A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Página 1 Gerência de Projetos Wesley Peron Seno Introdução Engenharia de Software Gerência de Projetos – o que é?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Página 1 Gerência de Projetos Wesley Peron Seno Introdução Engenharia de Software Gerência de Projetos – o que é?"— Transcrição da apresentação:

1 Página 1 Gerência de Projetos Wesley Peron Seno Introdução Engenharia de Software Gerência de Projetos – o que é?

2 Página 2 Introdução Engenharia de Software – ES O que engenharia civil? ES – em busca de uma disciplina para desenvolvimento de sw. – combinação de métodos abrangentes para todas as fases de desenvolvimento de sw; – melhores ferramentas para automatizar esses métodos; – blocos de construção mais poderosos para a implementação do sw; – melhores técnicas para a garantia da qualidade do sw e uma filosofia de coordenação predominante; – controle e administração.

3 Página 3 Introdução Engenharia de Software – ES Abrange um conjunto de três elementos fundamentais: – Métodos; – Ferramentas; – Procedimentos.

4 Página 4 Introdução – Métodos; Proporcionam os detalhes de como fazer para construir um sw. Os métodos envolvem um amplo conjunto de tarefas que incluem: - Planejamento e estimativa de projeto - Análise de requisitos de sw e de sistemas - Projeto da estrutura de dados - Arquitetura do programa e algoritmo de processamento - Codificação - Teste e manutenção

5 Página 5 Introdução – Ferramentas; Proporcionam apoio automatizado ou semi-automatizado aos métodos. Quando as ferramentas são integradas de forma que a informação criada por uma ferramenta possa ser usada por outra, é estabelecido um sistemas de suporte ao desenvolvimento de sw chamado engenharia de software auxiliada por computador (CASE – Computer-Aided Software Engineering). O CASE combina software, hardware e um banco de dados de engenharia de sw (uma estrutura contendo importantes informações sobre análise, projeto, codificação e teste).

6 Página 6 Introdução – Procedimentos. Constituem o elo de ligação que mantém juntos os métodos e as ferramentas e possibilita o desenvolvimento racional e oportuno do sw de computador. Os procedimentos definem a sequência em que os métodos serão aplicados, os produtos que se exige que sejam entregues (documentos, relatórios, formulários etc.), os controles que ajudam a assegurar a qualidade e a coordenar as mudanças, e os marcos de referência que possibilitam aos gerentes de sw avaliar o processo.

7 Página 7 Introdução – Paradigmas de ES A ES compreende um conjunto de etapas que envolve métodos, ferramentas e os procedimentos. Essas etapas muitas vezes são citadas como paradigmas de engenharia de software. Um paradigma é escolhido tendo-se como base a natureza do projeto e da aplicação, os métodos e as ferramentas a serem usados, os controles e os produtos que precisam ser entregues.

8 Página 8 Introdução – Paradigmas de ES - Ciclo de Vida Clássico; Engenharia de Sistemas Análise de Requisitos ProjetoProjeto CodificaçãoCodificação TestesTestes ManutençãoManutenção

9 Página 9 Introdução – Paradigmas de ES - Prototipação; fim início construção produto refinamento protótipo avaliação protótipo construção protótipo projeto rápido obtenção dos requisitos

10 Página 10 Introdução – Paradigmas de ES - Modelo Espiral, também chamado de prototipação evolutiva; Planejamento Análise de Risco Engenharia Construção e Release Avaliação do Cliente Comunicação com o Cliente

11 Página 11 Introdução – Paradigmas de ES - Técnicas de Quarta Geração; Obtenção dos Requisitos Estratégia do Projeto Implementação usando 4GL Testes

12 Página 12 Introdução – O Processo de Gerência de Projetos A gerência de projetos é a primeira camada do processo de Engenharia de Software. É chamada camada, em vez de etapa ou atividade, porque ela abrange todo o processo de desenvolvimento, do começo ao fim. Ogerenciamento de projetos compreende atividades que envolvem: - Medição; - Estimativa; - Análise de erros; - Programação de atividades - Monitoração e controle.

13 Página 13 Introdução Planejar: estabelecer objetivos claros e detalhados que serão alcançados entre a situação atual e o objetivo final, juntamente com uma definição do trabalho necessário para alcançá-los Organizar: fazer o levantamento dos recursos necessários para por em prática o trabalho especificado no planejamento, numa estrutura eficaz Integrar: manter a unidade e a livre operação de recursos, principalmente os elementos humanos, durante a execução do planejado Medir: obter uma contínua realimentação sobre o andamento do que foi planejado Revisar: modificar o plano, a organização e, possivelmente, os objetivos para acomodar as discrepâncias reveladas pela medição Gerenciamento de Projeto é a execução repetida das atividades

14 Página 14 Introdução – O Processo de Gerência de Projetos Para conduzir um projeto bem sucedido deve-se compreender: - o escopo do trabalho a ser feito; - os riscos em que incorremos; - os recursos exigidos; - as tarefas a serem executadas; - os marcos de referência a serem acompanhados; - o esforço (custo) despendido; - a programação a ser seguida.


Carregar ppt "Página 1 Gerência de Projetos Wesley Peron Seno Introdução Engenharia de Software Gerência de Projetos – o que é?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google