A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Business Ethics Office July 14, 2010 Princípios Gerais de Negócios.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Business Ethics Office July 14, 2010 Princípios Gerais de Negócios."— Transcrição da apresentação:

1 Business Ethics Office July 14, 2010 Princípios Gerais de Negócios

2 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Consciência ética e compliance estão se tornando um tema cada vez mais importante. Não apenas do ponto de vista governamental, mas sob a perspectiva da sociedade. Comportamento ético faz sentido. Contribui para um crescimento sustentado e cria valor. O impacto das expectativas sociais na marca é enorme. Para uma companhia global, a força de sua marca está no centro de sua habilidade de criar valor. A reputação tem valor inestimável. Consumidores compram Philips porque acreditam em nós. Violar os PGN seria quebrar essa confiança. O nível de ética e integridade nos negócios é fator decisivo para o score da companhia no Dow Jones Sustainability Index e no FTSE4Good Index. Ethics & Compliance

3 Confidential Business Ethics Office, November 18,

4 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009

5 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Os Princípios Gerais de Negócios, aplicáveis a todos os funcionários de maneira idêntica, em todos os níveis e países. Parte integrante do contrato de trabalho, são uma exigência permanente, não uma opção ou aspiração. Princípios Gerais de Negócios (PGN) Diretrizes dos PGN Código de Conduta de Compras Código de Conduta Financeiro Incorporam Política de Reportes dos PGN; Relatório de Reclamações padronizado; Procedimento formal de investigação. Estrutura de Ethics & Compliance

6 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Treinamento PGN e-learning, obrigatório a todos os funcionários; Antitruste e-learning, obrigátorio a todos os funcionários mais expostos a situações que gerem risco de violação; FCPA e-learning, obrigátorio a todos os funcionários mais expostos a situações que gerem risco de violação; FCPA train-the-trainer, para multiplicadores; Treinamento presencial FCPA para funcionários chaves; Treinamento presencial FCPA para distribuidores e parceiros de negócios; Business Ethics intranet site, para fácil acesso a todas as políticas, programas e procedimentos. Estrutura de Ethics & Compliance

7 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 One Philips Ethics Line Reforça a consciência dos valores éticos. Aumenta a transparência sobre as ações da empresa. Auxilia na identificação de áreas onde medidas corretivas devam ser tomadas. Melhora a qualidade do ambiente de trabalho. Oferece uma maneira simples de tomar a responsabilidade pessoal pelas ações da companhia. Estrutura de Ethics & Compliance

8 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 One Philips Ethics Line 24 horas por dia, 7 dias por semana; De telefone fixo comercial ou residencial; Em seu próprio idioma (+ de 100 idiomas disponíveis); Anonimamente, se desejado; Sem receio de retaliação; Confidencialmente (call center não dispõe de qualquer equipamento de gravação e as chamadas não estão sujeitas à identificação / rastreamento). Call center e sistema de relatórios de classe mundial Estrutura de Ethics & Compliance

9 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Conformidade monitorada por uma rede mundial de Compliance Officers; Relatórios regulares ao GBP Review Committee, que, por sua vez, aconselha o Board of Management em questões éticas; Confirmação de conformidade através do GBP Self-Assessment, parte integral da declaração anual sobre o controle do negócio (SBC) publicada pela administração de cada unidade organizacional; Processos e procedimentos auditados pelo Corporate Internal Audit. Estrutura de Ethics & Compliance

10 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Os Princípios Gerais de Negócios da Philips (PGN) são princípios fundamentais de integridade ética empresarial que governam as atividades da Philips no mundo, individual e corporativamente. Asseguram que a Philips esteja em conformidade com as legislações e regulamentações, assim como com as normas e valores da Philips. São a base para todas decisões e ações dentro do contexto de sua função na Philips. Os Princípios Gerais de Negócios - PGN

11 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 As Diretrizes PGN são parte integral dos PGN. Foram desenvolvidas para ajudar a implementar os PGN, fornecendo orientação específica e mais detalhada sobre como interpretar e aplicar os PGN na prática; As Diretrizes foram recentemente atualizadas para incorporar questões anticorrupção mais abrangentes e de acordo com OECD Convention and US legislation (the Foreign Corrupt Practice Act, FCPA) Diretrizes dos PGN

12 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Através da estratégia Vision 2010, a Philips pretende incrementar a rentabilidade e o crescimento. Os PGN nos ajudam a proporcionar e administrar esse crescimento, minimizando riscos, assegurando nossa licença para operar nos mercados que escolhemos e maximizando nosso apelo junto a todas as partes envolvidas com nosso negócio. Em resumo, os PGN são uma fonte de vantagem competitiva. Os PGN facilitam o crescimento

13 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Somos uma empresa de classe mundial e queremos ganhar pelo fair play, por seguir as regras e por tratar nossos empregados como devem ser tratados; A Philips interage no mercado de acordo com as regras do jogo do livre mercado; Conformidade com a legislação e regulamentações são um pré-requisito para crescimento de nosso negócio. Sem essa conformidade, seremos excluídos de mercados atrativos; Oferecem orientações internas sólidas para comportamento ético responsável em mercados emergentes; Conformidade com os PGN minimiza riscos de danos à nossa reputação e saúde financeira, o que nos torna mais atrativos a investidores e potenciais parceiros de negócios; Possuir orientações éticas claras facilita qualquer processo de integração pós- fusão e, consequentemente, o crescimento por meio de aquisições; Os PGN facilitam o crescimento

14 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Demonstrar que a Philips é responsável e ética, nos torna uma opção de fornecedor confiável para o número crescente de consumidores e clientes que preferem (ou insistem em) comprar de uma companhia ética; Mostrar a outros negócios que a Philips é uma empresa que opera de maneira ética e confiável, nos torna mais atraentes – e seguros para eles. Terão mais interesse em participar de redes que promovem inovação aberta – e, consequentemente, crescimento – por meio de colaboração em áreas como pesquisa, desenvolvimento de produtos, relacionamento com fornecedores, etc. ; Manter e construir nossa reputaçao baseada nos PGN nos ajudará a reter talentos, motivados e produtivos, que levarão ao crescimento; Estar ciente da abrangência do impacto de nosso negócio, pode nos ajudar a criar novos produtos e serviços lucrativos que nos levarão ao crescimento; Os PGN facilitam o crescimento

15 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Os PGN sustentam o compromisso da Philips com a criação de valor sustentável, integrando prosperidade econômica, qualidade ambiental e igualdade social. Em cada uma dessa áreas, os PGN fornecem orientações específicas para nos ajudar a assegurar que a sustentabilidade seja parte integral do modo como fazemos negócios. Os PGN contribuem para a Sustentabilidade

16 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Igualdade social Nos comprometem a agir de forma responsável e com integridade para com as sociedades onde atuamos e a proporcionar aos funcionários ambientes de trabalho seguros e saudáveis, protegidos de tratamento injusto e ilegal; Nos ajudam a melhorar a vida das pessoas, a atrair e manter os melhores funcionários e ampliar nosso perfil nas comunidades onde atuamos. Pacto global da ONU A Philips apóia o Pacto Global da ONU em seu objetivo de estabelecer um economia mundial mais sustentável e inclusiva e Adota orientações e procedimentos internos em relação aos tópicos abordados pelo UN Global Compact, com referência a direitos humanos, normas de trabalho, meio-ambiente e medidas anticorrupção. Qualidade ambiental Nos comprometem a estar em conformidade com as legislações vigentes e estipulam que faremos tudo para minimizar efeitos adversos de nossas atividade no meio ambiente; Nos asseguram a vantagem competitiva ao economizar dinheiro do consumidor por meio de produtos que consomem menos energia; Mentalidade verde pode nos ajudar a criar novos produtos ou mercados inteiros. Prosperidade econômica Nos permitem continuar a atuar nos mercados que escolhemos; Nos tornam mais atraentes para clientes, consumidores, funcionários e potenciais parceiros comerciais, todos que têm papel funcdamental para assegurar a rentabilidade para a Philips. Os PGN contribuem para a Sustentabilidade

17 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Somos signatários do Pacto Global da ONU e nosso código de conduta (OS PGN) esclarecem isso: Diretrizes dos PGN 1.2 Declaração geral sobre o Pacto Global da ONU A Philips apóia o Pacto Global da Organização das Nações Unidas em seu objetivo de estabelecer uma economia global mais sustentável e inclusiva. A Philips adotou diretrizes e procedimentos internos com relação aos princípios propostos pelo Pacto Global da ONU relacionados a direitos humanos, normas de trabalho, meio-ambiente e combate à corrupção. Diretrizes dos PGN 6 Suborno e pagamentos ilegais / leis anticorrupção (...) As leis anticorrupção – incluindo as leis nacionais adotadas nos termos da Convenção da OCDE sobre o Combate à Corrupção de Funcionários Públicos Estrangeiros em Transações Comerciais Internacionais (doravante: Convenção OCDE) e a lei norte americana sobre a prática da corrupção no exterior, Foreign Corrupt Practices Act, (dorante: FCPA) (...) Como combatemos a corrupção

18 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 Os Princípios Gerais de Negócios, que contemplam claúsulas anticorrupção, fazem parte do contrato de trabalho de todos os funcionários; Os Princípios Gerais de Negócios, que contemplam claúsulas anticorrupção, fazem parte de todos nossos contratos com terceiros. Adicionalmente, diversos dispositivos foram incorporados aos contratos com representantes comerciais referentes a FCPA, incluindo: subtópicos mais específicos ao cumprimento da legislação anticorrupção; Certificação de conformidade tanto da empresa, quanto de seus diretores FCPA e-learning, obrigátorio aos funcionários mais expostos a situações que gerem risco de violação (funcionários que mantenham contato com distribuidores, agentes, órgãos públicos); FCPA train-the-trainer para multiplicadores; Treinamento presencial FCPA para a alta direção; Treinamento presencial FCPA para funcionários mais expostos a situações que gerem risco de violação (funcionários que mantenham contato com distribuidores, agentes, órgãos públicos); Treinamento presencial FCPA para distribuidores e parceiros de negócios; Como combatemos a corrupção

19 Confidential Business Ethics Office, November 18, 2009 É possível atuar em ambientes e mercados em que concorrentes ou parceiros de negócios operam em nível abaixo do padrão ético mínimo requerido ? Como garantir negócio lucrativo em mercados contaminados pela concorrência desleal? Como combatemos a corrupção

20 Confidential Business Ethics Office, November 18, A Philips Healthcare Brasil e o NEMA O Código de Conduta está disponível para o público através de sua página na internet

21 Confidential Business Ethics Office, November 18, Código de Ética da NEMA Brasil para interações com agentes de saúde Os Associados encorajarão a indústria ao exercício de práticas éticas de negócio e à conduta socialmente responsável e não usarão nenhuma indução ilegal para: –vender, –arrendar, –recomendar, –ou estimular a venda, arrendamento, ou prescrição de seus produtose Philips é signatária do Código de Conduta desde Janeiro de 2008 e participa ativamente na introdução, revisão e monitoramento da aplicação do Código através do Comitê Gestor, onde tem cadeira cativa por ser fundadora.

22


Carregar ppt "Business Ethics Office July 14, 2010 Princípios Gerais de Negócios."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google