A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDITORIAL MOMENTO CIENTÍFICO 18/SETEMBRO/2014 SÉRGIO COLENCI.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDITORIAL MOMENTO CIENTÍFICO 18/SETEMBRO/2014 SÉRGIO COLENCI."— Transcrição da apresentação:

1 EDITORIAL MOMENTO CIENTÍFICO 18/SETEMBRO/2014 SÉRGIO COLENCI

2 Há anos, estudiosos vem tentando desenvolver modelos específicos para se estudar envelhecimento bem-sucedido, seja ele com informações objetivas ou subjetivas de qualidade de vida, na tentativa de abranger um conceito multidimensional. Atualmente qual seria o melhor conceito de envelhecimento bem sucedido? 1ª PERGUNTA

3 Paper 1: Defining Successful Aging: A Tangible or Elusive Concept? Posted on November 12, 2012 by UGA Institute of GerontologyNovember 12, 2012UGA Institute of Gerontology

4  Revisão abrangente de estudos quantitativos  INCAPACIDADE e/ou LIMITAÇÃO FUNCIONAL  PREJUÍZO COGNITIVO  Envelhecimento bem-sucedido: 0,4 – 95%  MODELO MISTO de avaliação Depp and Jeste (2006)  Modelo biopsicossocial - Wykle & Gueldner, 2010 Modelos de Envelhecimento Bem-Sucedido

5

6 No estudo apresentado, dois modelos de avaliação foram aplicados em idoso octogenários e centenários. Na sua opinião, dentre os critérios avaliados no presente estudo, quais seriam os de maior relevância para avaliar um envelhecimento bem sucedido na população de grandes idosos? 2ª PERGUNTA

7 CRITÉRIOS em ENVELHECIMENTO BEM-SUCEDIDO EDUCAÇÃO ETNIA EXERCÍCIO DIETA TABAGISMO VIDA SOCIAL

8 CRITÉRIOS em ENVELHECIMENTO BEM-SUCEDIDO

9 Qual seria o papel da opinião dos próprios idosos para um aperfeiçoamento dos critérios para o envelhecimento bem sucedido? 3ª PERGUNTA

10  50% envelhecidos de forma bem-sucedida AUTO AVALIAÇÃO DO IDOSO Strawbridge WJ, Wallhagen MI, Cohen RD. Successful aging and well-being. Self-rated compared with Rowe and Kahn. Gerontologist 2002;42:

11 BMJ. Dec 24, 2005; 331(7531): 1548–1551. DEFINIÇÃO DE ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL DADO POR 854 PESSOAS COM IDADE MAIOR QUE 50 a NA INGALTERRA

12 AUTO AVALIAÇÃO DO IDOSO

13 Em relação aos resultados, durante a avaliação do primeiro modelo (proposto por Rowe e Kahan) nenhum centenário preencheu os 3 critérios necessários para serem classificados como longevos portadores de envelhecimento bem- sucedido. E mesmo após pesquisar um segundo modelo de avaliação, esse número não chegou a 50%. Você acha que seria necessário um modelo diferenciado de avaliação para os grandes idosos, já que esse modelo foi baseado em uma população mais jovem, ou esses resultados realmente mostram que os longevos/centenários dificilmente apresentarão um envelhecimento bem sucedido? 4ª PERGUNTA

14  Longevidade saudável - Yi, Poston, Vlosky e Gu, 2009  Longevidade excepcional - Christensen, McGue, Petersen, Jeune, & Vaupel, 2008; Gondo, 2006; Willcox, Willcox, & Suzuki, 2006  NÃO EXISTEM centenários saudáveis, EXISTEM ALGUNS POUCOS autônomos - Andersen-Ranberg, Schroll, and Jeune 2001  Alcançar o limite da vida humana pode ser um atentando a DIGNIDADE - Baltes and Smith 2003  “Saudáveis e independentes”: CRITÉRIOS MAIS BRANDOS - Hitt, Xu, Silver, and Perls (1999), New England Centenarian Study LONGEVIDADE e/ou ENVELHECIMENTO BEM-SUCEDIDO

15  2% CENTENÁRIOS EXCEPCIONAIS – Alto status funcional  18% CENTENÁRIOS NORMAIS – Manutenção da cognição e funcionalidade  55% CENTENÁRIOS FRÁGEIS – Prejuízo da funcionalidade OU cognição  25% CENTENÁRIOS MUITO FRÁGEIS – Prejuízo da funcionalidade E cognição Gondo et al., 2006 LONGEVIDADE e/ou ENVELHECIMENTO BEM-SUCEDIDO

16  101 PACIENTES  69% COM 60 a 80 ANOS  2/3 se mantém saudáveis e funcionais  31% COM 80 ANOS OU +  1/3 se mantém saudáveis e funcionais GERIATRIA HC – 4S

17 LONGEVIDADE e/ou ENVELHECIMENTO BEM-SUCESSEDIDO

18 “Envelhecimento bem-sucedido é visto como um processo dinâmico, resultado de sua evolução ao longo do curso da vida, e da capacidade de crescer e de aprender utilizando experiências passadas para lidar com as circunstâncias atuais, mantendo um sentido realista de si mesmo.” Ryff CD FINALIZANDO...


Carregar ppt "EDITORIAL MOMENTO CIENTÍFICO 18/SETEMBRO/2014 SÉRGIO COLENCI."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google