A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANÁLISE LITERÁRIA Memórias de um Sargento de Milícias Meu Nome não é Johnny.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANÁLISE LITERÁRIA Memórias de um Sargento de Milícias Meu Nome não é Johnny."— Transcrição da apresentação:

1 ANÁLISE LITERÁRIA Memórias de um Sargento de Milícias Meu Nome não é Johnny

2 Meu nome não é Johnny Título: Meu Nome Não é Johnny Gênero: Drama Direção: Mauro Lima Ano de Lançamento: 2008 Produção: Brasileira

3 CONTEXTO HISTÓRICO SÉCULO XX(década de 80): SÉCULO XX(década de 80): Crise dos valores morais; Crise dos valores morais; Sociedade de consumo; Sociedade de consumo; Avanço da criminalidade; Avanço da criminalidade; Conflitos mundiais (crise do petróleo) Conflitos mundiais (crise do petróleo)

4 PERSONAGENS -João Guilherme Estrella -Sofia -Mãe de João -Laura -Dona Marly -Alex -Pai de João -Juíza

5 ENREDO Baseado em fatos reais o filme Meu nome não é Johnny apresenta a história de João Guilherme Estrella, que nasceu em uma família de classe média do Rio de Janeiro. Filho de um diretor do extinto Banco Nacional, ele cresceu no Jardim Botânico e frequentou os melhores colégios, tendo amigos entre as famílias mais influentes da cidade. Baseado em fatos reais o filme Meu nome não é Johnny apresenta a história de João Guilherme Estrella, que nasceu em uma família de classe média do Rio de Janeiro. Filho de um diretor do extinto Banco Nacional, ele cresceu no Jardim Botânico e frequentou os melhores colégios, tendo amigos entre as famílias mais influentes da cidade. Carismático e popular, João viveu intensamente os anos 80 e 90. Neste período, ele conheceu o universo das drogas, mesmo sem jamais pisar numa favela. Logo tornou-se o maior vendedor de drogas do Rio de Janeiro, sendo preso em Carismático e popular, João viveu intensamente os anos 80 e 90. Neste período, ele conheceu o universo das drogas, mesmo sem jamais pisar numa favela. Logo tornou-se o maior vendedor de drogas do Rio de Janeiro, sendo preso em 1995.

6 TEMÁTICA Crise dos valores morais; Crise dos valores morais; Imediatismo (vencer rapidamente e a qualquer custo); Imediatismo (vencer rapidamente e a qualquer custo); Drogas ( impotência da sociedade diante do maior mal do homem contemporâneo); Drogas ( impotência da sociedade diante do maior mal do homem contemporâneo); O jeitinho brasileiro (malandragem); O jeitinho brasileiro (malandragem);

7 Memórias de um sargento de milícias Obra: Memórias de um sargento de milícias Obra: Memórias de um sargento de milícias Autor: Manuel Antônio de Almeida Autor: Manuel Antônio de Almeida Publicação: 1854 Publicação: 1854 Escola Literária: Romantismo Escola Literária: Romantismo

8 Contexto Histórico A narrativa se passa no início do séc.XIX: Época de Dom João VI (família real portuguesa no Brasil); Época de Dom João VI (família real portuguesa no Brasil); Início da organização social do Brasil; Início da organização social do Brasil; Ascensão da burguesia; Ascensão da burguesia; Formação de uma identidade Formação de uma identidade brasileira brasileira

9 Personagens Leonardo (filho); Leonardo (filho); Leonardo-Pataca (pai de Leonardo); Leonardo-Pataca (pai de Leonardo); Maria-da-Hortaliça (mãe de Leonardo); Maria-da-Hortaliça (mãe de Leonardo); Padrinho de Leonardo (barbeiro) Padrinho de Leonardo (barbeiro) Luisinha (amor de Leonardo); Luisinha (amor de Leonardo); José Manuel (rival de Leonardo); José Manuel (rival de Leonardo); Vidinha (segundo amor de Leonardo); Vidinha (segundo amor de Leonardo); Major Vidigal (policial severo e punidor); Major Vidigal (policial severo e punidor); Maria-Regalada (antigo amor de Vidigal); Maria-Regalada (antigo amor de Vidigal);

10 ENREDO Em uma viagem de navio, Leonardo-Pataca conhece Maria-da- Hortaliça. Na viagem, os dois se apaixonam, por meio de uma pisadela e um beliscão. Desse relacionamento nasce um filho: Leonardo. Anos depois, Leonardo-Pataca descobre que Maria o está traindo. Eles brigam e Maria foge de casa com o capitão de um navio. Com a separação, Leonardo-Pataca sai de casa e leva seu filho para ser criado pelo padrinho. O padrinho de Leonardo queria que o mesmo fosse padre, mas o menino não tinha a menor vocação, ao contrário, ele era muito travesso. O tempo passa e Leonardo se torna um típico malandro carioca: não possuía emprego e ficava vadiando. Porém, a sua vida muda quando conhece Luisinha. Ele se apaixona por Luisinha, porém tem um rival, José Manuel, que está interessado na herança da moça. Em uma viagem de navio, Leonardo-Pataca conhece Maria-da- Hortaliça. Na viagem, os dois se apaixonam, por meio de uma pisadela e um beliscão. Desse relacionamento nasce um filho: Leonardo. Anos depois, Leonardo-Pataca descobre que Maria o está traindo. Eles brigam e Maria foge de casa com o capitão de um navio. Com a separação, Leonardo-Pataca sai de casa e leva seu filho para ser criado pelo padrinho. O padrinho de Leonardo queria que o mesmo fosse padre, mas o menino não tinha a menor vocação, ao contrário, ele era muito travesso. O tempo passa e Leonardo se torna um típico malandro carioca: não possuía emprego e ficava vadiando. Porém, a sua vida muda quando conhece Luisinha. Ele se apaixona por Luisinha, porém tem um rival, José Manuel, que está interessado na herança da moça. Entretanto, o padrinho de Leonardo morre e ele tem que voltar a viver com o pai. Eles brigam e Leonardo vai viver com um amigo em uma casa bastante agitada. Acaba se apaixonando por Vidinha e o amor é recíproco. Entretanto, o padrinho de Leonardo morre e ele tem que voltar a viver com o pai. Eles brigam e Leonardo vai viver com um amigo em uma casa bastante agitada. Acaba se apaixonando por Vidinha e o amor é recíproco.

11 ENREDO (continuação) Leonardo é acusado de vadiagem. Vidigal prende Leonardo. Mas, no caminho até a casa de guarda, ele consegue fugir.Leonardo arruma um emprego na Ucharia Real. Dessa forma, Vidigal não poderia prendê-lo. Mas ele se envolve com a mulher do "toma-largura" e é demitido e preso. José Manuel e Luisinha se casam. Vidinha, com ciúmes de Leonardo, vai tomar satisfações com a mulher do "toma-largura". Mas, o que acaba acontecendo, é que o "toma-largura" se interessa por Vidinha. Por saber muito sobre a vida marginal, Leonardo acaba virando policial (granadeiro). Porém, pelo seu gosto por travessuras, acaba protegendo e ajudando os bandidos. Vidigal o prende. A comadre (madrinha), em desespero, tenta de todas as formas conseguir a liberdade de Leonardo, mas não a obtém até conhecer Maria-Regalada, velho amor de Vidigal. Juntas, não só conseguem a libertação de Leonardo, como sua promoção a sargento. Com a morte de José Manuel, Luisinha, agora viúva, se casa com Leonardo e tudo termina em um final feliz. Leonardo é acusado de vadiagem. Vidigal prende Leonardo. Mas, no caminho até a casa de guarda, ele consegue fugir.Leonardo arruma um emprego na Ucharia Real. Dessa forma, Vidigal não poderia prendê-lo. Mas ele se envolve com a mulher do "toma-largura" e é demitido e preso. José Manuel e Luisinha se casam. Vidinha, com ciúmes de Leonardo, vai tomar satisfações com a mulher do "toma-largura". Mas, o que acaba acontecendo, é que o "toma-largura" se interessa por Vidinha. Por saber muito sobre a vida marginal, Leonardo acaba virando policial (granadeiro). Porém, pelo seu gosto por travessuras, acaba protegendo e ajudando os bandidos. Vidigal o prende. A comadre (madrinha), em desespero, tenta de todas as formas conseguir a liberdade de Leonardo, mas não a obtém até conhecer Maria-Regalada, velho amor de Vidigal. Juntas, não só conseguem a libertação de Leonardo, como sua promoção a sargento. Com a morte de José Manuel, Luisinha, agora viúva, se casa com Leonardo e tudo termina em um final feliz.

12 Escola Literária Romantismo (1836/1880 no Brasil): Romantismo (1836/1880 no Brasil): Apesar de pertencer ao Romantismo, mantém desse estilo de época apenas o final feliz, já que não carrega no sentimentalismo e muito menos no nacionalismo; a mulher não é idealizada e o herói não é um virtuoso. Apesar de pertencer ao Romantismo, mantém desse estilo de época apenas o final feliz, já que não carrega no sentimentalismo e muito menos no nacionalismo; a mulher não é idealizada e o herói não é um virtuoso. Traz algumas características que farão parte da próxima escola literária, o Realismo: critica à sociedade burguesa, personagens comuns, crítica aos costumes (alguns críticos definem a obra como de transição entre as duas escolas literárias). Traz algumas características que farão parte da próxima escola literária, o Realismo: critica à sociedade burguesa, personagens comuns, crítica aos costumes (alguns críticos definem a obra como de transição entre as duas escolas literárias).

13 Temática O anti-herói brasileiro (precursor de Macunaíma); O anti-herói brasileiro (precursor de Macunaíma); Inversão dos valores morais; Inversão dos valores morais; O dar-se bem a qualquer custo; O dar-se bem a qualquer custo; A malandragem (ícone que seduz); A malandragem (ícone que seduz);

14 INTERTEXTUALIDADE Inversão de Valores; Inversão de Valores; O anti-herói; O anti-herói; O declínio social; O declínio social; Sociedade consumista. Sociedade consumista.


Carregar ppt "ANÁLISE LITERÁRIA Memórias de um Sargento de Milícias Meu Nome não é Johnny."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google