A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PORQUE FALTAM RECURSOS NA IGREJA LOCAL? 1ª Razão: Falta de um orçamento bem elaborado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PORQUE FALTAM RECURSOS NA IGREJA LOCAL? 1ª Razão: Falta de um orçamento bem elaborado."— Transcrição da apresentação:

1

2 PORQUE FALTAM RECURSOS NA IGREJA LOCAL?

3 1ª Razão: Falta de um orçamento bem elaborado.

4 Sugestão Antes do encerramento do ano; baseados nas entradas dos anos anteriores, deve ser elaborado o orçamento da igreja para o próximo ano. Membros da comissão de orçamento: Pastor; 1º Ancião; Tesoureiro; Secretário; Diretor de Mordomia.

5 Todos os departamentos da igreja devem ser contemplados com um percentual/valor do orçamento. Após elaborado deve ser votado pela comissão e apresentado a igreja.

6 2ª Razão:Falta de um projeto que desafie a igreja. Sugestão Estudar com a Comissão e apresentar a igreja um projeto bem elaborado que envolva todos os membros.

7 Estabeleça um projeto em nível de igreja local ou de distrito, e desafie os seus membros a abraçar este projeto. Torne mais dinâmica a leitura de púlpito. Antes de expô-la a congregação, conte do andamento do projeto que a igreja abraçou. “Tem que ser-lhes apresentados objetivos que estimulem a beneficência, ou do contrário não poderão imitar o caráter do grande exemplo.” Conselhos sobre Mordomia, 15 Apresente mensalmente ou trimestralmente o relatório de entradas e saídas.

8 3ª Razão: Nossas igrejas ainda não assimilam o plano divino de ofertar. (Ofertas Sistemáticas)

9 Sugestão Orientar e motivar os membros da igreja a seguir o plano sistemático de ofertar. TIRAR OFERTA EM TODOS OS CULTOS Foi idealizado por Jesus: “Foi pelo próprio Senhor Jesus Cristo, que deu a sua vida pela vida do mundo, que foi idealizado o plano do dar sistemático.” Conselhos sobre Mordomia, 65-66

10 Quando há “negligência nas igrejas em guardar o plano da beneficência sistemática, o resultado tem sido um esgotamento do tesouro e uma igreja apóstata”. Testemunhos vol.3, 409

11 “ A saúde espiritual e a prosperidade da igreja dependem, em alto grau, de sua beneficência sistemática. É como o sangue vital que deve fluir por todo o ser, dando vida a cada membro do corpo.” ( I Testimonies, p. 386) A beneficência sistemática, é como o sangue...

12 O plano sistemático de ofertar transforma a vida espiritual. “ A beneficência prática dará vida espiritual a milhares de professos nominais da verdade que ora lamentam as próprias trevas. Ela os transformará de egoístas e cobiçosos adoradores de Mamon, em zelosos, fiéis colaboradores de Cristo na salvação dos pecadores.” I Testemunhos Seletos, 366

13 Adotado pelos membros não faltarão recursos: “Se o plano da beneficência sistemática fosse adotado por cada indivíduo, sendo plenamente levado avante, haveria constante suprimento no tesouro. A renda fluiria PARA ELE qual constante corrente, sem cessar, provida pelas fontes transbordantes da beneficência Divina”. I Testemunhos Seletos, p.368

14 Como poderemos ser bem sucedidos ao implantarmos o plano das ofertas sistemáticas em nossas igrejas. Dando o exemplo. Preparando-se espiritualmente para esta tarefa. Estudando o assunto primeiro com a comissão da igreja.

15 Antes de lança- lo à igreja é necessário leva-lá a uma experiência mais profunda com Cristo. Ao visitar os membros fale sobre esta doutrina para eles. Promova testemunhos. Avalie periodicamente o programa. Pregue sobre este assunto outras vezes durante o ano.

16 “Deus ideou um plano pelo qual todos possam dar enquanto Ele os faz prosperar, o qual tornará o ato de dar em um hábito, não sendo necessários os apelos especiais.” III Testimonies, p.411

17 “O Senhor fez um concerto especial com o homem, de que se eles separassem regularmente a parte destinada ao avanço do reino de Cristo, Ele os abençoaria abundantemente de tal modo que não haveria mais lugar para receber-lhe as dádivas.” Conselhos sobre Mordomia, 72

18 “Dizei aos membros da igreja que é necessária inteira consagração a Deus, entendam todos que tem que fazer com Deus um concerto com sacrifício.” ( Mensagens Escolhidas, p.56)

19 Deveres da Associação: “Se os presidentes e outros obreiros em nossas Associações impressionarem o povo com o caráter do crime de roubar a Deus, e se eles possuírem espírito consagrado e sentirem o peso da obra, Deus tornará seu trabalho uma bênção ao povo e serão vistos frutos como resultado de seus esforços.”

20 Deveres do Pastor: “Se os pastores deixarem de apresentar à igreja importância de devolver ao Senhor o que Lhe pertence, se não cuidarem de que os oficiais que estão sob suas ordens sejam fiéis, e que o dízimo seja trazido, estão em perigo. Estão negligenciando uma questão que envolve uma bênção ou maldição para a igreja. Devem ser afastados de sua responsabilidade, e outros homens devem ser experimentados e provados”. Conselhos Sobre Mordomia, p.103

21 Deveres dos Anciãos e Oficiais da Igreja: “É o dever dos anciãos e oficiais da igreja instruir o povo nessa importante questão, e pôr as coisas em ordem. Como coobreiros de Deus, devem os oficiais da igreja ser corretos nesse assunto claramente revelado. Devem os próprios pastores ser estritos quanto a executar ao pé da letra os preceitos da Palavra de Deus. Os que ocupam posição de responsabilidade na igreja não devem ser negligentes, devem antes fazer com que os membros sejam fiéis em cumprir esse dever... Sigam os anciãos e oficiais da igreja a orientação da Palavra Sagrada, e insistam com os membros sobre a necessidade de ser fiéis em "trazer" os votos, dízimos e ofertas”. Conselhos Sobre Mordomia, p.106 e 107

22 Deveres dos membros da Igreja: “O dízimo fiel é a parte do Senhor. Retê-lo, é roubar a Deus. Deve todo homem trazer livre, voluntária e alegremente os dízimos e ofertas à casa do tesouro do Senhor, pois, em fazê-lo, há uma bênção. Nenhuma segurança há em reter de Deus a parte que Lhe pertence.” Manuscrito 159, “A negligência ou adiantamento desse dever, provocará o desagrado divino.” Review and Herald, 16 de Maio de 1882.

23 Se não concordamos com a Liderança da Igreja? “Vós que tendes retido vossos meios da causa de Deus, lede o livro de Malaquias, e vede o que é dito ali com relação aos dízimos e ofertas. Não percebeis que estão agindo mal, sob qualquer circunstância, ao reterdes vossos dízimos e ofertas por não concordardes com tudo que vossos irmãos fazem? É possível que pastores indignos estejam recebendo dos meios assim levantados; mas teria alguém coragem, por essa razão, de se apoderar ilicitamente dos tesouros de Deus, fazendo recair sobre si a maldição do Senhor? Eu não teria coragem. Devolvo meus dízimos prazerosa e livremente... Se os negócios da Associação não estão sendo administrados de acordo com a ordem do Senhor, isso é pecado dos que estão em falta. Todavia, não pequeis contra Deus, recusando devolver-lhe o que lhe pertence.” Special Testimonies, Séria A, no. 1, pág 27


Carregar ppt "PORQUE FALTAM RECURSOS NA IGREJA LOCAL? 1ª Razão: Falta de um orçamento bem elaborado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google