A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 1 de 7 Uma Noiva Rodeará o Noivo ou um Bebê Divino se Formará de uma Virgem? Lição.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 1 de 7 Uma Noiva Rodeará o Noivo ou um Bebê Divino se Formará de uma Virgem? Lição."— Transcrição da apresentação:

1 24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 1 de 7 Uma Noiva Rodeará o Noivo ou um Bebê Divino se Formará de uma Virgem? Lição Anti-Missionária Por Uri Yosef, Ph.D., Director of Education Virtual Yeshiva of the Messiah Truth Project, Inc. [O artigo discutido nesta apresentação – Copyright © Uri Yosef 2011 for the Messiah Truth Project, Inc. Tradução: Renato Santos Todos os direitos reservados Educação Anti-Missionária

2 Introdução A doutrina do "nascimento virginal" é a pedra fundamental da teologia cristã. O significado monumental desta doutrina decorre do fato que ela está relacionada a outros elementos doutrinais importantes do cristianismo uma vez que estabelece a divindade de Jesus e confirma sua identidade como "Deus manifestado na carne". Anteriormente, examinamos dois chamados "textos-prova" que são utilizados para validar o "nascimento virginal" de Jesus no Novo Testamento: Isaías 7:14, este texto é uma escolha natural, uma vez que é referenciado nos relatos da concepção e do nascimento de Jesus no evangelho de Mateus, e Gênesis 3:15, embora não mencionado no Novo Testamento como uma profecia messiânica, através da frase "semente da mulher", tomado como um eufemismo para a concepção divina, e que resultou no "nascimento virginal" de Jesus. Nesta lição nós examinaremos Jeremias 31:21[22]*, outro chamado "texto-prova" que vem sendo reivindicado como uma profecia do "nascimento virginal", mesmo não sendo referenciado no Novo Testamento. * Nota: Os números dos versículos diferem na Bíblia Hebraica e na Bíblia cristã »o Antigo Testamento cristão." A citação mostra o número do versículo na Bíblia Hebraica seguido pelo versículo no "Antigo Testamento cristão, entre parênteses, ou seja, Jeremias 31:21[22]. 24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 2 de 7

3 Jeremias 31:21[22] 24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 3 de 7

4 Comparação das Perspectivas Cristãs e Judaicas Cristianismo ( )Judaísmo ( ) Uma mulher cercará um homem é uma descrição metafórica de uma mulher concebendo uma criança de maneira incomum e não convencional, através de um ato criativo de Deus, uma " nova coisa " que nunca foi antes observado na Terra. Ao contrário do habitual cortejo, onde um homem corteja uma mulher, o recém-criado fenômeno terá uma inversão de papéis, em que uma mulher irá cortejar um homem. Esta é uma metáfora que aponta para a reconciliação futura de Israel com Dus. O profeta Oséias descreve um cenário semelhante: 24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 4 de 7

5 O Que há de Errado com a Interpretação Cristã? Cristianismo ( )Judaísmo ( ) O cenário nesta passagem se assemelha com Isaías 7:14 já que ambos falam de um novo e maravilhoso ato de Deus, que irá criar um varão no ventre de sua mãe, sem o processo normal de fertilização. Isaías 7:14 fala de uma façanha maravilhosa por Dus, de fato, um acontecimento histórico que ocorreu no século 8 A.E.C - Sua intervenção divina ao proteger o reino de Judá e a Casa de Davi O uso do verbo בָּרָא (ba RA ), [ele] criou, denota um ato criativo por Deus O verbo בָּרָא não é usado exclusivamente para se referir a atos criativos ex nihilo Este futuro milagre de Deus, חֲדָשָׁה (hada SHAH ), uma nova coisa, é alguma coisa que nunca aconteceu antes: a concepção de um bebê divino através de uma virgem. O mesmo termo, חֲדָשָׁה, é usado somente uma outra vez na Bíblia Hebraica para descrever algo novo criado por Dus que não existia no passdo (Isaías 43:19) O uso do substantivo נְקֵבָה (n e qei VAH ), uma mulher, é uma referencia incomum a uma mulher como comparada com אִשָּה (i SHAH ), portanto, se refere a uma virgem Das 22 ocorrências de נְקֵבָה na Bíblia Hebraica, 13 se referem a uma mulher, independentemente da sua experiência sexual e 9 refere-se um animal fêmea 24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 5 de 7

6 O Que há de Errado com a Interpretação Cristã? (Continuação) Cristianismo ( )Judaísmo ( ) [uma mulher] cercará, é uma referência ao ventre [de uma virgem] que contém o feto. Nenhuma das 162 ocorrências do verbo לָסֹב\לִסְבֹּב (la SOV /lis BOV ), rodear, circundar, contornar, na Bíblia Hebraica se refere ao ventre de uma mulher, nem em um sentido literal, nem metafórico. O uso do substantivo גָּבֶר ( GA ver), um homem, é incomum quando comparado com אִישׁ ( ISH ); portanto, se refere a um homem especial, um homem poderoso, que só pode ser Jesus, Deus manifestado em carne. Todas as ocorrências de גֶּבֶר \ גָּבֶר na Bíblia Hebraica se referem a um homem mortal, e alguns se referem explicitamente a pecadores; nunca a Dus ou qualquer homem que tivesse um relacionamento com Dus. 24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 6 de 7

7 Uma nota anedótica Um costume bem conhecido, cuja origem é atribuída a Jeremias 31:21 [22], é adotado em cerimônias tradicionais de casamentos judaicos, onde a noiva anda em volta do noivo sob a חֻפָּה (huPAH), antes do rabino oficiante começar a cerimônia. A noiva faz três ou sete círculos em volta do noivo, dependendo de qual tradição as respectivas famílias seguem, e simbolismos diferentes estão associados ao costume, bem como com o número de voltas. Por exemplo, em algumas tradições andar em volta simboliza a mudança nas prioridades dos compromissos da noiva dos seus pais a seu marido, além de outros simbolismos. Em algumas tradições as 7 voltas fazem referência as sete voltas que o Tefilin é envolto em torno do braço do homem vinculando-se simbolicamente o amor a Dus. A tradição de três voltas tem origem em Oséias 2:21-22 onde Dus diz ao povo judeu: "Eu te desposarei com você para sempre, e eu te desposarei com retidão e com justiça e com bondade e com misericórdia, e eu te desposarei com fidelidade". Conclusão: Jeremias 31:21[22] é uma profecia messiânica, de fato, e ela aponta para a reconciliação nacional de Israel com Dus. Isso não tem nada a ver com uma concepção milacurosa de um bebê nascido de uma virgem. 24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 7 de 7


Carregar ppt "24 de Fevereiro de 2011Jeremias 31:21 e o Nascimento Virginal Página 1 de 7 Uma Noiva Rodeará o Noivo ou um Bebê Divino se Formará de uma Virgem? Lição."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google