A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE DE DE SÃO PAULO NÚCLEO DE ESTUDOS AVANÇADOS DO TERCEIRO SETOR Seminário Organizações e Negócios Sociais PARCERIAS EM NEGÓCIOS SOCIAIS:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE DE DE SÃO PAULO NÚCLEO DE ESTUDOS AVANÇADOS DO TERCEIRO SETOR Seminário Organizações e Negócios Sociais PARCERIAS EM NEGÓCIOS SOCIAIS:"— Transcrição da apresentação:

1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE DE DE SÃO PAULO NÚCLEO DE ESTUDOS AVANÇADOS DO TERCEIRO SETOR Seminário Organizações e Negócios Sociais PARCERIAS EM NEGÓCIOS SOCIAIS: perspectivas e impasses para a modernização da gestão social no Brasil Armindo dos Santos de Sousa Teodósio PPGA / PUC Minas SP, out/2013

2 Esferas Sociais Fonte: Janoski (1998) Federações sindicais ESFERA ESTATAL Executivo Judiciário Burocracia Polícia Forças Armadas Polícia Secreta Espionagem Estado de welfare público, mídia, educação e P&D Corporações de direito público com controle tripartite Partidos políticos Contratos de Defesa Regulação ESFERA DO MERCADO Sindicatos Mercados Empresas Associações de empregados Associações de consumidores ESFERA PRIVADA ESFERA PÚBLICA Famílias Amigos e conhecidos Amor e afeição Relações sexuais Vidas privadas reveladas na mídia e nos tribunais Redes de empresas Familiares e de clubes de elite Educação, saúde e mídia privada Movimentos Sociais Associações voluntárias: welfare, interesse Grupos de auto-ajuda

3 Ação e Racionalidade nas Parcerias Disputa por Significados Polissemia Intersetorialidade Cross-Sector Patnership Multi-Setorialidade PPPs (Povo Paga o Preço?!) Tri-Setorialidade Plataformas Ressource Dependence, Social Issues (metaproblemas), Societal Sector (interpenetração das esferas) (Selsky, Parker)

4 O Estado em direção às Parcerias Narrativas Estadocêntrica Mercadocêntrica Sociocêntrica (Vieira) Desestatização (Morales) Estado Neoliberalismo Pluralismo de de Bem-Estar Bem-Estar (Vernis et al) Direitos sociais sem políticos - BR (Carvalho) Desafios Regulação OSCs Avanços na Provisão PPs Cidadania Administração Pública Societal (Paula, 2005)

5 OSCs e as Parcerias Polissemia e Uso Indiscriminado Sociedade Civil, Movimentos Sociais, ONGs, Terceiro Setor Racionalidade Econômica ou Estatal – Terceiro Setor (Sbottka) Idealização da Racionalidade. Substantiva (Alves, Teodósio) Mobilização de Recursos e Mob. Política (Gohn) Heterogeneidade do Terceiro Setor (Alves) Desconstrução da expressão TS (Landim; Oliveira) Repolitização da noção de Sociedade Civil (Alves) Auto-regulação (Cohen, Arato)

6 Mercado e Esfera Pública Liberalismo Doutrinário Fisiocracia Preocupações de Adam Smith – Regulação Mercados (Bernardo; Sen; Hirchman; Fonseca) Variáveis Exógenas X Endógenas – Modelos Econômicos (Abramovay) Natureza e Dinâmica – Mercados e Sociedade Nem santificação, nem diabolização (Abramovay) Ação e Racionalidade Atores no Mercado Superação de Dicotomias Mercados x Sociedade Competição X Solidariedade Auto-interesse x Altruísmo Nova Sociologia Econômica (Lévesque; Abramovay)

7 Estratégias Empresariais para Parcerias Relações de Parceria com OSCs e Comunidades - Stakeholders Parcerias Preferenciais: OSCs estruturadas, com capacidade gerencial e voltadas a bens públicos de 1º. nível Grandes e PMEs capazes de intervir Projetos Auto-Sustentáveis Múltiplos retornos competitivos para as empresas Articulação intrínseca com as estratégias de negócios Neofilantropia – Assistencialismo e Paternalismo (Beghin; Garcia; Paoli) Substituição do Estado (Parcerias Um a Um) Competição por recursos Concentração em temáticas Infância & Adolescência, MA e Educação Meirelles (2005), Garcia (2004), Azevedo (2002), Corrulón (2002), Paoli (2002), Falcão (2002), FIRJAN (2002), Fischer (2002), Tachizawa (2002a), GIFE (2001), Chianca; Marino; Schiezari (2001), Mcintosh, M. et al. (2001), Melo Neto; Froes (2001), Pereira (2001), Carrion (2000), Cruz; Estraviz (2000), FIEMG (2000), Peliano (2000), Pringle; Thompson (2000), Melo Neto; Froes (1999) e Marcovitch (1997).

8 Efeito Transbordamento Emprego Negócios Renda Erradicação da Pobreza Impostos (FRIEDMAN) (Visão Neoliberal)

9 Desenvolvimento Sustentável SACHS, 1986

10 Negócios Inclusivos Desenvolvimento Sustentável (Ignacy Sachs) Responsabilidade Social Empresarial Trabalho X Consumo Equidade Paradoxo da Circularidade (Layrargues) RSE Público Interno Público Interno X Comunidades Base da Pirâmide Economia Popular Solidária Trabalho Informal / Precário / Escravo / Decente Pirataria / Informalidade Saber Prático & Qualificação Artesania (Sennett) Tecnologias Apropriadas Desenvolvimento Local (Jeffrey Sachs) Pobreza Exclusão Meritocracia (Jessé Souza) Desenvolvimento Humano (Sen) Estrutura Teórico-Compreensiva dos Negócios Inclusivos

11 ... as práticas de governança e participação correm o risco de se constituírem em alternativas fadadas ao insucesso para os que delas mais necessitam: os desorganizados e os destituídos de recursos. (...) podem terminar por se constituir num mecanismo seletivo de conferir aos ricos as políticas, aos pobres o mutirão; a quem pode, o poder, a quem não pode, a participação. Renato Boschi

12 A Ralé em Detalhe Diferentes definições pobreza (Bronzo) Absoluta Relativa Capacidades (Sen) Pobreza da Pobreza (Demo) Ethos Meritocrático (Souza) Habitus (Bourdieu) Campos (Bourdieu)

13 Obrigado! Armindo dos Santos de Sousa Teodósio (Téo)


Carregar ppt "PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE DE DE SÃO PAULO NÚCLEO DE ESTUDOS AVANÇADOS DO TERCEIRO SETOR Seminário Organizações e Negócios Sociais PARCERIAS EM NEGÓCIOS SOCIAIS:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google