A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Maria Rita Gramigna www.mrg.com.br. Apresentar um modelo de gestão por competências. Descrever as etapas do eixo central, situando o momento da Seleção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Maria Rita Gramigna www.mrg.com.br. Apresentar um modelo de gestão por competências. Descrever as etapas do eixo central, situando o momento da Seleção."— Transcrição da apresentação:

1 Maria Rita Gramigna

2 Apresentar um modelo de gestão por competências. Descrever as etapas do eixo central, situando o momento da Seleção de Pessoal. Apresentar as competências de suporte mais demandadas pelo mercado.

3 BELO HORIZONTE/MG SALVADOR/BA Fundação :1991 Fundação :1991 Missão : contribuir no desenvolvimento de pessoas e organizações. Missão : contribuir no desenvolvimento de pessoas e organizações. Foco/ Atuação : gestão de pessoas por competências nas funções “provimento, capacitação, avaliação de potencial e desempenho e orientação de carreira”. Foco/ Atuação : gestão de pessoas por competências nas funções “provimento, capacitação, avaliação de potencial e desempenho e orientação de carreira”.

4

5 Identificar e reter talentos. Desenvolver e ampliar o domínio de competências. Fazer valer os investimentos financeiros com pessoas.

6 Conjunto de ferramentas, instrumentos e processos metodológicos voltados a gestão estratégica de pessoas.

7 Repertórios de comportamentos que algumas pessoas e/ou organizações dominam e disponibilizam, o que as faz se destacar de outras em contextos específicos. (Claude Levy-Leboyer)

8 METÁFORA DA ÁRVORE METÁFORA DA ÁRVORE HABILIDADES (copa) ações de entrega. O QUE A PESSOA FAZ COM A COMPETÊNCIA EM QUESTÃO. CONHECIMENTOS (tronco) informações, procedimentos, processos. O QUE A PESSOA SABE SOBRE A COMPETÊNCIA. ATITUDES (raiz) indica o nível de motivação, comprometimento e interesse. COMO A PESSOA SE COMPORTA NA COMPETÊNCIA EM QUESTÃO.

9 Banco de Competências (Avaliação de Potencial) PIDC Projeto Institucional de Capacitação por Competências Gestão do Desempenho por Competências Certificacão Norma ISO/ Lei Realinhamento do Plano de Carreira e Remuneração

10  Seleção: ato ou efeito de selecionar; escolha fundamentada (Aurélio).  Perfil : contorno do rosto de uma pessoa vista de lado; descrição de uma pessoa em traços mais ou menos rápidos (Aurélio). Como verificar o perfil profissional de forma que possamos enxergar mais de um lado da pessoa?

11

12

13 Meta: Desenhar o mapa de competências dos diversos grupos de cargos e funções da empresa de forma a facilitar a definição de perfis.. Metodologias: 1. Entrevistas. 2. Reuniões ou workshop de trabalho com o grupo decisório e detentores das vagas. Estratégia: alinhamento com o negócio, missão, visão, valores, princípios, diretrizes e políticas da organização. Ferramenta: árvore das competências.

14 Banco de Competências (Avaliação de Potencial)

15

16 ESCALA DE EFETIVIDADE 1)Entrevista + Dinâmica de apresentação. 2)Entrevista + Dinâmica + Jogo de Empresa. 3)Entrevista + Inventários + Dinâmica de apresentação + Jogo de Empresa. 4)Entrevista + Testes + Inventários + Seminário presencial com dinâmicas, jogos de empresa com painéis conclusivos + retorno ao candidato (feedback). CRITÉRIOS TEMPO, NATUREZA DA VAGA, CUSTO, RECURSOS

17

18 1.VIAJANTE 2.GUERREIRO 3.ARTISTA 4.MENTOR 5.CRÍTICO 6.BUFÃO 7.DESTRUTOR 8.MAGO 9.COERENTE 10.AMANTE

19

20 O viajante está aberto ao novo, supera medos e busca resultados. INDICADORES DE COMPETÊNCIAS:  Visão de futuro e boa percepção do todo e da parte.  Superação de medos, capacidade para sair da zona de conforto.  Facilidade para identificar oportunidades e vencer desafios. VALORES: SENSIBILIDADE, ESFORÇO PESSOAL.

21

22 O bom guerreiro forma um exército de aliados. Enfrenta desafios com garra e compartilha derrotas e sucessos. CARACTERÍSTICAS DO GUERREIRO: Coragem, lealdade, integridade e disciplina. Capacidade para traçar estratégias (planejamento). Espírito de luta na busca por resultados. Reconhecimento e respeito com os liderados. VALORES: RESPEITO, ÉTICA, PERSEVERANÇA

23

24 O artista é reconhecido pelas suas obras primas. Usa a imaginação ( imagem + ação ) e faz acontecer. CARACTERÍSTICAS: Compromisso com a realização e a criação. Percepção de detalhes, contrastes e possibilidades. Capacidade de imaginar, dar vida, transformar idéias em realidade. Obtenção de resultados através de ações inovadoras. VALORES: AMOR, COMPROMETIMENTO

25 sinergia O mentor tem por princípio ajudar as pessoas de seu time. Nesta missão, ele também aprende com a equipe. CARACTERÍSTICAS: Disponibilidade para ajudar, solicitar e receber ajuda dos que estão à sua volta. Confiança, delegação e trabalho compartilhado. Dedicação a um projeto coletivo. VALORES: UNIDADE, RESPEITO ÀS DIFERENÇAS, COOPERAÇÃO

26 A lista O crítico destaca-se pelo auto- conhecimento. Ao reconhecer seu potencial e suas dificuldades, o crítico toma decisões de forma construtiva. CARACTERÍSTICAS: Constante atitude de autoavaliação. Capacidade para fazer avaliações construtivas. Facilidade para mudar de posições, quando percebe enganos. Aprendizado com erros e acertos. VALORES:HONESTIDADE, ÉTICA.

27 Faça uma lista de grandes amigos, quem você mais via há dez anos atrás, Quantos você ainda vê todo dia? Quantos você já não encontra mais? Faça uma lista dos sonhos que tinha. Quantos você desistiu de sonhar? Quantos amores jurados pra sempre? Quantos você conseguiu preservar? Onde você ainda se reconhece? Na foto passada e no espelho de agora? Hoje é do jeito que achou que seria? Quantos amigos você jogou fora? Quantos mistérios que você sondava? Quantos você conseguiu entender? Quantos segredos que você guardava? Hoje são bobos, ninguém quer saber! Quantas mentiras você condenava? Quantas você teve que cometer? Quantos defeitos sanados com o tempo, eram o melhor que havia em você? Quantas canções que você não cantava, hoje assovia pra sobreviver? Quantas pessoas que você amava, hoje acredita que amam você? (A lista – Osvaldo Montenegro)

28 O Bufão entra em ação quando surgem dificuldades. Com seu comportamento lúdico minimiza climas tensos e ajuda no relacionamento interpessoal. CARACTERÍSTICAS Bom humor e disposição para brincar. Capacidade para agir de forma lúdica. Facilidade para alegrar o ambiente promovendo um clima propício à produtividade. VALORES: ALEGRIA, CUMPLICIDADE,

29 O Destrutor é responsável pelo desapego a velhas estruturas. Ajuda as pessoas a dar boas- vindas ao novo. CARACTERÍSTICAS: Capacidade para mudar de padrões. Desapego a crenças obsoletas e máscaras. Superação de medos e revisão de posturas. VALORES: HUMILDADE, DESAPEGO

30 Você tem uma roupa no armário ou um par de sapatos que não usa a muito tempo? Qual a última vez que reservou um tempo para fazer “absolutamente nada”? Tem um cantinho em sua residência ou no trabalho cheio de “tralhas” que não usa? Guarda alguma mágoa de alguém de seu círculo de convivência?

31 Nos momentos de pressão e caos presentes no cotidiano, o Mago entra em ação. CARACTERÍSTICAS: Facilidade para fluir com os processos e não se abalar com fatores externos. Facilidade para lidar com situações conflitivas. Capacidade para enxergar além do visível. VALORES: SENSIBILIDADE, HARMONIA, UNIDADE

32 O coerente é verdadeiro em suas ações. Ele é respeitado por isto e influencia de forma positiva o clima e as relações interpessoais. CARACTERÍSTICAS: Espontaneidade e transparência. Autoconfiança e otimismo. Atitudes coerentes. VALORES: RESPEITO, COERÊNCIA

33 O personagem amante é aquele que influencia as pessoas nas escolhas assertivas. Estimula o entusiasmo e a paixão pela causa escolhida. Dá brilho ao olhar. CARACTERÍSTICAS: Gosto pelo que faz. Capacidade de transformar problemas em desafios. Satisfação profissional. VALORES: ALEGRIA, RESPEITO.

34 Tudo é o olhar Não sou um profissional de sucesso! Estarei mentindo dizendo que... consegui chegar lá. Que sou o máximo! Tenho certeza que... este é o meu momento. Sinto dentro de mim que...não sou capaz. Não poderia dizer jamais que... possuo um grande potencial. Pecebo a cada dia que sou um fracasso! E jamais usarei a frase... sou um bom profissional! Tenho que dizer a verdade É assim que eu me vejo... (Baseado no texto de Clarice Lispector )

35

36 Tudo é o olhar... Não sou um profissional de sucesso! Estarei mentindo dizendo que...consegui chegar lá. Que sou o máximo! Tenho certeza que... este é o meu momento. Sinto dentro de mim que... não sou capaz! Não poderia dizer jamais que... possuo um grande potencial. Percebo a cada dia que sou um fracasso. E jamais usarei a frase...sou um bom profissional! Tenho que dizer a verdade É assim que eu me vejo...

37 Site :


Carregar ppt "Maria Rita Gramigna www.mrg.com.br. Apresentar um modelo de gestão por competências. Descrever as etapas do eixo central, situando o momento da Seleção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google