A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Relatos de Experiência sobre “Evasão e permanência no Ensino Superior”

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Relatos de Experiência sobre “Evasão e permanência no Ensino Superior”"— Transcrição da apresentação:

1 Relatos de Experiência sobre “Evasão e permanência no Ensino Superior”
XXIII Encontro de Pró-Reitores de Graduação das Regiões Norte e Centro Oeste Bonito, MS – 27 a 29 de Setembro de 2009. Relatos de Experiência sobre “Evasão e permanência no Ensino Superior” Profa. Dra. Terezinha Bazé de Lima Pró-reitora de Ensino e Extensão

2 Evasão no Ensino Superior: a experiência dos cursos oferecidos pela EaD na UNIGRAN
Profa. Dra. Terezinha Bazé de Lima Pró-reitora de Ensino e Extensão

3 O contexto institucional
Missão: proporcionar o desenvolvimento regional, mediante a oferta de ensino de qualidade, para formar não só profissionais que atendam as carências e as necessidades do Estado, mas também cidadãos críticos e capacitados para o trabalho intelectual e para a pesquisa e que contribuam em todos os sentidos para esse desenvolvimento.

4 O contexto institucional
Missão EaD: atender as necessidades nacionais de profissionais e proporcionar o desenvolvimento nacional por meio de uma formação superior de qualidade. , A UNIGRAN propõe- se a atingir, também nessa modalidade de ensino, a mesma qualidade que tem imprimido aos seus cursos presenciais nas três décadas de sua existência.

5 As possibilidades As Instituições de Ensino Superior (lES) foram autorizadas pelo Ministério da Educação (Portaria MEC n.º 4.059, de 10 de dezembro de 2004) a disponibilizar aos alunos parte substantiva da carga horária de suas disciplinas na modalidade a distância e iniciaram um processo de transposição de conteúdos para cursos virtuais.

6 Situação Institucional
33 anos oferecendo cursos de Graduação e Pós Graduação lato sensu (presencial e a distância). 27 cursos de graduação presenciais. 10 cursos de graduação na modalidade a distância (via web).

7 Credenciamento Institucional
Pós-graduação a distância pela Portaria de 1 de abril de 2005 primeiro curso nessa modalidade teve início em agosto de 2005. credenciamento para oferta de cursos de graduação pela Portaria nº 4071/2005.

8 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU
Cursos oferecidos GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Direito Eletrônico e Tecnologia da Informação Educação a Distância Educação de Jovens e Adultos Estudos da Linguagem Gestão Empreendedora de Negócios Gestão Ambiental Metodologia do Ensino Superior Nova Visão do Direito Civil Aplicado ao Processo Psicopedagogia Sistemas de Informação Administração Ciências Contábeis Pedagogia Letras Serviço Social Tecnológico em Agronegócios Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnólogo em Negócios Imobiliários Tecnológico em Produção Publicitária Teologia

9 A Experiência Em 2006, a UNIGRAN deu início à oferta de cinco cursos de graduação a distância; em 2007, foram oferecidos oito cursos e, em 2008, dez cursos.

10 10 Estados e Distrito Federal
Pólos Nacionais Amambaí Aral Moreira Bonito Campo Grande Chapadão do Sul Corumbá Costa Rica Dourados Jardim Jateí Naviraí Nova Andradina Ponta Porã Três Lagoas 10 Estados e Distrito Federal

11 Portugal (Lisboa, Penafiel, Porto) Alemanha
Pólos Internacionais Ásia e Europa Japão (Conquest) Portugal (Lisboa, Penafiel, Porto) Alemanha Espanha (Madrid) Inglaterra (Londres) Suíça

12 O início da experiência
A experiência em EaD iniciou-se em 2003, com o pré-teste do Ambiente Virtual de Aprendizagem “UNIGRANET” com os alunos em dependência; a partir de 2004, com os alunos das Licenciaturas, o que permitiu validar o ambiente, construir novas ferramentas, retirar outras; enfim, aprimorar o seu uso sob o ponto de vista do usuário, tanto do professor quanto do aluno.

13 4 eixos fundamentam o planejamento em EaD da UNIGRAN:
amadurecimento e progressão refletida das experiências; b) desenvolvimento de suporte logístico, por meio de convênios e parcerias viabilizados pela sua inserção regionalizada em todo o espaço do centro-sul do estado; c) foco no processo de aprendizagem ativa dos alunos; d) avaliação sistemática da qualidade de suas ações.

14 Gestão da EAD na UNIGRAN:
A Coordenadoria da Educação a Distância - CEAD - conta com setores específicos dentro de sua estrutura, responsáveis pela tecnologia de informação e comunicação, de desenvolvimento e produção de material didático. É a interação multidisciplinar necessária ao desenvolvimento de cursos em EAD. Direção Geral Direção de Desenvolvimento Institucional Coordenação de Gestão em EAD Coordenação de Produção de Material Didático Coordenação de Informática Coordenação de Produção Multimídia Está subdividida em 6 setores:

15 Detalhamento do Ambiente Virtual de Aprendizagem – UNIGRANET
O ambiente de aprendizagem colaborativo “UNIGRANET” contém todas as ferramentas de interação entre alunos e professores e entre os alunos , disponíveis no contexto da EAD, como: fórum de discussões, chat, mural, portfólio, , entre outras.

16 FERRAMENTAS

17 A Evasão em EaD Apesar da importância dos cursos a distância como ferramenta de desenvolvimento de competências humanas para o trabalho, há poucas pesquisas que avaliam esses cursos e, em particular, os índices de evasão.

18 . Com as novas tecnologias de comunicação, como a Internet, rompem-se as barreiras de espaço e tempo e se criam redes planetárias de comunicação entre pessoas residentes em diferentes partes do mundo.

19 A avaliação da produção de conhecimentos sobre a eficácia de cursos a distância, em especial no que tange àqueles mediados pelas NTICs, mostrou poucos estudos sistemáticos sobre evasão, apesar de este ser um dos principais problemas e pontos de interrogação da área. Os poucos estudos existentes, entre os quais os trabalhos de Shin e Kim (1999), Xenos et aI. (2002) e Zerbini e Abbad (2005), mostram que, de modo geral há alta evasão em cursos a distância.

20 Evasão em cursos a distância
As pesquisas sobre evasão em cursos à distância localizadas na literatura especializada têm sido realizadas por pesquisadores da área de educação. Para Xenos et al. (2002), a evasão principal preocupação de instituições de ensino a distância, é causada por múltiplos fatores endógenos e exógenos ao curso.

21 Evasão em cursos a distância
Há alguns resultados relevantes de pesquisas, citados por esses autores, indicando que um do s principais fatores que afetam a evasão é a quantidade de módulos que deve ser realizado pelo aluno. As pesquisas mostram, por exemplo, que, na maior parte dos casos, os estudantes que interromperam sua participação em um curso a distância fizeram logo após o primeiro ou segundo módulo.

22 Fatores que afetam a evasão em EaD
Há fatores que, historicamente, vêm afetando os níveis de evasão em cursos universitários a distância e que podem ser classificados em três grandes categorias, conforme Xenos ef al. (2002):

23 Fatores que afetam a evasão em EaD
(l) fatores internos relacionados às percepções do aluno e seu lócus de controle - interno-externo; (2) fatores relativos ao curso e aos tutores; (3) fatores relacionados a certas características demográficas dos estudantes como idade, sexo, estado civil, número de filhos, tipo de trabalho ou profissão, entre outras.

24 A pesquisa de Xenos et al
A pesquisa de Xenos et al. (2002) mostrou que, entre os fatores internos citados por pesquisadores como explicativos de evasão, estão: a percepção de dificuldade do curso, a motivação, a persistência do aluno e seu lócus de controle. Resultados interessantes, porém não conclusivos, mostram que as mulheres tendem a persistir mais do que os homens nos cursos.

25 O estudo empírico de Xenos ef ai
O estudo empírico de Xenos ef ai. (2002) - realizado em uma amostra de estudantes de um curso de graduação em Informática - avaliou o rendimento e a evasão de alunos. Assim, a evasão pode ser definida como o percentual de alunos que se matricularam no curso, mas nunca o iniciaram, ou o começaram, mas interromperam sua participação.

26 Entre os fatores externos, citados como razões da evasão pelos alunos em entrevistas individuais, há os problemas profissionais, como troca de emprego e pressões de tempo; pessoais: nascimento de filhos e morte na família e problemas de saúde.

27 Entre os fatores internos ao curso, a evasão deu-se pela falta de assistência do tutor, pela quantidade de trabalhos escritos exigidos e pelo grande número de texto para leitura.

28 Além disso, o fato de o participante ter tido acesso gratuito ao material impresso pode ter sido responsável pela baixa freqüência de interação espontânea do participante com os recursos eletrônicos do curso.

29 Hábitos arraigados de estudo, provavelmente, prevaleceram e a leitura do material impresso predominou como estratégia de aprendizagem dos participantes.

30 Que tiveram uma participação efetiva 30 61,22
UM ESTUDO DE CASO EM UM CURSO DA UNIGRAN: Curso de Tecnologia em Produção Publicitária / EAD Disciplina: Métodos e técnicas de pesquisa / 3º Semestre – 2009 (1º sem. Letivo) Quantidade de alunos... Qde % Matriculados 49 100 Que tiveram uma participação efetiva 30 61,22 Que não tiveram nenhum acesso - Que acessaram, mas não concluíram a disciplina 14 28,57 Que foram aprovados Dispensados da disciplina 5 10,20

31

32 Curso de Pedagogia / EAD
Disciplina: Metodologia da Pesquisa Educacional Quantidade de alunos... 1º s 6º s Matriculados 167 106 Que tiveram uma participação efetiva 42 - Que não tiveram nenhum acesso 53 1 Que acessaram, mas não participaram 23 Que foram aprovados 84 Evasão = 36,53 % Participação = 63,47%

33 Curso de Pedagogia – 1º Semestre

34 Dados disponíveis no INEP 2007 - UNIGRAN
Curso de Produção Publicitária (Tecnológico) Inscritos para o processo seletivo (Vestibular) – 189 Participantes do processo seletivo – 187 Matriculados – 144 Concluintes – 29 Taxa de Evasão – 79% (aproximado) FONTE:

35 Dados disponíveis no INEP 2007 - UNIGRAN
Curso de PEDAGOGIA (Licenciatura) Inscritos para o processo seletivo (Vestibular) – 315 Participantes do processo seletivo – 301 Matriculados – 275 Concluintes – em 2007 ainda não tínhamos turmas de concluintes neste curso. FONTE:

36 Dados gerais sobre a evasão na UNIGRAN
Nos dois últimos anos (2007/2008), a média de evasão  da EaD tem sido de 20 a 25% de dezembro a fevereiro. Nos meses de julho / agosto a evasão tem sido menor, ficando na faixa de 18 a 22%. No ano inicial, isto é, 2006, a média foi maior, de 32 a 35%.

37 Referências Centro Universitário da Grande Dourados – UNIGRAN. Plataforma UNIGRANET. Disponível em: <http://www.unigran.br/cead> Acesso em: 21 de set de 2009. FAVERO, Rute Vera Maria; FRANCO, Sérgio Roberto Kieling. Um estudo sobre a permanência e a evasão na Educação a Distância. Revista Novas Tecnologias na Educação. CINTED – UFRGS. V.4. Nº. 2. Dezembro, 2006. Projeto Pedagógico Institucional da UNIGRAN - PPI. Dourados: UNIGRAN, 2008. SILVA, Abbad Gardência da; SILVEIRA, Carvalho Renata; ZERBINI, Thaís. Evasão em curso via internet : explorando variáveis explicativas. Disponível em: Acesso em: 15 de set. de 2009.

38 Obrigada!! Profa. Dra. Terezinha Bazé de Lima
Pró-reitora de Ensino e Extensão


Carregar ppt "Relatos de Experiência sobre “Evasão e permanência no Ensino Superior”"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google