A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRYPANOSSOMA CRUZI INTRODUÇÃO Profa. Giselle Moura Messias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRYPANOSSOMA CRUZI INTRODUÇÃO Profa. Giselle Moura Messias."— Transcrição da apresentação:

1 TRYPANOSSOMA CRUZI INTRODUÇÃO Profa. Giselle Moura Messias

2 FILO SARCOMASTIGOPHORA CLASSE ZOOMASTIGOPHOREA ORDEM: KINETOPLASTIDA FAMILIA: TRYPANOSOMATIDAE GÊNERO: Trypanosoma ESPÉCIE: Trypanosoma cruzi Trypanosoma cruzi

3 Protozoário flagelado agente da Doença de Chagas, também conhecida como Tripanossomíase americana. Transmitido de um hospedeiro a outro por insetos (no caso humano). Principal vetor: percevejo popularmente conhecido como barbeiro ou chupão (insetos das espécies Triatoma infestans, Rhodnius prolixus e Panstrongylus megistus, dentre mais de 300 espécies que podem transmitir o Trypanosoma cruzi).

4 - Transmitido no ato de alimentação do vetor (transmissão vetorial clássica) - Infecção: durante a hematofagia, quando o barbeiro elimina os tripomastigotas metacíclicos em suas fezes. - Após a penetração: tripomastigota metacíclico invade células do sistema fagocítico mononuclear (célula alvo) e perde o flagelo amastigota.

5 AMASTIGOTAS: multiplicam-se por divisão binária em ciclos de aproximadamente doze (12) horas, até que a célula infectada fique repleta de amastigotas. TRIPOMASTIGOTAS Célula alvo: rompe e libera os tripomastigotas Deslocam-se apara infectar uma nova célula alvo, se disseminando para o restante do organismo através da circulação sangüínea e linfática.

6 MORFOLOGIA São extracelulares - Forma de C ou S - Extremidades afiladas - Flagelo na extremidade anterior - Bolso flagelar e cinetoplasto na extremidade posterior - Possui membrana ondulante - Núcleo na porção central - Não se reproduzem. Formas tripomastigotas circulantes (As formas tripomastigotas são altamente infectantes, podendo ser encontradas no mamífero (sangue e espaço intercelular) e no inseto (região posterior do tubo digestório).

7 A forma tripomastigota é alongada e levemente achatada. Apresenta cinetoplasto arredondado, localizado na extremidade posterior do corpo do parasito. O flagelo emerge de uma bolsa flagelar e se adere ao longo da extensão do corpo celular do parasito, tornando-se livre na região anterior. Ilustração da forma tripomastigota do T. cruzi em corte longitudinal mostrando as principais estruturas celulares.

8 - São intracelulares - Formato arredondado ou ovóide - Não há flagelo livre - Núcleo e cinetoplasto visíveis - Capazes de se multiplicar por divisão binária simples Formas amastigotas Micrografia de uma forma amastigota do T. cruzi observada em um microscópio eletrônico de transmissão

9 FORMA AMASTIGOTA : - arredondada - flagelo bem reduzido, - núcleo relativamente grande, redondo e excêntrico. - cinetoplasto em forma de bastão. FORMA INFECTIVA: Encontrada no interior das células de hospedeiros mamíferos infectados, incluindo o homem, onde se multiplicam. Ilustração da forma amastigota do T. cruzi em corte longitudinal mostrando as principais estruturas celulares.

10 Forma Epimastigota: - Fusiforme -Possui o cinetoplasto em forma de bastão, localizado próximo à bolsa flagelar, Micrografia de uma forma epimastigota observada em um microscópio eletrônico de transmissão.

11 Ilustração da forma epimastigota do T. cruzi em corte longitudinal mostrando as principais estruturas celulares. Forma não infectiva: é mais comumente encontrada no intestino do barbeiro, onde se multiplica, bem como em cultivos axênicos.

12 - Extracelular encontrada no intestino posterior e na ampola retal do artrópode. - São semelhantes às formas finas das tripomastigotas sangüícolas. - Não possuem capacidade de reprodução. Forma tripomastigota metacíclica

13 RESUMINDO... Tripomastigota – fase extracelular, que circula no sangue. Esse estágio evolutivo está presente na fase aguda da doença, constituindo a forma infectante para os vertebrados Amastigota – fase intracelular, sem organelas de locomoção, com pouco citoplasma e núcleo grande. Está presente na fase crônica da doença. Epimastigota – é a forma encontrada no tubo digestivo do vetor, não é infectante para os vertebrados.


Carregar ppt "TRYPANOSSOMA CRUZI INTRODUÇÃO Profa. Giselle Moura Messias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google