A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O ouvido começa de fora para dentro, com a orelha e o pavilhão. Depois seguem-se o canal auditivo, um tubo recoberto por uma pele muito fina, apoiada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O ouvido começa de fora para dentro, com a orelha e o pavilhão. Depois seguem-se o canal auditivo, um tubo recoberto por uma pele muito fina, apoiada."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 O ouvido começa de fora para dentro, com a orelha e o pavilhão. Depois seguem-se o canal auditivo, um tubo recoberto por uma pele muito fina, apoiada directamente sobre o osso, e por conseguinte, muito delicada.

4 E a parte mais interna, é a membrana timpânica, que é uma película tão delgada, que até é transparente. É quase como a pele de um tambor. Recebe a tensão e vibra com os sons.

5

6 O ouvido tem umas estructuras chamadas glândulas, que produzem cerumen, ou cera, ou massa, como queiram chamar-lhe. É um mecanismo de defesa.

7 A cera, é uma massa pegajosa, que evita que o pó e pequenas partículas, entrem no ouvido.

8

9 A cera, é produzida em pequenas quantidades, e o ouvido, como parte de uma maquinaria perfeita desenhada por Deus, tem um sistema automático para se limpar automáticamente.

10 Normalmente produz-se a cera em pequenas quantidades. A pele do ouvido tem uns pequenos véus chamados cilios, que se movem ordenadamente até ao exterior, e expulsam essa escassa cera.

11  Mas o que se passa se limparem os ouvidos?

12  Os apetrechos, aplicadores, palitos, cotonetes, Q-Tips, limpadores, ou como quiserem chamar-lhes, apenas compactam a cera.

13 Não servem para limpar o ouvido. Não conseguem extrair a cera. Apenas a empurram mais para dentro, formando um tampão, que diminui a capacidade auditiva.

14

15

16 Mas isso não é tudo. Um tampão de cerumen não é nada de grave. Depois de extraído, podemos voltar a ouvir. Mas, e a membrana timpânica?

17 Digamos que se a virmos de frente, até é transparente. Podemos ver o que se encontra atrás dela.

18

19 Se a pudessemos ver de perfil, notaríamos o quão delgada é, e apoiada só ao redor, na parede do ouvido.

20

21 Pois, se é tão delgada, delicada e transparente, com apetrechos como estes:

22

23 Ou estes:

24

25 Ou ainda estes:

26

27 Podereis atingir a membrana, assim:

28

29 E fazer um orifício como este:

30

31 Todos os anos, milhares de crianças (e um ou outro adulto despistado) perfuram os ouvidos ao tentar limpá-los

32 Apenas em 2007, e apenas no nosso Instituto, foram atendidas 1,100 perfurações timpânicas. Compreenderam? Não é um assunto assim tão simples. Fonte: Instituto Canario do Ouvido e do Equílibrio S.L.

33 Para além disso, operar assim, apesar de tantos excelentes equipamentos, e outras coisas muito caras, nada garante que fiquem bem.

34

35 Por eso, si queréis limpiarte los oídos (que de todos modos ellos se iban a limpiar solos), solo dejad que te entre agua en la ducha, y luego da unas sacudidas para que se salga.

36 Lembrem-se: Não metas, nem deixes que te metam nada nos ouvidos.

37

38 Dr. Jose María Blanco Jiménez Dra. María de la Nieves Rivadesella Almonte. Instituto Canario del Oído y del Equilibrio. General Vives Palmas de Gran Canaria de Agosto de 2010


Carregar ppt "O ouvido começa de fora para dentro, com a orelha e o pavilhão. Depois seguem-se o canal auditivo, um tubo recoberto por uma pele muito fina, apoiada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google