A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Políticas de Educação de Jovens e Adultos EJA EJA Diretoria de Políticas de Educação de Jovens e Adultos Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Políticas de Educação de Jovens e Adultos EJA EJA Diretoria de Políticas de Educação de Jovens e Adultos Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização."— Transcrição da apresentação:

1 Políticas de Educação de Jovens e Adultos EJA EJA Diretoria de Políticas de Educação de Jovens e Adultos Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade Ministério da Educação do Brasil 2009

2 CONTEXTOEDUCACIONAL BRASILEIRO CONTEXTO EDUCACIONAL BRASILEIRO

3 - Taxa de analfabetismo decresce 13,2 p.p. de 1982 a A taxa apresenta diferenças regionais (entre outras), mas no Nordeste, onde era e é maior, caiu 22,1 pp nos mesmos 20 anos. - Em 2006 a taxa foi de 10,38% e em 2007 caiu para 9,99%. A maior queda foi do Nordeste que tinha taxa de 20,74% em 2006 e caiu para 19,94% em (diferença do Gráfico devido a série harmonizada) Dados harmonizados

4 Taxa de analfabetismo

5 Fonte: IBGE/PNAD 2007 Taxa de Analfabetismo, por UF

6 PRINCÍPIO DIREITO À EDUCAÇÃO: Educação para Todos e Todas

7 BASE LEGAL Constituição Federal de 1988 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96) Plano Nacional de Educação (Lei /01) Plano de Desenvolvimento da Educação Compromissos e acordos internacionais Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação de Jovens e Adultos (Parecer CNE/CEB 11/00 e Resolução CNE/CEB 1/00) Plano Plurianual do Governo

8 A OFERTA DE EJA NO BRASIL

9

10

11 DESAFIO E COMPROMISSO Desafio central: enfrentamento da enorme dívida histórica do país no tocante à educação Principal compromisso: democratização dos sistemas de ensino criação de instrumentos e políticas que conduzam ou reconduzam para os sistemas educativos jovens e adultos. resgate de múltiplas formas e espaços de aprendizagem, de modo a ampliar o acesso, aumentar a probabilidade de permanência e contribuir para o aprimoramento de práticas e valores desses sistemas.

12 EIXOS ORGANIZADORES Educação continuada Educação continuada: buscando ultrapassar os limites da escolarização formal e destacar a agenda de educação para toda vida; Alfabetizaçãocidadania Alfabetização como prioridade política e foco na cidadania; Respeito às diversidades Respeito às diversidades: étnica, racial, cultural, de gênero, social, ambiental e regional; sistêmica Abordagem sistêmica; interdisciplinartransversal Natureza interdisciplinar e transversal: educação e direitos humanos, saúde (Projeto Olhar Brasil), cultura, trabalho, meio ambiente articulada Alfabetização articulada com EJA;

13 PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO MobilizaçãoAcessoPermanênciaSucesso Plano de Comunicação Sensibilização de gestores Apoio Técnico a estados e municípios Articulação institucional Abertura de turmas Formação alfabetiza- dores Pagamento Bolsas Formação continuada Material didático Apoio a transporte e alimentação Óculos Políticas de emprego e renda, cultura, saúde Teste cognitivo Material de leitura Doc. civil Continui- dade em EJA Gestão - Sistemas SBA e SGB -Monitoramento / Agenda -Avaliação

14 Educação de Jovens e Adultos EJA Instrumentos FORMAÇÃO MATERIAL DIDÁTICO FINANCIAMENTO LEITURA REDES

15 Educação de Jovens e Adultos EJA FINANCIAMENTO O FUNDEB financia a oferta de EJA nas redes estaduais e municipais de ensino: -Em 2008, a EJA contribuiu com cerca de R$ 2,8 bilhões para o FUNDEB; - Em 2009, contribuirá com cerca de R$ 5 bilhões. Os programas de apoio à Educação Básica foram ampliados para EJA (PNAE e Transporte). Inclusão de ações de EJA no PAR.

16 Valor mínimo nacional e valor aluno/ano – SC * Portaria Nº 932, de 30 de julho de 2008

17 Educação de Jovens e Adultos EJA MATERIAL DIDÁTICO – Programa Nacional do Livro Didático de Alfabetização de Jovens e Adultos Em 2008 foram distribuídos cerca de 1,7 milhão de livros didáticos para os alfabetizandos do Programa Brasil Alfabetizado (PBA); Em 2009, o 1º segmento da rede pública também poderá receber livros didáticos pelo Programa. – Programa Nacional do Livro Didático de EJA – Programa Nacional de Biblioteca nas Escolas

18 Educação de Jovens e Adultos EJA – Fomento a produção de educadores e educandos (curso de formação a distancia); – Guia de Tecnologias Educacionais (chamada pública; apoio financeiro via PAR); – Fomento a novas obras: Coleção Literatura para Todos (concurso) Cadernos de Leitura (execução direta)

19 Educação de Jovens e Adultos EJA FORMAÇÃO: Educadores Apoio financeiro para oferta de cursos presenciais de formação continuada no formato de cursos de extensão, aperfeiçoamento e especialização. Instituições apoiadas mediante apresentação de projeto: 1 - Instituições públicas de ensino superior. 2 - Instituições federais de educação profissional e tecnológica (com educação superior). 3 - Instituições comunitárias de ensino superior sem fins lucrativos. Obs.: essas entidades podem prever como intervenientes instituições confessionais de educação superior, institutos de pesquisa ou escolas de gestão penitenciária.

20 Educação de Jovens e Adultos EJA FORMAÇÃO: Alfabetizadores Objetivo: 1 - formação inicial de alfabetizadores (40 horas presenciais) e coordenadores de turma do PBA (80 horas presenciais); 2 - formação continuada de coordenadores de turma do PBA (48 horas presenciais); 3 - elaboração de material de apoio didático-pedagógico e roteirização/edição do curso em linguagem EAD. Público a ser atendido: Alfabetizadores e coordenadores de turma do Programa Brasil Alfabetizado

21 Educação de Jovens e Adultos EJA FORMAÇÃO: EJA e Economia Solidária Objetivo: 1 - Produção de material pedagógico-formativo e de material de apoio didático que incorporem a proposta de economia solidária na EJA; 2 - Formação em EJA e economia solidária; 3 - publicação de experiências de EJA integradas ao desenvolvimento da economia solidária. Público a ser atendido: Educadores, coordenadores e gestores da EJA e da Economia Solidária.

22 Educação de Jovens e Adultos EJA FOMENTO A LEITURA Objetivo: 1 – Promoção de acesso à leitura; 2 – Formação de leitores e mediadores de leitura; 3 – Produção e distribuição de tecnologias educacionais de fomento à leitura; 4 – Pesquisa e avaliação sobre leitura. Público a ser atendido: Jovens, adultos e idosos neoleitores.

23 Educação de Jovens e Adultos EJA FOMENTO A LEITURA Apoio financeiro para projetos de fomento à leitura. Instituições apoiadas mediante apresentação de projeto: 1 – Estados; 2 – Municípios; 3 – Distrito Federal; 4 - Instituições públicas de ensino superior; 5 - Entidades sem fins lucrativos.

24 Educação de Jovens e Adultos EJA AGENDA TERRITORIAL Proposta de articulação territorial das ações para EJA, de modo a racionalizar o uso dos recursos e elevar a eficiência, eficácia e qualidade das atividades, mediante: 1 – Elaboração de diagnósticos sobre demanda e condições de oferta para educação de jovens e adultos, por estado; 2 – Proposição de ações de cada uma das instituições participantes, de acordo com suas respectivas atribuições e responsabilidades institucionais, com vistas ao atendimento das recomendações do Documento Base Nacional para VI CONFINTEA e de resposta aos desafios identificados no diagnóstico; 3 - Acordos para a criação de uma mesa permanente de trabalho (comissão), com a participação das instituições presentes e outras, de modo a compartilhar estratégias e ações para a garantia do direito à educação de qualidade para jovens, adultos e idosos.

25 Maiores Informações – –


Carregar ppt "Políticas de Educação de Jovens e Adultos EJA EJA Diretoria de Políticas de Educação de Jovens e Adultos Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google