A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Dra. Divamélia Gomes. ECOLOGIA Ecologia (do grego oikos- lar) – Estudo do “lar” (casa); Termo introduzido em 1866: Ernst Haeckel – “a ciência das.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Dra. Divamélia Gomes. ECOLOGIA Ecologia (do grego oikos- lar) – Estudo do “lar” (casa); Termo introduzido em 1866: Ernst Haeckel – “a ciência das."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Dra. Divamélia Gomes

2 ECOLOGIA Ecologia (do grego oikos- lar) – Estudo do “lar” (casa); Termo introduzido em 1866: Ernst Haeckel – “a ciência das relações entre o organismo e o mundo externo circunvizinho”; 1909: o termo Umwelt (meio ambiente) foi utilizado pela 1ª vez pelo biólogo Jakob von Uexküll. Tansley: rejeitou a noção de superorganismo e introduziu o termo “ecossistema” para caracterizar comunidades vegetais e animais. Eduard Suess: definiu biosfera (camada de vida que envolve a Terra). Vladimir Vernadsky: considerava a vida como uma “força geológica”. Mais se aproxima da Teoria de Gaia (James Lovelock & Lynn Margulis).

3 Teoria Sistêmica: Comunidade e Rede Comunidade: conjunto de organismos aglutinados num todo funcional por meio de suas relações mútuas. Sistemas vivos: organismos, partes de organismos e comunidades de organismos. “Desde que os sistemas vivos, em todos os níveis, são redes, devemos visualizar a teia da vida como sistemas vivos (redes) interagindo à maneira de rede com outros sistemas (redes)

4 Níveis de Organização do Sistema Critérios de Organização: 1. Energética 2. Evolução 3. Desenvolvimento 4. Regulação 5. Comportamento 6. Diversidade 7. Integração Níveis:EcosferaBioma

5 PaisagemEcossistemaComunidadePopulaçãoOrganismoSistemasÓrgãoTecidoCélulaMoléculasÁtomos Interfaces com a Ecologia Economia Capital natural = benefícios e serviços fornecidos às sociedades; Capital Econômico = bens e serviços prestados pela humanidade.

6 O que nos lembra o termo ecossistema?

7 Sistema pode ser definido em duas etapas: Enunciado clássico: “É um conjunto de elementos em interação entre si e eventualmente com o meio exterior” Através de propriedades-chave para reconhecimento da estrutura de um sistema: 1.Ambiente 2.Emergência de uma organização 3.Associação entre estrutura e função 4.Finalidades e/ou objetivos da estrutura e sua organização 5.Autonomia do conjunto 6.Estabilidade ao longo do tempo (memória do sistema)

8 Estas propriedades são constitutivas dos sistemas, ao ponto que a não observação destas põe em causa a “natureza sistêmica” da entidade!!!! O conceito de sistema varia conforme a área de conhecimento!!! Na visão ecológica um sistema seria: um conjunto de elementos interativos do qual “emerge” uma entidade global nova, com propriedades não inteiramente previsíveis a partir das propriedades dos elementos.

9 Três princípios da Sistêmica: 1.Princípio da Dependência Interativa: “ Os elementos são as unidades funcionais do sistema; as suas estruturas e as suas dinâmicas dependem umas das outras”. Conseqüência: -Nenhum deles é isolável -Não se pode agir sobre um sem repercussões sobre outros - Efeito de feed-back

10 Três princípios da Sistêmica: 2. Princípio de Emergência de uma Entidade Global, nova em relação aos Elementos e Interativa com o seu Ambiente: “ Do conjunto das unidades funcionais e do conjunto de suas interações emerge uma nova entidade, mostrando uma estrutura, propriedades e uma dinâmica nova em relação às das componentes – O conjunto é mais do que a soma das partes”

11

12 Três princípios da Sistêmica: 3. Princípio de um Efeito de Retorno do Todo sobre as Partes: “Um elemento não demonstra o mesmo comportamento, a mesma dinâmica, nem a mesma evolução se estiver isolado – O comportamento de um dos parceiros do sistema depende dos de todos os outros”

13 NÍVEIS TRÓFICOS

14 TEIAS E CADEIAS ALIMENTARES

15

16

17 Fluxo de Energia e Matéria através dos Ecossistemas

18 Fluxos de energia entre comunidades Modos pelos quais terra e água recebem e processam a radiação incidente e nutrientes orgânicos. Desempenho integrado das comunidades e seu ambiente abiótico. Nesse nível de organização utiliza-se o termo ecossistema. Energética Ecológica (Lindemann 1942)

19 Termos chave Suprimento permanente de biomassa  os corpos dos organismos vivos dentro de uma unidade de área Biomassa  a massa de organismos por unidade de área (em energia – joules/m² – ou em matéria orgânica seca – ton/m²). Somente organismos vivos. Produtividade primária  taxa em biomassa produzida por unidade de área pelos vegetais.

20 Termos chave Produtividade primária bruta (PPB)  fixação total de energia pela fotossíntese. Produtividade primária líquida (PPL)  diferença entre PPB e o que é respirado pela própria planta Produtividade secundária  taxa de produção de biomassa por heterótrofos

21 Sistema consumidor de matéria viva Sistema decompositor Decompositores Detritívoros

22 Fatores limitantes da produtividade primária. Radiação solar? CO 2 ? Água? Nutrientes? Temperatura?

23 Fluxo de energia

24 Importância da eficiência na transferência de energia Eficiência de Consumo (EC) Herbívoros (5% em florestas, 25% em comunidades herbáceas e 50% em comunidades dominadas por fitoplancton) Eficiência de Assimilação (EA) Bactérias e fungos 100%, Herbívoros*, detritívoros e microbívoros 20-50%, carnívoros ~80% *(sementes e frutos 60-70%, folhas ~50%, madeira ~15%) Eficiência de Produção (EP) Invertebrados 30-40%, Vertebrados ectotérmicos ~10%, Vertebrados endotérmicos 1-2%

25 Fluxo da matéria através dos ecossistemas

26 Ciclos biogeoquímicos

27

28

29

30


Carregar ppt "Prof. Dra. Divamélia Gomes. ECOLOGIA Ecologia (do grego oikos- lar) – Estudo do “lar” (casa); Termo introduzido em 1866: Ernst Haeckel – “a ciência das."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google