A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Zonas Húmidas: Porque é que me devo importar? De que forma as Zonas Húmidas são essenciais para o nosso futuro? Esta apresentação e as imagens nela contidas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Zonas Húmidas: Porque é que me devo importar? De que forma as Zonas Húmidas são essenciais para o nosso futuro? Esta apresentação e as imagens nela contidas."— Transcrição da apresentação:

1 Zonas Húmidas: Porque é que me devo importar? De que forma as Zonas Húmidas são essenciais para o nosso futuro? Esta apresentação e as imagens nela contidas foram disponibilizadas pela Convenção de Ramsar sobre Zonas Húmidas para o uso não comercial exclusivo em atividades educacionais e promocionais relativas ao Dia Mundial das Zonas Húmidas de A versão portuguesa foi produzida por: Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Direção Regional do Ambiente do Governo dos Açores e Associação Almargem.

2 O que são Zonas Húmidas?  Definição geral: áreas que são cobertas por água, de forma temporária ou permanente  Tipos de zonas húmidas interiores: Pauis, turfeiras, lagoas, lagos, rios, ribeiras e planícies aluviais  Tipos de zonas húmidas costeiras: Mangais, sapais, estuários, lagoas costeiras – e até recifes de coral  Há zonas húmidas artificiais, tais como viveiros de piscicultura, salinas e campos de arroz  O tamanho é variável, podendo ocupar menos de um hectare até extensas áreas como o Pantanal no Brasil, Bolívia e Paraguai, que equivale a três vezes o tamanho da Irlanda

3 As Zonas Húmidas fornecem água para todos nós  Menos de 3% da água do mundo é doce – a restante é salgada A maioria da água doce está congelada Da água doce disponível, a maior parte está contida nos aquíferos  Um ser humano necessita de 20 a 50 litros de água por dia Só para necessidades básicas como beber, cozinhar e lavar  Aproximadamente 2000 milhões de pessoas na Ásia e 380 milhões de residentes na Europa dependem das águas subterrâneas para o seu abastecimento  As zonas húmidas ajudam a purificar e a reabastecer os aquíferos de que a humanidade depende para sobreviver

4 As Zonas Húmidas purificam a água e filtram substâncias nocivas  As plantas das zonas húmidas podem ajudar a reduzir a poluição da água Absorvem alguns fertilizantes e pesticidas nocivos Retêm alguns metais pesados e toxinas provenientes das indústrias  Exemplo: Pântano de Nakivubo (Kampala, Uganda) Filtra esgotos e efluentes industriais gratuitamente Uma estação de tratamento custaria 2 milhões de dólares (cerca de 1,7 milhões de euros) por ano  Curiosidade: uma ostra adulta na zona entremarés pode filtrar quase 200 litros de água por dia Remove sedimentos e contaminantes químicos provenientes das águas costeiras

5 As Zonas Húmidas alimentam a humanidade  O arroz, cultivado em zonas alagadas, é a base da alimentação de quase 3 mil milhões de pessoas O arroz representa 20% do consumo alimentar mundial  70% da água subterrânea extraída é utilizada para rega  Em média, um ser humano consome 19 kg de peixe por ano O consumo per capita na Ásia é muito superior  Dois terços de todos os tipos de peixe comercial dependem das zonas húmidas costeiras em alguma fase da sua vida Locais de reprodução e desova Os mangais e os estuários são particularmente importantes

6 As Zonas Húmidas são ricas em biodiversidade  São habitat para mais de espécies conhecidas de água doce 257 novas espécies de peixes de água doce foram descobertas na Amazónia entre 1999 e 2009  São essenciais para muitos anfíbios e répteis, assim como para a reprodução e migração das aves  Ocorrência de “espécies endémicas” nas zonas húmidas Formas de vida únicas que só existem em determinado local Existem muitos endemismos no Lago Baikal na Rússia e nos Lagos do Vale do Rift na África Oriental

7 As Zonas Húmidas contribuem para a mitigação das alterações climáticas  As turfeiras cobrem cerca de 3% da área terrestre mundial, mas armazenam 30% de todo o carbono terrestre Duas vezes mais do que a quantidade armazenada por todas as florestas do mundo!  No cenário de aumento do nível médio das águas do mar, as zonas húmidas costeiras reduzem o impacto dos tufões e maremotos Os sapais e os mangais atuam como zonas tampão; as raízes ajudam a fixar o solo da linha de costa e protegem da erosão As zonas húmidas costeiras aumentam a resistência aos efeitos das alterações climáticas  Os pântanos e as turfeiras atuam como esponjas naturais Absorvem a água das chuvas, prevenindo cheias nas bacias fluviais A mesma capacidade de armazenamento protege contra a seca

8 As Zonas Húmidas fornecem meios de subsistência e produtos sustentáveis  61,8 milhões de pessoas obtêm os seus rendimentos diretamente da pesca e da aquacultura Se incluirmos as suas famílias, mais de 660 milhões de pessoas dependem da pesca para sobreviver  A gestão sustentável das zonas húmidas providencia: Madeira para a construção Óleo vegetal Plantas medicinais Caules e folhas para tecelagem Alimento para animais

9 Um futuro sem Zonas Húmidas?  64% das zonas húmidas do mundo desapareceram desde 1900 As perdas são muito maiores em algumas regiões, nomeadamente na Ásia Em comparação com 1700, estima-se um perda de 87% das zonas húmidas mundiais  O rápido declínio significa: O acesso a água doce está a escassear para 1 a 2 mil milhões de pessoas no mundo inteiro As zonas costeiras ficam mais expostas a tempestades  A biodiversidade também foi afetada Índice Planeta Vivo da WWF: as populações de espécies de água doce diminuiram 76% entre 1970 e 2010

10 Índice de extensão das Zonas Húmidas  Indicador do declínio de zonas húmidas, promovido pela Convenção de Ramsar  Analisadas mais de 1000 zonas húmidas em todo o mundo entre 1970 e 2008  Perda média de extensão dos locais durante aquele período: 40%  Sítios específicos podem variar consideravelmente

11 O que leva à perda e degradação das Zonas Húmidas?  As zonas húmidas são vistas como áreas abandonadas  Alterações no uso do solo, por exemplo para: Agricultura Pastagem para gado Exploração de madeira  Desvio de água através de barragens, diques e canalizações  Desenvolvimento de infraestruturas, principalmente nos vales fluviais e no litoral  Poluição do ar e da água e excesso de nutrientes (eutrofização)

12 Como reverter esta tendência?  Criar leis que protejam as zonas húmidas Compreender os serviços de ecossistema prestados pelas zonas húmidas Integrar nos planos de ordenamento do território  Utilizar de forma sábia e sustentável as zonas húmidas existentes Atender às necessidades humanas, assegurando a biodiversidade e os outros serviços prestados pelas zonas húmidas  Restaurar as zonas húmidas que estão degradadas  Criar fontes de financiamento para a conservação das zonas húmidas  Sensibilizar e educar as pessoas para a importância e os benefícios das zonas húmidas

13 A Convenção de Ramsar  Acordo intergovernamental sobre as zonas húmidas Fornece as linhas gerais de atuação para a conservação e uso sustentável das zonas húmidas 168 Partes (países membros) Primeiro acordo ambiental mundial Tem o nome da cidade onde foi adotado (Ramsar, no Irão)  Os membros comprometem-se a: Utilizar de forma racional e sustentável as suas zonas húmidas Definir quais as zonas húmidas mais importantes para incluir na lista de Zonas Húmidas de Importância Internacional (Lista de “Sítios Ramsar”) Cooperar nos sistemas de zonas húmidas transfronteiriças e de espécies migratórias

14 Sítios Ramsar  2186 sítios considerados como Zonas Húmidas de Importância Internacional Atualizado em 1 de outubro de 2014  Cobrem hectares Área ligeiramente superior à do México  A lista oficial de Sítios Ramsar Pode transferir como pdf Procure no mapa mundial quais os Sítios Ramsar mais próximos de si Clique em cada Sítio Ramsar para descobrir informações específicas

15 O que cada um de nós pode fazer?  Visitar e descobrir as zonas húmidas Lista de Sítios Ramsar Veja se há alguma Zona Húmida de Importância Internacional na área onde reside Fale com a entidade gestora sobre como pode ajudar  Educar outros Promova um evento Explique às pessoas os benefícios das zonas húmidas  Organizar uma limpeza de zonas húmidas Em grupo, a limpeza de uma zona húmida pode ser feita em poucas horas Tire fotografias antes e depois para mostrar a diferença

16 O que cada um de nós pode fazer?  Tomar as decisões do dia a dia com consciência ambiental Compre carne, peixe e marisco produzido ou capturado de forma sustentável; prefira produtos biológicos quando for possível Tome duches mais rápidos Separe o lixo doméstico e coloque as pilhas e baterias no pilhão Prefira plantas autóctones e utilize fertilizantes naturais nos jardins e hortas  Juntar-se a outras pessoas para fazer a diferença Consulte o portal Ramsar para ver os parceiros e o que pode fazer  Participar nas comemorações do Dia Mundial das Zonas Húmidas

17 Dia Mundial das Zonas Húmidas em 2015  Celebra-se anualmente, no dia 2 de fevereiro para assinalar a Convenção de Ramsar  Formas de participar: Visite uma zona húmida perto de si Participe no concurso internacional de fotografia digital (aberto para pessoas entre os 15 e 24 anos) o Tire uma fotografia digital numa zona húmida entre 2 de fevereiro e 2 de março e carregue-a no portal Asssuma um compromisso de ação pelas zonas húmidas Sensibilize outras pessoas para a importância das zonas húmidas

18 Obrigado Pela vossa atenção!

19 Fontes de informação Sobre recursos de água doce: World Business Council for Sustainable Development: Water Fact and Trends, 2009 (p. 3) Sobre as necessidades básicas de água para o consumo humano: World Health Organization: Domestic Water Quantity, Service Level and Health (p.3) Sobre a dependência de água subterrânea na Ásia: IGES White Paper, Chapter 7: Groundwater and climate change: no longer the hidden resource (p. 160) Sobre a dependência de água subterrânea na Europa e para a população europeia: ation_change_statistics Sobre o pântano Nakivubo : benefits-beyond-gdp.html Sobre a capacidade de filtragem das ostras: chesapeake/eastern-oyster Sobre a proporção de arroz no consume alimentar mundial: Food and Agriculture Organization of the UN: Rice and human nutrition fact sheet Sobre a percentagem de água doce para irrigação: Sobre o consumo mundial per capita de peixe: Food and Agriculture Organization of the UN: Fish Trade and Human Nutrition (p. 2) Sobre a quantidade de espécies de peixe que dependem das zonas húmidas: US Environmental Protection Agency: Wetland Functions and Values (p. 11) Sobre o número de espécies de água doce: Millennium Ecosystem Assessment: Ecosystems and Human Well-Being: Wetlands and Water (p. 26) Sobre descobertas de novas espécies de peixes de água doce: Worldwide Fund for Nature: Amazon Alive!: A Decade of Discoveries (p. 1) Sobre turfeiras e sequestro de carbono: TEEB: The Economics of Ecosystems and Biodiversity for Water and Wetlands (p. 11) 013.pdf Sobre emprego gerado diretamente pelas pescas: Food and Agriculture Organization of the UN: State of World Fisheries and Aquaculture 2012 (p. 41) Sobre número de indústrias dependentes do pescado: Food and Agriculture Organization of the UN: Fish Trade and Human Nutrition (p. 2) Sobre perda mundial das zonas húmidas: How much wetland has the world lost? Long-term and recent trends in global wetland area N. Davidson, Marine and Freshwater Research, 2014, 65 (pp.934 &940) Sobre perda de espécies de água doce: Worldwide Fund for Nature: Living Planet Report 2014 (p.22) Sobre Índice de Extensão das Zonas Húmidas: CBD: GB04 Technical Report: Progress Towards the Aichi Biodiversity Targets (p.59)


Carregar ppt "Zonas Húmidas: Porque é que me devo importar? De que forma as Zonas Húmidas são essenciais para o nosso futuro? Esta apresentação e as imagens nela contidas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google