A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conferência: Educação Básica, formação integral e elaboração conceitual Conferencista: Cássia Ferri.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conferência: Educação Básica, formação integral e elaboração conceitual Conferencista: Cássia Ferri."— Transcrição da apresentação:

1 Conferência: Educação Básica, formação integral e elaboração conceitual Conferencista: Cássia Ferri

2 A educação básica, como o próprio nome indica, quer dizer escolaridade mínima, aquela que deve ser estabelecida politicamente como sendo absolutamente indispensável para conseguir o grau de desenvolvimento que se pretende numa determinada sociedade, num determinado momento histórico.

3 O professor transmite muitas informações, mas nem sempre elas se transformam em conhecimento para os alunos. Qual é nosso papel como docentes?

4  A escola é uma instituição que objetiva a apropriação dos saberes socialmente construídos, inserindo as crianças na cultura de seu grupo e preparando o jovem cidadão para a vida em seu contexto social.  Os saberes socialmente construídos, socializados e legitimados são a matéria- prima na relação entre o professor e o estudante.

5 Dados  Chamamos dados a um signo ou conjunto de signos que tem possibilidade de ter vários sentidos, dependendo do contexto em que for utilizado. Pergunte-se o que significa a palavra folha? E a palavra dois?  Analise: “Pela manhã os funcionários de uma cantina colocaram na geladeira 72,3 latas de refrigerante para gelar. A tarde foram colocadas 8,7 latas. Quantas latas ficaram fora da geladeira se sua capacidade máxima é de 535 unidades?”

6 Informação  Chamamos informação a um conjunto de dados relacionados logicamente, de forma a dar sentido a uma ideia.  Analise: “Florianópolis, JFV, 2437, caminhão, placa, Ford”.  Analise: “João pesa 40 Kg”.

7 CONHECIMENTO  Chamamos conhecimento as informações interiorizadas pelo sujeito cognoscente e que tomam sentido em sua estrutura cognitiva, ao se relacionarem lógica e significativamente às demais existentes, passando a ter significado novo, no contexto de uma rede de informações.

8

9 A proporcionalidade aparece, informalmente, desde as primeiras séries. Noções de dobro e triplo e certos problemas de multiplicação formam a noção básica. Não é preciso ensinar termos e definições aos alunos. Exercício de tabuada. Preencha a tabela ao lado observando as figuras Bicicleta Roda de Bicicleta Banquinho com 3 pés Pés do Banquinho

10 O conceito evolui com exercícios de ampliação de figuras, trabalhos com mapas e gráficos de setores. A multiplicação e a divisão introduzem a porcentagem, aplicação cotidiana proporcionalidade. Imagine que todo o meu dinheiro corresponde a 200 reais. Ou seja, 100% do que tenho são 200 reais. a) Que conta devo fazer para achar 50 % da quantia que tenho? b) E para achar 10%?

11 O cálculo mental de porcentagens, problemas com frações e o estudo das frações equivalentes ainda usam a proporcionalidade de um jeito informal. O conceito de proporcionalidade (direta ou inversa) costuma ser formalizado na 6ª série. O aluno já tem condições de resolver regras de três usando uma equação. Um automóvel chegou a um posto com o tanque vazio. O marcador indicou ¾ de combustível depois de o carro ser abastecido com 42 litros de gasolina. Responda: no total, quantos litros cabem no tanque?

12 Já com o conceito formalizado, o aluno se torna apto a usá-lo na regra de três composta, na semelhança de triângulos e para formar a noção de amostra em pesquisa estatísticas. Relaciona a proporcionalidade ao estudo de áreas e volumes e, finalmente, conecta-a à função linear Para preservar as espécies animais, é necessário contar sua população. Como calcular, por exemplo, a população de macacos de uma floresta? Um possível método estatístico é o seguinte: capturam-se alguns bichos (suponha 60); todos são marcados (com tinta não-tóxica ou anéis); eles são soltos e, após certo tempo, faz-se nova captura (60 outra vez). Agora é com você: se, na segunda captura, 14 dos 60 macacos tinham as marcas, qual é, aproximadamente, a população de macacos dessa floresta?

13 SABER  O conhecimento é uma construção individual, mediada pelo social. Embora cada sujeito construa seus conhecimento, esta construção é resultante de uma interação social, via linguagem e da imersão em determinado contexto cultural.

14 SABER  Esta atividade intersubjetiva, em que um conjunto de informações é discutido, originando um conhecimento construído pelo conjunto, ou seja, pelo grupo. É o saber!

15  E o professor?  Cabe a escola o dever de selecionar dentre os saberes socialmente construídos, aqueles que constituem as bases com vistas à introdução dos novos membros da sociedade no contexto da cultura e dos saberes do seu grupo social.

16  Isso tem objetivos: o primeiro é selecionar os conteúdos e apresentá-los para que os estudantes entendam os valores e saberes que identificam seu contexto. O segundo, desenvolver a capacidade crítica para entender o que seria melhor para as novas gerações e ser um agente transformador de sua própria sociedade.


Carregar ppt "Conferência: Educação Básica, formação integral e elaboração conceitual Conferencista: Cássia Ferri."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google