A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SENHORA José de Alencar Romantismo Obra datada de 1875.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SENHORA José de Alencar Romantismo Obra datada de 1875."— Transcrição da apresentação:

1 SENHORA José de Alencar Romantismo Obra datada de 1875

2 O AUTOR: JOSÉ DE ALENCAR NASCEU EM 89 E FALECEU EM 1877 NASCEU EM 89 E FALECEU EM 1877 FOI POETA, ROMANCISTA E DRAMATURGO FOI POETA, ROMANCISTA E DRAMATURGO CRÍTICO, JORNALISTA, POLÍTICO CRÍTICO, JORNALISTA, POLÍTICO DESCENDE DE FAMÍLIA RICA E TRADICIONAL DESCENDE DE FAMÍLIA RICA E TRADICIONAL PERTENCE AO PERÍODO DO ROMANTISMO NA LITERATURA BRASILEIRA PERTENCE AO PERÍODO DO ROMANTISMO NA LITERATURA BRASILEIRA DEFENDE UM CARÁTER BRASILEIRO PARA A LÍNGUA PORTUGUESA, DAÍ O NACIONALISMO DEFENDE UM CARÁTER BRASILEIRO PARA A LÍNGUA PORTUGUESA, DAÍ O NACIONALISMO SENHORA SITUA-SE ENTRE OS ROMANCES CHAMADOS DE PERFIS FEMININOS SENHORA SITUA-SE ENTRE OS ROMANCES CHAMADOS DE PERFIS FEMININOS

3

4 SENHORA A NARRATIVA DIVIDE-SE EM QUATRO PARTES, COMO SE FOSSE UMA TRANSAÇÃO COMERCIAL: A NARRATIVA DIVIDE-SE EM QUATRO PARTES, COMO SE FOSSE UMA TRANSAÇÃO COMERCIAL: 1ª - O PREÇO 1ª - O PREÇO 2ª - QUITAÇÃO 2ª - QUITAÇÃO 3ª - POSSE 3ª - POSSE 4ª - O RESGATE 4ª - O RESGATE

5 PRIMEIRA PARTE: O PREÇO AURÉLIA CAMARGO NA SOCIEDADE AURÉLIA CAMARGO NA SOCIEDADE FERNANDO SEIXAS, UM JOVEM INDOLENTE E BOM VIVANT FERNANDO SEIXAS, UM JOVEM INDOLENTE E BOM VIVANT AURÉLIA COMPRA FERNANDO, MAS O FAZ DE FORMA MEIO MISTERIOSA AURÉLIA COMPRA FERNANDO, MAS O FAZ DE FORMA MEIO MISTERIOSA FERNANDO ACEITA O DOTE E PEDE UM ADIANTAMENTO FERNANDO ACEITA O DOTE E PEDE UM ADIANTAMENTO O CASAMENTO O CASAMENTO A CARACTERIZAÇÃO DA MULHER TRAÍDA E DO HOMEM VENDIDO. A CARACTERIZAÇÃO DA MULHER TRAÍDA E DO HOMEM VENDIDO.

6 SEGUNDA PARTE: A QUITAÇÃO INÍCIO DO FLASH-BACK INÍCIO DO FLASH-BACK OS PAIS DE AURÉLIA: EMÍLIA E PEDRO CAMARGO OS PAIS DE AURÉLIA: EMÍLIA E PEDRO CAMARGO OS PRECONCEITOS CRIANDO EXCLUSÕES OS PRECONCEITOS CRIANDO EXCLUSÕES O APARECER À JANELA O APARECER À JANELA O NOIVADO DE FERNANDO COM AURÉLIA O NOIVADO DE FERNANDO COM AURÉLIA O ABANDONO O ABANDONO NOTÍCIAS DO NOIVADO COM ADELAIDE AMARAL NOTÍCIAS DO NOIVADO COM ADELAIDE AMARAL DE MOÇA POBRE E SOZINHA À RIQUEZA E À SOCIEDADE DE MOÇA POBRE E SOZINHA À RIQUEZA E À SOCIEDADE

7 TERCEIRA PARTE: A POSSE A NOITE DE NÚPCIAS A NOITE DE NÚPCIAS O CASTIGO DE AURÉLIA O CASTIGO DE AURÉLIA A MULHER APAIXONADA A MULHER APAIXONADA O ORGULHO E A REAÇÃO DE FERNANDO O ORGULHO E A REAÇÃO DE FERNANDO DUPLO PAPEL: EM PÚBLICO - UM CASAL FELIZ, NA INTIMIDADE – DOR E SOFRIMENTO DUPLO PAPEL: EM PÚBLICO - UM CASAL FELIZ, NA INTIMIDADE – DOR E SOFRIMENTO AS HUMILHAÇÕES QUE FERNANDO SOFRE AS HUMILHAÇÕES QUE FERNANDO SOFRE

8 QUARTA PARTE – O RESGATE INTENSIDADE DOS CAPRICHOS E CONTRADIÇÕES DE AURÉLIA INTENSIDADE DOS CAPRICHOS E CONTRADIÇÕES DE AURÉLIA A TRANSFORMAÇÃO DE FERNANDO A TRANSFORMAÇÃO DE FERNANDO DE MOÇO LEVIANO À DIGNIDADE DE CARÁTER DE MOÇO LEVIANO À DIGNIDADE DE CARÁTER FERNANDO NEGOCIA SEU RESGATE FERNANDO NEGOCIA SEU RESGATE A ESPOSA TRAÍDA E O MARIDO COMPRADO SE REENCONTRAM AMANTES A ESPOSA TRAÍDA E O MARIDO COMPRADO SE REENCONTRAM AMANTES

9 O NARRADOR TRATA-SE DE UM NARRADOR-OBSERVADOR E ONISCIENTE TRATA-SE DE UM NARRADOR-OBSERVADOR E ONISCIENTE OBSERVAÇÃO DOS DETALHES EXTERIORES OBSERVAÇÃO DOS DETALHES EXTERIORES PSICOLOGIA DAS PERSONAGENS: MISTURA DO ROMANESCO COM A REALIDADE PSICOLOGIA DAS PERSONAGENS: MISTURA DO ROMANESCO COM A REALIDADE ROMANCE CONTEXTUALIZADO NO MUNDO CAPITALISTA BURGUÊS: A QUESTÃO DO DINHEIRO, DA NECESSIDADE DE SUBIR NA VIDA EM OPOSIÇÃO AO IDEAL DA REALIZAÇÃO AMOROSA ROMANCE CONTEXTUALIZADO NO MUNDO CAPITALISTA BURGUÊS: A QUESTÃO DO DINHEIRO, DA NECESSIDADE DE SUBIR NA VIDA EM OPOSIÇÃO AO IDEAL DA REALIZAÇÃO AMOROSA CONTRADIÇÃO ENTRE ANJO E DEMÔNIO NA DESCRIÇÃO DE AURÉLIA CONTRADIÇÃO ENTRE ANJO E DEMÔNIO NA DESCRIÇÃO DE AURÉLIA A INDOLÊNCIA, O COMODISMO, A POSTURA ARISTOCRÁTICA DE FERNANDO A INDOLÊNCIA, O COMODISMO, A POSTURA ARISTOCRÁTICA DE FERNANDO ELEMENTOS ROMÂNTICOS COMBINADOS COM ELEMENTOS REALISTAS ELEMENTOS ROMÂNTICOS COMBINADOS COM ELEMENTOS REALISTAS A DESCRIÇÃO DOS COSTUMES E MINÚCIAS NOS TRAJES A DESCRIÇÃO DOS COSTUMES E MINÚCIAS NOS TRAJES

10 PERSONAGENS PRINCIPAIS FERNANDO E AURÉLIA E O CASAMENTO DE CONVENIÊNCIA FERNANDO E AURÉLIA E O CASAMENTO DE CONVENIÊNCIA AURÉLIA: MISTURA DE ANJO E DEMÔNIO, DE BONDADE E DE MALDADE AURÉLIA: MISTURA DE ANJO E DEMÔNIO, DE BONDADE E DE MALDADE AURÉLIA: HORROR AO INTERESSE FINANCEIRO MAS USA O DINHEIRO PARA VINGAR-SE AURÉLIA: HORROR AO INTERESSE FINANCEIRO MAS USA O DINHEIRO PARA VINGAR-SE O PODER REGENERADOR DO SENTIMENTO AMOROSO O PODER REGENERADOR DO SENTIMENTO AMOROSO FERNANDO REGENERADO: FRUTO DA SOCIEDADE FERNANDO REGENERADO: FRUTO DA SOCIEDADE

11 PERSONAGENS SECUNDÁRIOS LEMOS: TUTOR, É UM PELINTRA E INTERESSEIRO (TEM UM AR DE PIPOCA) LEMOS: TUTOR, É UM PELINTRA E INTERESSEIRO (TEM UM AR DE PIPOCA) O AVÔ LOURENÇO CAMARGO É UM FAZENDEIRO RUDE, MAS CORRETO O AVÔ LOURENÇO CAMARGO É UM FAZENDEIRO RUDE, MAS CORRETO DONA FIRMINA: DAMA DE COMPANHIA DE AURÉLIA, GORDA E DOMINADA POR AURÉLIA DONA FIRMINA: DAMA DE COMPANHIA DE AURÉLIA, GORDA E DOMINADA POR AURÉLIA EMÍLIA: MÃE DE AURÉLIA, PERSONAGEM COM CARACTERÍSTICAS ULTRA-ROMÂNTICAS, ABANDONA TUDO POR AMOR E NADA EXIGE EMÍLIA: MÃE DE AURÉLIA, PERSONAGEM COM CARACTERÍSTICAS ULTRA-ROMÂNTICAS, ABANDONA TUDO POR AMOR E NADA EXIGE O AMIGO TORQUATO, QUE APÓIA AURÉLIA NOS TEMPOS DE POBREZA O AMIGO TORQUATO, QUE APÓIA AURÉLIA NOS TEMPOS DE POBREZA EDUARDO ABREU, MOÇO RICO E APAIXONADO POR AURÉLIA DESDE OS TEMPOS DE POBREZA EDUARDO ABREU, MOÇO RICO E APAIXONADO POR AURÉLIA DESDE OS TEMPOS DE POBREZA

12 COMPARAÇÃO ENTRE PERSONAGENS PRINCIPAIS E SECUNDÁRIOS ENQUANTO OS PERSONAGENS PRINCIPAIS TÊM CUNHO UNIVERSALISTA, OS PERSONAGENS SECUNDÁRIOS APRESENTAM COR LOCAL ENQUANTO OS PERSONAGENS PRINCIPAIS TÊM CUNHO UNIVERSALISTA, OS PERSONAGENS SECUNDÁRIOS APRESENTAM COR LOCAL COM OS PERSONAGENS SECUNDÁRIOS SE TEM UM RETRATO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DA ÉPOCA: COM OS PERSONAGENS SECUNDÁRIOS SE TEM UM RETRATO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DA ÉPOCA: A DEGRADAÇÃO TRANSFORMADA EM COISAS DA VIDA, A DIALÉTICA MORAL DO DINHEIRO COMPRA MARIDO, MAS NÃO AFETA O RICO FAZENDEIRO, AS MÃES BURGUESAS, AS REGRAS DO FAVOR A DEGRADAÇÃO TRANSFORMADA EM COISAS DA VIDA, A DIALÉTICA MORAL DO DINHEIRO COMPRA MARIDO, MAS NÃO AFETA O RICO FAZENDEIRO, AS MÃES BURGUESAS, AS REGRAS DO FAVOR A CÓPIA DO MODELO EUROPEU SEGUNDO A MANEIRA DO EUROPEU, GERANDO AS DISSONÂNCIAS ENTRE O COSMOPOLITISMO E O LOCALISMO A CÓPIA DO MODELO EUROPEU SEGUNDO A MANEIRA DO EUROPEU, GERANDO AS DISSONÂNCIAS ENTRE O COSMOPOLITISMO E O LOCALISMO ATRAVÉS DAS PERSONAGENS SECUNDÁRIAS, A SOCIEDADE BRASILEIRA SE REVELA EM SUAS ATITUDES DE COLONIZADA ATRAVÉS DAS PERSONAGENS SECUNDÁRIAS, A SOCIEDADE BRASILEIRA SE REVELA EM SUAS ATITUDES DE COLONIZADA

13 LEIA E APAIXONE-SE BOAS LEITURAS


Carregar ppt "SENHORA José de Alencar Romantismo Obra datada de 1875."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google