A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Boletim n o. 4 FAZENDO A HISTÓRIA Em nosso livro “Transcomunicação Instrumental, Contatos com o Além por Vias técnicas” (Ed.FE, 1995) levantamos um retrospecto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Boletim n o. 4 FAZENDO A HISTÓRIA Em nosso livro “Transcomunicação Instrumental, Contatos com o Além por Vias técnicas” (Ed.FE, 1995) levantamos um retrospecto."— Transcrição da apresentação:

1 Boletim n o. 4 FAZENDO A HISTÓRIA Em nosso livro “Transcomunicação Instrumental, Contatos com o Além por Vias técnicas” (Ed.FE, 1995) levantamos um retrospecto acerca das tentativas de contatos com o Outro Lado por aparelhos. Falamos do pioneiríssimo e brasileiro Dr. Roberto Landell de Moura, possivelmente o mais antigo pesquisador dessa possibilidade, e na seqüência falamos da criação de Augusto Cambraia, dos incríveis telefonemas de D’Argonnel e assim por adiante. Mas nada supera os relatos desse último. Entre os anos de 1917 e 1925 ele recebeu centenas de telefonemas – e imaginamos o espanto de descaso de seus contemporâneos. Devem tê-lo tido como maluco, para dizer o mínimo. APRESENTAÇÃO Em nosso boletim anterior narramos sobre os atuais telefonemas que realizamos de contatos com o Alem. Naquela oportunidade, contamos sobre a experiência gravada com Jesus Millan, falando de Barcelona, Espanha, e algumas curiosas ocorrências. A técnica que usamos é inovadora, mas o uso do telefone não é inédito. Para nosso orgulho, foi um brasileiro, Oscar D´Argonnel, quem primeiro falou com o Outro Lado pelo telefone, nos idos do anos vinte. Hoje presenteamos nossos Leitores com essa obra magnífica, que disponibilizamos graças à dedicação do colega Silvio Cesar Mello, que cuidadosamente escaneou e organizou a obra. Um privilégio para o nosso país contar com um pesquisador ousado como o carioca D´Argonnel... e um privilégio para o nosso Leitor que poderá compartilhar dessa raridade histórica. Um forte abraço de Sonia Rinaldi IPATI Instituto de Pesquisas Avançadas em Transcomunicação Instrumental UMA RARIDADE, um presente. A qualidade dessa obra é notável, tanto pelo conteúdo, quanto pela coragem de seu autor, em publicar no ano de 1925, notícias de que recebia telefonemas do Alem. Para nós, trasncomunicadores fica evidenciado que ocorreu uma nítida evolução de lá para cá, sobretudo porque naqueles primórdios era indispensável a cooperação de bioenergia (um médium doador), e conforme estabelecido pelos Comunicantes, isso foi pouco a pouco se fazendo desnecessário, garantindo a liberdade que os Comunicantes precisam para avançar nesse intercâmbio, sem depender do ser humano, o que, segundo eles, seria um entrave significativo para eles.

2 ALMA DE PESQUISADOR D´Argonnel era extremamente exigente se isso torna sua obra ainda mais valiosa. Surpreendente para sua época, até o nome de seu grupo era “Grupo de Espiritismo Experimental”... indicando a que vinha. Não tem nenhum teor religioso e se limita a narrar os notáveis contatos que recebia, sobretudo de seu principal comunicante, Padre Manoel. OS TELEFONEMAS DE HOJE EM DIA: Naquele período os telefonemas eram RECEBIDOS. Pelo que narra o livro, a qualidade era suficientemente boa para ser ouvida por qualquer pessoa presente. A grande diferença com o sistema que criamos é que, no nosso caso, não RECEBEMOS os telefonemas mas disponibilizamos o aparelho telefônico para os Amigos do Outro Lado entrarem e participarem. Digamos que, de uma certa forma, no nosso caso, nós FAZEMOS a conexão...e não a recebemos. Essa técnica nasceu da vontade de auxiliar pessoas distantes de São Paulo, que sofriam pela perda de alguém, e assim gravamos com pais que perderam filhos falando de Fortaleza, Brasília, Porto Alegre etc... Desde então já registramos mais de 400 telefonemas, devidamente gravados e documentados no computador. A técnica é simples e acessível a qualquer pessoa.Você, leitor, também pode gravar com o Alem pelo telefone! É mais simples do que imagina. Detalhamento dessa técnica está em nosso livro “Gravando Vozes do Alem” PARA FAZER O DOWNLOAD DO LIVRO DOWNLOAD DO LIVRO: Vá em... O livro será aberto em seu seu navegador, podendo ser salvo clicando no ícone do disquete, na barra de ferramentas do arquivo. Se o seu navegador não for capaz de abrir arquivos PDF, surgirá uma caixa de diálogo perguntando se você deseja salvar o arquivo. Clique em “SALVAR” e escolha o local de destino.


Carregar ppt "Boletim n o. 4 FAZENDO A HISTÓRIA Em nosso livro “Transcomunicação Instrumental, Contatos com o Além por Vias técnicas” (Ed.FE, 1995) levantamos um retrospecto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google