaAna e Maria -Espaço Criança EsperançaEspaço Criança Esperança -Estação FuturoEstação Futuro - Formação para o TrabalhoFormação para o Trabalho -VoluntariadoVoluntariado -Resgate da CidadaniaResgate da Cidadania -Villa-LobinhosVilla-Lobinhos - Viva CredViva Cred -Jardineiros do BairroJardineiros do Bairro

30 Viva Rio – “Estação Futuro” Espaços destinados ao desenvolvimento da economia local e da cidadania, que oferecem: - Acesso à internet e rádio comunitária - Cursos de Informática - Formação para o Trabalho - Qualificação profissional - Inserção no Mercado de Trabalho - Cursos de Gestão de Negócios - Digitação de trabalhos e atendimento - Apoio aos artistas locais

31 Estudo de caso (3) Desenvolvimento de Recursos Humanos para implantação de mudanças sistêmicas na comunidade – e no país

32 ICT4D (ICT for Development) Projeto da”UTICT” - Unidade Técnica da Comissão para Implementação da Política da Informática –Administrado pelo Ministério de Ciência e Tecnologia –Financiado pelo Governo da Itália e UNDP / PNUD 13 Centros Provinciais de Recursos Digitais - CPRD –Centro de ensino básico de informática (ICT) –Centro de apoio técnico às empresas e comunidades –Centro de capacitação de funcionários públicos em ICT4D –Centro de planejamento e gestão de projetos de ICT4D –e-learning; e-saúde; e-governo; e-negócios; etc. (E-TUDO) O Desafio: DRH para trabalhar nos CPRD

33 Definição de Competências em ICT4D Competências em ICT4D do professor –Competências técnicas (“technology use”) –Competências profissionais (“technology integration”) –Competências pedagógicas (“technology transfer”) Competências em ICT4D do funcionário público –Competências técnicas (“technology use”) –Competências profissionais (“technology exploitation”) –Competências organizacionais (“ change management”) Competências adicionais do “ICT4D practitioner” –Tudo o que foi listado em cima, e ainda –ICT aplicadas p/ saúde, microempresas, agricultura, etc, etc, etc. –Planejamento sistêmico e gestão eficaz de projetos sociais –EMPREENDEDORISMO

34 Programa – Tronco Comum (ICT) Habilidades técnicas – Nível 1 –Módulo 1. Introdução à Informática –Módulo 2. Uso e gestão de pastas e arquivos –Módulo 7. Internet e correio eletrônico Habilidades técnicas – Nível 2 –Módulo 3. Processamento de textos –Módulo 4. Planilhas de cálculo –Módulo 5. Bases de dados –Módulo 6. Apresentações gráficas TOTAL: +/- 100 horas-aula (mais apoio on-line)

35 The European Computer Driving License (ECDL) Interactive CD-ROM This interactive training program will help you pass your ECDL Exams without the need to refer to text books It is designed to allow you to return to items you may be unsure of within any module of the program and practice as many times as you want. Works with Windows XP, ECDL Version 4 is compatible with MSOffice XP. One CD covers over 40 different lessons to include all 7 modules. The program allows you to create your own profile and save your lessons to your hard drive or floppy disk. You can also test yourself and monitor your progress.

36 ECDL – Versão Portuguesa Filosofia de auto-formação, ao dirigir o formando para uma metodologia de aprender-fazendo, o curso proporciona uma interacção permanente. Instrumentos de aferição que permitem a cada formando identificar o seu nível de aquisição de conhecimentos e rever os temas que necessita. Idioma - Todos os módulos desenvolvidos estão integralmente em Português e funcionam sobre écrans em Português. Assim, o Windows XP, o Office XP, o Internet Explorer 6 e o Outlook, simulados no curso, são-no na versão portuguesa.

37 Programa ICT4D – Professor Tronco comum completo –(até 100 horas-aula + on-line) Habilidades profissionais – Nível 1 –Módulos 11 & 12 (uso de recursos ICT na educação) –(16 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) Habilidades profissionais – Nível 2 –Módulos 13 & 14 (criação de recursos ICT para educação) –(24 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) TOTAL: =152 horas-aula (+ on-line)

38 Programa – Funcionário Público Tronco comum completo –(até 100 horas-aula + on-line) Habilidades profissionais – Nível 1 –Módulos 21 & 22 (uso de recursos ICT no serviço público) –(16 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) Habilidades profissionais – Nível 2 –Módulos 23 & 24 (projeto de soluções ICT para o setor público) –(24 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) TOTAL: =140 horas-aula (mais apoio on-line)

39 Programa – Praticante ICT4D Tronco comum completo –(até 100 horas-aula + curso online) Habilidades profissionais – Nível 1 –Módulos 31 & 32 (uso de recursos de ICT para Desenvolvimento) –(16 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) Habilidades profissionais – Nível 2 –Módulos 33, 34 & 35 (criação de soluções viáveis de ICT4D - 1) –(36 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) Habilidades profissionais – Nível 3a –Módulos 36 & 37 (criação de soluções viáveis de ICT4D - 2) – (24 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) Habilidades profissionais – Nível 3b –Módulos 38 & 39 (empreendedorismo; gestão de projetos –(24 horas-aula + “comunidade de practica” on-line) TOTAL: =200 horas-aula (mais apoio on-line)

40

41 Para concluir: PROCURA DE INCLUSÃO DIGITAL E EQUIDADE NO MUNDO GLOBALIZADO

42 “Best-seller” sobre Globalização “Best-seller” #1 na lista de não-ficção da New York Times p/ 1 ano Mais que 2 milhões de cópias vendidas da 1ª versão “hardback” Enorme impacto popular Severas críticas do mundo científico / académico Quebrou algumas regras de “ética digital”

43 As capas originais - roubo de desenho de um pobre pintor – Ed Miracle

44 As capas mais recentes – resultado de queixas e litígios (inusitados)

45 Pankaj Ghemawat, professor de Harvard, mostra que o grau de internacionalização de várias atividades do mundo é inferior a 10%, para explicar que o mundo não está tão globalizado como Thomas Friedman afirma em O mundo é plano. Ele cita desde investimentos em times de futebol até ligações telefônicas, passando por estatísticas de imigração, intercâmbios de estudantes universitários, turismo, patentes etc. A globalização ainda está reduzida pela diversidade de culturas, segundo o especialista indiano, ex-consultor da McKinsey.

46 Outras respostas dos estudiosos: “But the world's still round” ( SIDDHARTH VARADARAJAN )

47 The World is Spiky: Population Map by Tim Gulden, University of Maryland. From Richard Florida, “The World is Spiky,” The Atlantic Monthly, October 2005

48 The World is Spiky: Light Emissions Map by Tim Gulden, University of Maryland. From Richard Florida, “The World is Spiky,” The Atlantic Monthly, October 2005

49 The World is Spiky: Patents Map by Tim Gulden, University of Maryland. From Richard Florida, “The World is Spiky,” The Atlantic Monthly, October 2005

50 The World is Spiky: Scientific Citations Map by Tim Gulden, University of Maryland. From Richard Florida, “The World is Spiky,” The Atlantic Monthly, October 2005

51 Na realidade, “O Mundo é Irregular e Regionalizado” Segundo Feiock, Moon and Park ( _2.x?cookieSet=1 ): _2.x?cookieSet=1 “More apt is a metaphor portraying the economic world more as clustered and rough (regionally focused) than flat (globally focused) or spiky (locally focused)” (Romiszowski, A. “Educational Technology and Globalization” Educational Technology, Vol 48, No 4, Julho-Agosto de 2008)

52 Sugestão: mudança da metáfora Em vez de: “think globally – act locally” –a visão de multinacionais c/ fins lucrativos –que é o equivalente de “think flatly – act spikyly” Use: “think regionally – act appropriately” –“act appropriately” implica em “plan sistemically” –“plan sistemically” implica em integrar os aspectos locais, regionais e globais de forma apropriada

53 Perguntas? ? OBRIGADO! Alexander Romiszowski tel/fax: (xx21)


Carregar ppt "Tecnologia Educacional: Abordagem Sistêmica a Projetos de Inclusão Digital Alexander Romiszowski, Ph.D. Syracuse University/TTS-Global"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google