A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

- Chomsky, em entrevista no ano de 1997: Não existe um método para ensinar química. O método para ensinar química é fazer as pessoas se interessarem,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "- Chomsky, em entrevista no ano de 1997: Não existe um método para ensinar química. O método para ensinar química é fazer as pessoas se interessarem,"— Transcrição da apresentação:

1

2 - Chomsky, em entrevista no ano de 1997: Não existe um método para ensinar química. O método para ensinar química é fazer as pessoas se interessarem, fazer com que pareça excitante, instigante, aprender química. Assim elas aprenderão. Fora isso, não há métodos. Eu acho que com relação à linguagem é basicamente a mesma coisa.

3

4

5 GRAMÁTICA X TEXTO A função do substantivo no processo da referenciação Os efeitos do uso das figuras de linguagem Os efeitos previstos para o uso dos diferentes tempos e modos verbais Os procedimentos e as marcas linguísticas típicas da conversação

6 FOCALIZANDO A FRASE A ordem das palavras na frase e os efeitos decorrentes da alteração dessa ordem Os efeitos de provocados pelo acréscimo ou pelo corte de alguma palavra Os diferentes padrões de entonação,conforme a natureza das intenções pretendidas pelo enunciador

7

8

9 - As variações dialetais (geográficas e sociais) - O uso do vocabulário: comum, formal, técnico, especializado, erudito, entre outros. - A criação da gíria - A criação de sentidos figurados e metonímicos

10 A vinculação das palavras às circunstâncias históricas e culturais do percurso da língua As relações de significado entre palavras: sinonímia, antonímia, hiperonímia, hiponímia, partonímia, contiguidade As flexões dos substantivos, adjetivos, verbos e alguns advérbios As regularidades e irregularidades da conjugação dos verbos As particularidades de pronúncia de certas palavras As normas da ortografia oficial

11 -Oposições articulando os momentos (Padre Cícero X BNB; único agente X todos os santos) -A função do advérbio (O uso de praticamente atenuando a afirmação) -Paralelismo (verbos no infinitivo) -Parágrafo enumerativo e pontuação (itens coordenados) -A separação do último parágrafo (destaque) -O uso de expressões (todos os santos de casa) e intertextualidade (santo de casa não faz milagre)

12 -O uso de palavras para exprimir certeza como é claro, pois e o título. -O uso do advérbio sempre. -O uso dos artigos. -A relação semântica das palavras utilizadas (padre, santo, milagre; mãos, coração, mente). -A ideologia machista presente no texto. -A mobilização de nosso conhecimento de mundo. -A forma, distribuição dos parágrafos e a adequação ao gênero. -O uso do vocabulário e a intenção do texto.

13 Canção do Exílio – Gonçalves Dias Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá; As aves que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá. Nosso céu tem mais estrelas, Nossas várzeas têm mais flores, Nossos bosques têm mais vida, Nossa vida mais amores. Em cismar, sozinho, à noite, Mais prazer encontro eu lá; Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá. - Questões propostas: 1.Identifique todos os substantivos contidos no trecho do poema. 2.Qual o sujeito da frase Minha terra tem palmeiras? 3.Analise sintaticamente a seguinte frase Nossa vida mais amores. 4.Conjugue o verbo da segunda estrofe no presente do indicativo.

14 Canção do Exílio – Gonçalves Dias Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá; As aves que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá. Nosso céu tem mais estrelas, Nossas várzeas têm mais flores, Nossos bosques têm mais vida, Nossa vida mais amores. Em cismar, sozinho, à noite, Mais prazer encontro eu lá; Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá. -Questões sugeridas: 1.Ao reler o poema observe a comparação existente, destaque-a e explique a intenção do autor ao utilizar este artifício. 2.Quais os efeitos esperados pela repetição de palavras, claramente existentes no poema? 3.Este poema foi várias vezes recriado e parodiado, especifique em qual momento isso aconteceu e o motivo. a função de sua repetição.

15 1. Novas Concepções de Língua e suas Repercussões

16 2. FUNCIONAMENTO DAS LÍNGUAS: E UMA ATIVIDADE INTERATIVA; VEICULADOS EM DIFERENTES SUPORTES; COM DIFERENTES PROPÓSITOS COMUNICATIVOS; E EM CONFORMIDADE COM FATORES SOCIOCULTURAIS E CONTEXTUAIS.

17 3. DIMENSÃO MAIS AMPLA E MAIS FUNCIONAL DA LINGUAGEM: DE COMUNICAÇÃO E ANÁLISEDE TEXTOS ORAIS E ESCRITOS; DE ELABORAÇÃO DE TEXTOS ORAIS E ESCRITOS, DE DIFERENTES GÊNEROS,DE DIFERENTES REGISTROS E FINALIDADES,COM ÊNFASE NOS PROCEDIMENTOS DE PLANEJAMENTO E DE REVISÃO.

18 4. A MUDANÇA QUE OCORRERÁ NAS ESCOLAS CASO A DIMENSÃO MAIS AMPL E MAIS FUNCIONAL FOR O CENTRO DO ENSINO DA LÍNGUA. ·EM PRIMEIRO LUGAR SERIAM REVISTOS OS OBJETOS DO ENSINO:DOS MAIS ABRANGENTES AOS MAIS IMEDIATO

19 ALÉM DA GRAMÁTICA

20 Foco em salas de leitura, debates, etc. Ensinar a pensar Língua oral e escrita Relacionar leitura e gramática Parâmetros Nacionais Foco das aulas Número máximo de alunos por sala Preparo e amor pela profissão

21

22 Mundo mundo vasto mundo se eu me chamasse Raimundo seria uma rima,não seria uma solução. Mundo mundo vasto mundo, mais vasto é meu coração. (C. Drummond de Andrade)

23 Língua X Gramática Mais acordes; Mais vibrações; Pauta maior; Mais notas; Mais variações. Menor; Mais curta; Menos abrangente; Menos lições.

24 SEMELHANÇAS ENTRE A LÍNGUA E A GRAMÁTICA NA RIMA Língua e gramática não são uma rima, porque não alinham pelo mesmo padrão sonoro,pelo mesmo tom; Não rimam entre si nem com a atividade da interação; Não rimam quando se confunde o estudo da nomenclatura com o da gramática; Quando não se vai além da nomenclatura.

25 POSSÍVEIS SOLUÇÕES PARA A LÍNGUA E A GRAMÁTICA Dar à gramática a sua função, reconhecermos seus limites e aceitarmos sua insuficiência frente à necessidade de outros saberes e de outras competências; Aprender a apreciar a recriação da língua cada vez que a gramática varia, cada vez que ela se submete às condições de uso; Envolver a gramática em atividades de análises,leitura,escrita,oralidade;

26 Não deixar a gramática ofuscar o fascínio que a língua pode exercer sobre as pessoas; Que ela não nos impeça de sentirmos o gosto pelo estudo da língua; Saber ir adiante,muito além da gramática e até mesmo da língua.

27 Componentes do Grupo: Juliana Gonçalves; Renata Aguiar; Rodrigo Accioly; Valéria Maia; Valquíria Silva; Vilma Martins.


Carregar ppt "- Chomsky, em entrevista no ano de 1997: Não existe um método para ensinar química. O método para ensinar química é fazer as pessoas se interessarem,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google