A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Envelhecimento: um desafio ao futuro Sílvia Portugal

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Envelhecimento: um desafio ao futuro Sílvia Portugal"— Transcrição da apresentação:

1 Envelhecimento: um desafio ao futuro Sílvia Portugal sp@fe.uc.pt

2 1.De que falamos quando falamos de envelhecimento? 2.Os problemas 3.As respostas 4.Os desafios Julho 2008

3 1. De que falamos quando falamos de envelhecimento? Processo individual envelhecimento biológico Processo colectivo envelhecimento demográfico Julho 2008

4 Resultado da transição demográfica diminuição da mortalidade baixa da fecundidade aumento da esperança de vida em 1950: 46 anos à nascença hoje: 66 anos à nascença * desigualdades mundiais * desigualdades sexuais Julho 2008 1. De que falamos quando falamos de envelhe- cimento?

5 II Conferência Mundial das Nações Unidas sobre o Envelhecimento (2002) Plano de Acção Internacional de Madrid sobre Envelhecimento (2002) Julho 2008 1.De que falamos quando falamos de envelhe- cimento?

6 Na população mundial Hoje: 1 em cada 10 pessoas tem 60 ou mais anos Em 2050: 1 em cada 5 pessoas terá 60 ou + anos Em 2150: 1 em cada 3 pessoas terá 60 ou + anos Fonte: ONU (2008) Julho 2008 1.De que falamos quando falamos de envelhe- cimento?

7 Envelhecimento da população idosa pessoas com 80 e + anos é a população que mais cresce Hoje: 10% da população com + 60 anos Em 2050: 25% Feminização do envelhecimento maioria são mulheres (55%) entre os mais velhos 65% são mulheres Fonte: ONU (2008) Julho 2008 1.De que falamos quando falamos de envelhe- cimento?

8 Duplo envelhecimento aumento da proporção de idosos acompanhado pelo declínio da proporção de jovens (< 15 anos) Em 2050 o nº de idosos ultrapassará o nº de jovens Fonte: ONU (2008) Julho 2008 1.De que falamos quando falamos de envelhe- cimento?

9 Em Portugal Transição demográfica tardia com ritmo rápido Duplo envelhecimento Índice de envelhecimento Julho 2008 1.De que falamos quando falamos de envelhe- cimento? Fonte: INE

10 2. Os problemas Desequilíbrios entre activos/as e inactivos/as Impacto nos sistemas de segurança social Impacto nos sistemas de saúde Cuidados sociais de longa duração Desigualdades Julho 2008 1.De que falamos… 2.Os problemas 3.As respostas 4.Os desafios

11 Os impactos nos sistemas de saúde Transição epidemiológica Aumento da procura dos serviços de saúde Desafios técnicos e profissionais Julho 2008 2.Os problemas

12 Cuidados sociais de longa duração Visão estreita da noção de cuidados Articulação entre cuidados básicos, cuidados de saúde e apoio social Escassez de respostas públicas Baixas taxas de cobertura dos equipamentos sociais Julho 2008 2.Os problemas

13 Desigualdades A Velhice é uma categoria diversa que esconde desigualdades Etárias Sexuais Económicas e sociais Julho 2008 2.Os problemas

14 A velhice são muitas idades A idade da reforma A idade da dependência O idosismo Julho 2008 2.Os problemas As desigualdades

15 As desigualdades económicas e sociais A reforma e a reprodução e agravamento das desigualdades As reformas douradas A pobreza Julho 2008 2.Os problemas As desigualdades

16 Os idosos são sobretudo idosas A reforma e os percursos contributivos A vulnerabilidade das mulheres idosas à pobreza A viuvez Julho 2008 2.Os problemas As desigualdades

17 3. As respostas O perfil das políticas públicas A protecção informal Julho 2008 1.De que falamos… 2.Os problemas 3.As respostas 4.Os desafios

18 O perfil das políticas públicas Cobertura generosa para reformados do mercado formal de emprego Baixas transferências monetárias para os pensionistas Reduzidas taxas de cobertura dos equipamentos sociais Transferência para a iniciativa privada (lucrativa e não lucrativa) Julho 2008 3. As respostas

19 O perfil das políticas públicas Familismo das políticas públicas (herança do passado, tendência para o futuro) subsidariedade activa do Estado responsabilização das famílias Julho 2008 3. As respostas

20 A protecção informal Acção da Sociedade-Providência Responsabilidade familiar pelos cuidados Julho 2008 3. As respostas

21 A protecção informal Fortes sentimentos de obrigação e dever de cuidar dos seus Resistência à institucionalização Julho 2008 3. As respostas

22 A protecção informal Flexibilidade Complexidade Vulnerabilidade Julho 2008 3. As respostas

23 A protecção informal Sobrecarga das mulheres Os/as idosos/as também são prestadores de cuidados Julho 2008 3. As respostas

24 4. Os desafios Construir uma sociedade para todas as idades (Plano de Acção de Madrid) Julho 2008 1.De que falamos… 2.Os problemas 3.As respostas 4.Os desafios

25 Promover a participação dos/as idosos/as Desenvolver políticas inclusivas Combater activamente as desigualdades Julho 2008 4.Os desafios

26 Articulação da protecção formal com a informal Não desperdiçar o potencial de solidariedade das famílias Ter respostas adequadas às necessidades das famílias Julho 2008 4. Os desafios

27 PROJECTOS CES Enfrentar a vulnerabilidade social. As famílias e as políticas em passo certo? Novas gerações e solidariedades familiares Estudo de avaliação de impactos do Rendimento Mínimo Garantido. Entrevistas a Famílias com Problemas de Saúde As solidariedades familiares em época de mudança dos sistemas de protecção social A Transformação da Família e a Regressão da Sociedade-Providência


Carregar ppt "Envelhecimento: um desafio ao futuro Sílvia Portugal"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google