A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANATOMIA HUMANA. Anatomia Ciência que estuda a estrutura macroscópica e microscópica do corpo dos seres vivos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANATOMIA HUMANA. Anatomia Ciência que estuda a estrutura macroscópica e microscópica do corpo dos seres vivos."— Transcrição da apresentação:

1 ANATOMIA HUMANA

2 Anatomia Ciência que estuda a estrutura macroscópica e microscópica do corpo dos seres vivos.

3 ANATOME derivado do grego ANA – em partes TOME - cortes

4 Estudar a estrutura do corpo humano nos diferentes sistemas: esqueléticos, muscular, artrologia, nervoso, hormonal, linfático, digestório, respiratório, circulatório, urinário, reprodutor e órgãos do sentido. OBJETIVO DA DISCIPLINA

5 ANATOMIA HUMANA Sistema esquelético (Osteologia) Sistema Articular (Artrologia) Sistema Muscular (Miologia) Sistema Nervoso ( Neurologia) Sistema Tegumentar (Dermatologia) Sistema Circulatório (Angiologia) Sistema Disgestório ou Digestivo (Gastroenterologia) Sistema Respiratório (Pneumologia) Sistema Urinário (Urologia) Sistema Endócrino (Endocrinologia) Sistema Reprodutor

6 POSIÇÃO DE DESCRIÇÃO ANATÔMICA (POSIÇÃO ANATÔMICA) Face voltada para frente Olhar dirigido para o horizonte Membros superiores estendidos aplicados ao tronco e com as palmas das mãos voltadas para frente Membros inferiores unidos, com as pontas dos pés dirigidas para frente

7 Planos que delimitam o corpo Ventral ou anterior Dorsal ou posterior Cranial ou superior Inferior ou podálico(de podos = pé) Lateral esquerdo e direito

8 Ventral e dorsal – referem – se à frente e ao ventre e ao dorso do corpo e são sinônimos de anterior e posterior. Cranial e caudal – indica a cabeça e a cauda, respectivamente, e, com o corpo em posição anatômica, superior e inferior. Medial e lateral – referem – se a estruturas mais próximas ou mais afastadas do plano mediano. Superficial e profundo – indicam a profundidade relativa à superfície e são preferíveis a sobre ou sob e acima ou abaixo.

9 Proximal e distal – indicam a direção para a extremidade fixa, do membro ; para a origem de uma estrutura ou para o centro do corpo. Externo e interno – são mais comumente usados para descrever a parede do corpo ou as paredes ou cavidades e e vísceras ocas.

10 Secções (cortes) que atravessam o corpo Plano de secção mediana que divide o corpo em duas metades – direita e esquerda Crânio de um feto em vista superior para localizar a sagitta

11 Plano de secção frontal: São paralelos aos planos ventral e dorsal, é tangente a fronte do indivíduo.

12 Plano de secção transversal: São paralelos aos planos cranial, podálico e ou caudal são horizontais, a secção é transversal.

13 Os planos dividem o corpo de várias maneiras e produzem secções

14 Qual plano divide o encéfalo em lados esquerdo e direito iguais?

15 EIXOS PRINCIPAIS: Eixo longitudinal:(vertical) (5)= na posição de pé situa-se em ângulo reto em relação ao solo. Eixo transversal ou látero: lateral(horizontal)(6)=dispõe-se em ângulo reto em relação ao eixo longitudinal Eixo sagital ou Antero-posterior: (7)= Forma um ângulo reto com ambos os eixos, anteriormente mencionados.

16 História da Anatomia Conhecimento do corpo humano: -Necessidade de manter o corpo íntegro (superação da morte). -Criar métodos de estudos na busca do desconhecido.

17 História da Anatomia Grécia e Egito (1000 anos a.C.): conceitos de medicina racional e ética médica – busca do homem pela verdade objetiva.Grécia e Egito (1000 anos a.C.): conceitos de medicina racional e ética médica – busca do homem pela verdade objetiva.

18 História da Anatomia Observação: Início da civilização – o homem observa outros homens e animais.Observação: Início da civilização – o homem observa outros homens e animais. Dissecção: (proibida em 150 a.C.; retornou muitos anos mais tarde, mais por questões práticas que intelectuais.Dissecção: (proibida em 150 a.C.; retornou muitos anos mais tarde, mais por questões práticas que intelectuais.

19 História da Anatomia Egípcios: Técnicas de conservação do corpo humano:Egípcios: Técnicas de conservação do corpo humano: - Mumificação (natural) - Mumificação (natural) - Embalsamamento (química) - Embalsamamento (química)

20 História da Anatomia Alcameon de Croton (500 a.C.): registros de observações anatômicas.Alcameon de Croton (500 a.C.): registros de observações anatômicas. Hipócrates de Cós (400 a.C.) : um dos fundadores da ciência; “pai da medicina”; 72 textos, "Teoria Humoral da Enfermidade" ; juramentos e ensimamentos – código moral e ético.Teoria Humoral da Enfermidade

21 História da Anatomia Aristóteles (72 anos após Hipócrates, 384 a 322 a.C.): coração como centro das emoções; anatomia humana comparativa. Não usou cadáver humano.Aristóteles (72 anos após Hipócrates, 384 a 322 a.C.): coração como centro das emoções; anatomia humana comparativa. Não usou cadáver humano. Roma antiga (42 a 37 a.C): Cornelius Celsus: 4 sinais cardeiais da inflamação: Rubor, Tumor, Calor, Dolor.Roma antiga (42 a 37 a.C): Cornelius Celsus: 4 sinais cardeiais da inflamação: Rubor, Tumor, Calor, Dolor.

22 História da Anatomia Herófilo da Calcedônia (300 a.C.): primeiro a dissecar cadáver humano; “pai da Anatomia”Herófilo da Calcedônia (300 a.C.): primeiro a dissecar cadáver humano; “pai da Anatomia” Erasístrato de Quios (290 a.C.): Escola de Alexandria.Erasístrato de Quios (290 a.C.): Escola de Alexandria. Mondino: “restaurador da Anatomia”, aulas na casa do professor, dissecações públicasMondino: “restaurador da Anatomia”, aulas na casa do professor, dissecações públicas

23 História da Anatomia Galeno de Pérgamo (130 a 200 d.C.): retrocesso, aliado a igreja, ação do cérebro sobre todas as manifestações físicas, religião e ciência. Até 1400 seus “ensimamentos” foram utilizados.Galeno de Pérgamo (130 a 200 d.C.): retrocesso, aliado a igreja, ação do cérebro sobre todas as manifestações físicas, religião e ciência. Até 1400 seus “ensimamentos” foram utilizados.

24 História da Anatomia Anatomistas: estudos as escondidasAnatomistas: estudos as escondidas Violação do cadáverViolação do cadáver Frederico II (1315): obrigatório uso de cadáver para cirurgições (Universidades).Frederico II (1315): obrigatório uso de cadáver para cirurgições (Universidades). Duque Anjou (1376): autorizou a dissecação pública e anual de 1 cadáver humano.Duque Anjou (1376): autorizou a dissecação pública e anual de 1 cadáver humano.

25 Anatomia como Arte Leonardo da Vinci ( ): “arte e ciência caminham de mãos dadas”Leonardo da Vinci ( ): “arte e ciência caminham de mãos dadas” O Homem de Vitrúvio (1492): simetria

26 Anatomia como Arte Michelangelo Buonarotti: ápice; 20 anos adquirindo conhecimentos do corpo humano num convento.Michelangelo Buonarotti: ápice; 20 anos adquirindo conhecimentos do corpo humano num convento.

27 Obras de Michelangelo David Criação do Homem – Capela Sistina Moisés

28 História da Anatomia Dissecações as escondidasDissecações as escondidas Ato condenado pela igreja e autoridadesAto condenado pela igreja e autoridades No passado: só utilizavam cadáveres de criminosos e ladrões (número insuficiente) – ressucitadores.No passado: só utilizavam cadáveres de criminosos e ladrões (número insuficiente) – ressucitadores.

29 História da Anatomia Andreas Vesalius ( ): “De humani corporis fabrica”. Corrigiu erros de outros anatomistas, expôs esqueleto do corpo humano. “Pai da Anatomia”Andreas Vesalius ( ): “De humani corporis fabrica”. Corrigiu erros de outros anatomistas, expôs esqueleto do corpo humano. “Pai da Anatomia”

30 História da Anatomia Escola de Salermo: Primeira escola de Anatomia a se destacar na Europa – dissecação de animais.Escola de Salermo: Primeira escola de Anatomia a se destacar na Europa – dissecação de animais. William Harvey ( ): introduziu uma orientação fisiológica na anatomiaWilliam Harvey ( ): introduziu uma orientação fisiológica na anatomia Primeira dissecação humana na América: Massachusetts (1638)Primeira dissecação humana na América: Massachusetts (1638)

31 História da Anatomia Renascimento: perda das supertições e medos – evolução de várias ciências.Renascimento: perda das supertições e medos – evolução de várias ciências. Uso do álcool para conservação (1660)Uso do álcool para conservação (1660) Anatomia microscópica: Macelo Malpighi (até 1694)Anatomia microscópica: Macelo Malpighi (até 1694) Marie-François Xavier Bichat: constituição tecidual dos órgãos. Contrib. Teoria Celular (Virchow)Marie-François Xavier Bichat: constituição tecidual dos órgãos. Contrib. Teoria Celular (Virchow)

32 História da Anatomia Formalina utilizada com fixador (1890)Formalina utilizada com fixador (1890) Raios X (1985)Raios X (1985) Secúlo XX: intensificação das pesquisas, descobertas de curas de doenças, antibióticos – qualidade de vida.Secúlo XX: intensificação das pesquisas, descobertas de curas de doenças, antibióticos – qualidade de vida.

33 Anatomia como arte Rembrandt – grandes obras de pintura:Rembrandt – grandes obras de pintura: A lição de anatomia do Dr. Tulp

34 Atualidades – Von Hagens

35

36

37

38 Anatomia atual Exposição: Corpo Humano Real e Fascinante. Dr. Roy GloverExposição: Corpo Humano Real e Fascinante. Dr. Roy Glover

39 Anatomia Humana

40 FIM


Carregar ppt "ANATOMIA HUMANA. Anatomia Ciência que estuda a estrutura macroscópica e microscópica do corpo dos seres vivos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google