A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professor Renato Santos. Quem sou eu? Vagão da Terceira Classe – Daumier - 1864.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professor Renato Santos. Quem sou eu? Vagão da Terceira Classe – Daumier - 1864."— Transcrição da apresentação:

1 Professor Renato Santos

2 Quem sou eu? Vagão da Terceira Classe – Daumier

3 O Movimento Literário Realismo Brasileiro

4 O Movimento Literário Realismo Brasileiro - Movimento de intensa crítica social; - Artistas observadores e objetivos; - Adultério; - Crítica à burguesia; - Cientificismo; - Instrumento de denúncia social. Acima temos a pintura "Jo" de Gustave Coubert, que retrata uma mulher de acordo com os padrões Realistas, ou seja, com nitidez na imagem e precisão nos contornos. Esse tipo de pintura busca retratar o mundo de maneira real, sem idealizações.

5 Maior escritor brasileiro de todos os tempos, Joaquim Maria Machado de Assis ( ) era um mestiço de origem humílima, filho de um mulato e de um lavadeira portuguesa. Moleque de morro, magro, franzino e doentio, o maior escritor brasileiro se fez sozinho, adquirindo a sua vasta e espantosa cultura de forma inteiramente autoditada. Machado de Assis - vida

6 Machado de Assis - Estilo Eo de Assis escreveu romances, crônicas, poesias, peças de teatro e muitos artigos de jornais. A sua obra é dividida em duas fases distintas: a primeira fase - romântica, é caracterizada por apresentar alguns traços das escola Romântica; já a segunda fase - realista, revela um escritor totalmente envolvido com os ideais Realistas.

7 Dom Casmurro - Enredo Dom Casmurro foi publicado em 1900 e é um dos romances mais conhecidos de Machado. "Não consultes dicionários, Casmurro não está aqui no sentido que eles lhe dão, mas no que lhe pôs o vulgo de homem calado e metido consigo. Dom veio por ironia, para atribuir-me fumos de fidalgo"

8 Dom Casmurro - Enredo Narra em primeira pessoa a estória de Bentinho que, por circunstância várias, vai se fechando em si mesmo e passa a ser conhecido como Dom Casmurro. Sua estória é a seguinte: Órfão de pai, criado com desvelo pela mãe (D. Glória), protegido do mundo pelo círculo doméstico e familiar (tia Justina, tio Cosme, José Dias), Bentinho é destinado à vida sacerdotal, em cumprimento a uma antiga promessa de sua mãe.

9 Dom Casmurro - Enredo A vida do seminário, no entanto, não o atrai, já o namoro com Capitu, filha dos vizinhos. Apesar de comprometido pela promessa, também D. Glória sofre com a idéia de separar-se do filho único, interno no seminário. Por expediente de José Dias, o agregado da família, Bentinho abandona o seminário e, em seu lugar, ordena-se um escravo.

10 Dom Casmurro - Enredo Correm os anos e com eles o amor de Bentinho e Capitu. Entre o namoro e o casamento, Bentinho se forma em Direito e estreita a sua amizade com um ex-colega de seminário, Escobar, que acaba se casando com Sancha, amiga de Capitu. Do casamento de Bentinho e Capitu nasce Ezequiel. Escobar morre e, durante seu enterro, Bentinho julga estranha a forma qual Capitu contempla o cadáver. A partir daí, os ciúmes vão aumentando e precipita-se a crise.

11 Dom Casmurro - Enredo A medida que cresce, Ezequiel se torna cada vez mais parecido com Escobar. Bentinho muito ciumento, chega a planejar o assassinato da esposa e do filho, seguido pelo seu suicídio, mas não tem coragem. A tragédia dilui-se na separação do casal. Capitu viaja com o filho para a Europa, onde morre anos depois. Ezequiel, já moço, volta ao Brasil para visitar o pai, que apenas constata a semelhança entre e antigo colega de seminário.

12 Dom Casmurro - Enredo Narra em primeira pessoa a estória de Bentinho que, por circunstância várias, vai se fechando em si mesmo e passa a ser conhecido como Dom Casmurro. Sua estória é a seguinte: Ezequiel volta a viajar e morre no estrangeiro. Bentinho, cada vez mais fechado em usas dúvidas, passa a ser chamado de casmurro pelos amigos e vizinhos e põe-se a escrever de sua vida (o romance).

13 Dom Casmurro - Observações - Intertextualidade; - Otelo - William Shakespeare; - Capitu – mulher “safa” - Crítica ao catolicismo.


Carregar ppt "Professor Renato Santos. Quem sou eu? Vagão da Terceira Classe – Daumier - 1864."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google