A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DESAFIOS PARA O RÁDIO PÚBLICO Um olhar a partir da audiência Carlos Eduardo Esch Observatório da Radiodifusão Pública - UnB.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DESAFIOS PARA O RÁDIO PÚBLICO Um olhar a partir da audiência Carlos Eduardo Esch Observatório da Radiodifusão Pública - UnB."— Transcrição da apresentação:

1 DESAFIOS PARA O RÁDIO PÚBLICO Um olhar a partir da audiência Carlos Eduardo Esch Observatório da Radiodifusão Pública - UnB

2 Considerações baseadas em: Estudo da situação das emissoras públicas de 10 países do continente feito pelo Observatório da Radiodifusão Pública da América Latina.

3

4 Pesquisa nacional que está sendo realizada para verificar como o cidadão percebe a mídia pública no Brasil. https://www.surveymonkey/s/cidadaoemeiospublicos

5 Idéias da audiência sobre os meios públicos POSITIVAS Deveriam ser instrumentos originais de comunicação que ajam conforme interesse público, coisa difícil no nosso país... Deveriam ser espaços onde a voz comunitária tem espaço. Ou melhor, onde a mídia se volta para produção de conteúdo que enriqueça a sociedade... Na minha maneira de ver deveriam ser emissoras que veiculam programações alternativas às já exibidas nos veículos de comunicação abertos e por assinatura. As poucas que existem no Brasil deveriam ser mais democráticas o que não existe no nosso país...

6 Idéias da audiência sobre os meios públicos Imagino que sejam emissoras educativas, informativas, interativas e voltadas para os interesses da maioria da população, inclusive culturalmente, abrindo espaços para quem não pode se mostrar nas emissoras comerciais (artistas, músicos etc) e para as manifestações culturais do povo, aquelas que não saem na Globo... Penso que deveriam ser meios de comunicação que veiculam ações e produtos destinados ao interesse público, como educacionais, culturais e de cidadania... Deveriam ser lugares de liberdade de expressão e de criatividade...

7 Idéias da audiência sobre os meios públicos NEGATIVAS - DIMENSÃO POLÍTICA Lugar de politicagem do governo... Lugar de Propaganda descarada dos governos... Programação direcionada para o governante do momento. Rabo preso... São governista ao extremo, menos públicas... São voltados para noticiar aquilo que interessa ao governo...

8 Tudo fachada. Deveriam ser confiáveis e mais isentas que as privadas, mas não é a nossa realidade... Apesar de públicas, são emissoras controladas pelo governo... São as emissoras ligadas ao governo e as suas políticas de ocasião, mas nem um pouco públicas... Que se existirem algum dia serão manipuladas e limitadas a assuntos de interesse dos nossos governantes... Idéias da audiência sobre os meios públicos

9 NEGATIVOS – DIMENSÃO DA LINGUAGEM Uma coisa chata e maçante... Má qualidade da programação... Grade de programação com pouca diversidade de programas; pouco investimento... Programas aborrecidos e entediantes... Rádios e TVs que ninguém ouve ou vê...

10 Idéias da audiência sobre os meios públicos Emissoras com programação ruim e chata de se ver e ouvir... As rádios públicas não se mostram convidativas aos ouvintes na forma como são feitas e na forma como são transmitidas, tornando-se cansativas. Já as televisões públicas atendem apenas a interesses específicos dos espectadores, e por isso acabam sendo acessadas somente e apenas quando há algum interesse muito pontual... Um total desperdício de dinheiro público...

11 O QUE ESTAS IDÉIAS INDICAM? A existência de um enorme passivo simbólico dos meios públicos no Brasil e na própria América Latina.

12 O que é esse passivo simbólico? E constituido por meio de processos de cristalização de imagens no imaginário dos ouvintes, nos quais sãoimpingidos aos meios públicos um conjunto comum de características que os qualificam – quase sempre negativamente - perante aqueles individuos que são ou não membros de audiências.

13 Dimensões do passivo simbólico NO UNIVERSO CONTINENTAL – SIMULTÂNEAS Histórica……………………………………………….Cultural Econômica……….…………………………………….Política

14 Consequências do passivo simbólico POSSIVEIS CONSEQUÊNCIAS Limita o conceito de emissora pública. Vincula estas emissoras ao campo governamental. Vincula estas emissoras ao educativo. Emissoras governamentais são vistas como espaços de ação política e não pública. Emissoras educativas são criticadas pela população. Produz reatividade nos ouvintes e nos possiveis ouvintes. Esse passivo manifesta-se em públicos que as emissoras desconhecem.

15 Desafios para o rádio público? Tomar consciência e compreender o processo que gerou e mantém o passivo simbólico para as mídias públicas. Elaborar estrategias de enfrentamento dessepassivo simbólico. Conhecimento do público Promover ações de divulgação paralelas para as próprias programações. Estrategias alternativas para promover a formação e/ou renovação de públicos. ………….

16


Carregar ppt "DESAFIOS PARA O RÁDIO PÚBLICO Um olhar a partir da audiência Carlos Eduardo Esch Observatório da Radiodifusão Pública - UnB."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google