A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANTECEDENTES HISTÓRICOS Estudos de administração se desenvolveram a partir do séc. XX. No séc. XIX as organizações eram poucas e pequenas. Apesar do trabalho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANTECEDENTES HISTÓRICOS Estudos de administração se desenvolveram a partir do séc. XX. No séc. XIX as organizações eram poucas e pequenas. Apesar do trabalho."— Transcrição da apresentação:

1 ANTECEDENTES HISTÓRICOS Estudos de administração se desenvolveram a partir do séc. XX. No séc. XIX as organizações eram poucas e pequenas. Apesar do trabalho sempre ter existido na história da humanidade, a história das organizações e de sua administração é um capítulo que teve início a pouco tempo.

2 1.INFLUÊNCIA DOS FILÓSOFOS SÓCRATES (470a.c – 399a.c) : Expõe seu ponto de vista sobre a Administração como uma habilidade pessoal separada do conhecimento técnico e da experiência. Sobre qualquer coisa que um homem possa presidir, ele será capaz de provê-lo, um bom presidente, quer tenha a direção de um coro, uma família uma cidade ou um exército.

3 PLATÃO (429a.c – 347a.c) : Analisou os problemas políticos e sociais decorrentes do desenvolvimento social e cultural do povo grego. Na sua obra REPÚBLICA, expõe a forma democrática de governo e de administração dos negócios públicos.

4 ARISTÓTELES (384a.c – 322a.c) : Deu o impulso inicial à Filosofia, metafísica, lógica e ciências naturais, abrindo perspectivas do conhecimento humano. Distingue três formas de administração pública Monarquia ou governo de um só ( tirania) Aristrocracia ou governo de uma elite ( oligarquia) Demorcacia ou governo do povo ( anarquia )

5 FRANCIS BACON (1561 – 1626) : Princípio da prevalência do essencial sobre o acessório, separando-se o que é essencial do que é acidental ou acessório. RENE DESCARTES ( 1596 – 1650): Considerado o fundador da Filosofia Moderna, criou as coordenadas cartesianas e deu impulso à Matemática e à geometria da época.

6 RENE DESCARTES ( 1596 – 1650): Descreve seu método filosófico denominado método cartesiano, cujos princípios são: Princípio da Dúvida Sistemática ou da evidência. Princípio da análise e decomposição. Princípio da síntese ou da composição. Princípio da enumeração ou verificação.

7 THOMAS HOBBES (1588 – 1679) : Defende o governo absoluto em função de sua visão pessimista da humanidade. Na ausência do governo, os indivíduos tendem a viver em guerra permanente e conflito interminável para obtenção de meios de subsistência.

8 JEAN- JACQUES ROUSSEAU (429a.c – 347a.c): Desenvolve a teoria do contrato social; CONTRATO SOCIAL é uma acordo entre os membros de uma sociedade pelo qual reconhecem a autoridade igual sobre todos de um regime político, governante ou de um conjunto de regras.

9 KARL MARX (1818 – 1883) E FRIEDRICH ENGEL (1820 –1895) Propõem uma teoria da origem econômica do Estado. O poder político e do Estado é fruto da dominação econômica do homem pelo homem. Afirma que os fenômenos históricos são o produto das relações econômicas entre os homens. O Marxismo foi a primeira ideologia a afirmar o estudo das leis objetivas do desenvolvimento econômico da sociedade.

10 2. INFLUÊNCIA DA ORGANIZAÇÃO DA IGREJA CATÓLICA Estruturou sua organização, com uma hierarquia de autoridade, um estado-maior ( assessoria) e a coordenação funcional para assegurar a integração. Ex.: O Papa tem autoridade divina A estrutura da organização eclesiástica serviu de modelo para as organizações, através de seus princípios e normas administrativas.

11 3. INFLUÊNCIA DA ORGANIZAÇÃO MILITAR O Princípio da unidade de comando – Organização Linear – cada subordinado pode ter um superior; Princípio da Escala Hierárquica Centralização do comando e descentralização da execução. Conceito de estado-maior (staff) para assessorar o comando (linha) militar.

12 4. INFLUÊNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Provocou profundas e rápidas mudanças pela ordem econômica, política e social. 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL 1ª Fase: mecanização da indústria e da agricultura; 2ª Fase: aplicação da força motriz `indústria; 3ª Fase: desenvolvimento do sistema fabril; 4ª Fase: desenvolvimento de transporte e comunicação.

13 4. INFLUÊNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL - 2ª Fase ( 1860 – 1914) Substituição do ferro pelo aço e do vapor pela eletricidade e derivados do petróleo; Desenvolvimento de máquinas automáticas e da especialização do trabalhador. Crescente domínio da indústria pela ciência. Transformações radicais nos transportes e nas comunicações ( melhoria da vias férreas, surgimento do automóvel – modelo T, do pneu de do avião)

14 4. INFLUÊNCIA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL - 2ª Fase (1860 – 1914) Desenvolvimento de novas formas de organizações capitalistas, com acúmulo de capital, separação de propriedade particular e direção das empresas, aparecimento deholding companies. O intenso fenômeno da maquinização das oficinas provocou fusões de pequenas oficinas – que aos poucos foram crescendo e se transformando em fábrica.

15 5. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS Os direitos econômicos humanos são inalienáveis e existe uma harmonia preestabelecida em toda a coletividade de indivíduos. A vida econômica deve afastar-se da influência estatal, uma vez que o trabalho segue os princípios econômicos e a mão-de-obra está sujeita às mesmas leis da economia que regem o mercado de matérias-primas ou o comércio.

16 5. INFLUÊNCIA DOS ECONOMISTAS LIBERAIS Adam Smith ( 1723 –1790) Fundador da economia Clássica Idéia central : competição. – Enfatiza a necessidade de racionalizar a produção. Os mercados em que vigora a competição funcionam espontaneamente de modo a garantir ( por algum mecanismo abstrato) a alocução de recursos e da produção, sem que haja excesso de lucros.

17 5. INFLUÊNCIA DOS PIONEIROS E EMPREENDEDORES Surgimento: Grandes conglomerados industriais; Gerentes profissionais; Empresa integrada e multidepartamental; Organizadores de estruturas empresariais; Era da Competição : Aprofundamento e disseminação do conhecimento tecnológico; Livre comércio;

18 5. INFLUÊNCIA DOS PIONEIROS E EMPREENDEDORES Era da Competição : Aumento da capacidade de investimento de capital e a elevação dos níveis de ponto de equilíbrio; Rapidez do ritmo de mudança tecnológica que pode tornar absoleto um produto ou reduzir drasticamente seus custos de produção. Crescimento dos negócios e das empresas.


Carregar ppt "ANTECEDENTES HISTÓRICOS Estudos de administração se desenvolveram a partir do séc. XX. No séc. XIX as organizações eram poucas e pequenas. Apesar do trabalho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google