A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Currículo Graduado em Odontologia – UCCB –1991 Graduado em Educação Física – FIG-UNIMESP – 1995 Graduando em Direito – FIG-UNIMESP (4º Semestre) Especialista.

Cópias: 1
Esportes de Aventura. Currículo Graduado em Odontologia – UCCB –1991 Graduado em Educação Física – FIG-UNIMESP – 1995 Graduando em Direito – FIG-UNIMESP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Currículo Graduado em Odontologia – UCCB –1991 Graduado em Educação Física – FIG-UNIMESP – 1995 Graduando em Direito – FIG-UNIMESP (4º Semestre) Especialista."— Transcrição da apresentação:

1 Currículo Graduado em Odontologia – UCCB –1991 Graduado em Educação Física – FIG-UNIMESP – 1995 Graduando em Direito – FIG-UNIMESP (4º Semestre) Especialista em Atividades e Esportes de Aventura – UniFMU – 2010 Mestre em Ciências da Saúde (Ênfase em Motricidade Humana ) – UnG – º Tenente-Dentista R/2 – Exército Brasileiro Cirurgião Dentista de Prefeitura Municipal de Guarulhos vinculado à Secretaria de Esportes (desde 1999) Docente nas Disciplinas de Anatomia Humana e Esportes de Aventura – FIG- UNIMESP (desde 1997) Coordenador e Docente – Pós Graduação em Atividades e Esportes de Aventura – UniFMU (Desde 2009) Docente – Pós Graduação - Univ. Gama Filho (Disciplina – Anatomia Humana) Praticante de Enduro a Pé (Trekking de Regularidade) desde 2000 – Tetracampeão Paulista ( ) e Vice campeão Brasileiro (08) Vice-Presidente da Federação Paulista de Enduro a Pé e Trekking –FEPEP ( ) Sócio-Proprietário e Diretor Técnico – Total Aventura ( ) Luciano Andrade Bernardes

2 Pós Esportes de Aventura d= d= Artigos, Dissertações, Teses, e outros trabalhos sobre as atividades de aventura estão no nosso site:

3 OS CEGOS E O ELEFANTE (História do Folclore Hindu) Numa cidade da Índia viviam sete sábios cegos. Como os seus conselhos eram sempre excelentes, todas as pessoas que tinham problemas recorriam à sua ajuda. Embora fossem amigos, havia uma certa rivalidade entre eles que, de vez em quando, discutiam sobre qual seria o mais sábio. Certa noite, depois de muito conversarem acerca da verdade da vida e não chegarem a um acordo, o sétimo sábio ficou tão aborrecido que resolveu ir morar sozinho numa caverna da montanha. Disse aos companheiros:

4 -Somos cegos para que possamos ouvir e entender melhor que as outras pessoas a verdade da vida. E, em vez de aconselhar os necessitados, vocês ficam aí discutindo como se quisessem ganhar uma competição. -Não aguento mais! Vou-me embora. No dia seguinte, chegou à cidade um comerciante montado num enorme elefante. Os cegos nunca tinham tocado nesse animal e correram para a rua ao encontro dele.

5 O primeiro sábio apalpou a barriga do animal e declarou: - Trata-se de um ser gigantesco e muito forte! Posso tocar nos seus músculos e eles não se movem; parecem paredes... -Que palermice! - disse o segundo sábio, tocando nas presas do elefante. - Este animal é pontiagudo como uma lança, uma arma de guerra...

6 -Ambos se enganam - retorquiu o terceiro sábio, que apertava a tromba do elefante. - Este animal é idêntico a uma serpente! Mas não morde, porque não tem dentes na boca. É uma cobra mansa e macia... -Vocês estão totalmente alucinados! - gritou o quarto sábio, que mexia nas orelhas do elefante. - Este animal não se parece com nenhum outro. Os seus movimentos são bamboleantes, como se o seu corpo fosse uma enorme leque ambulante...

7 -Vejam só! - Todos vocês, mas todos mesmos, estão completamente errados! - irritou-se o quinto sábio, tocando a pequena cauda do elefante. - Este animal é como uma rocha com uma corda presa no corpo. Posso até pendurar-me nele. -Que nada disse o sexto sábio, tocando a mão nas pernas do elefante - Esse animal se assemelha a uma árvore, essa é a verdade.

8 E assim ficaram horas debatendo, aos gritos, os seis sábios. Até que o sétimo sábio cego, o que agora habitava a montanha, apareceu conduzido por uma criança. Ouvindo a discussão, pediu ao menino que desenhasse no chão a figura do elefante. Quando tateou os contornos do desenho, percebeu como era de fato um elefante.

9 Moral da História...

10 - É assim que os homens se comportam perante a verdade. Pegam apenas numa parte, pensam que é o todo, e continuam tolos! - Todos os sábios estavam certos e errados ao mesmo tempo.

11 Educação Física:

12

13

14 Faculdades de Educação Física – Disciplina Aventura *Cursos situados em um raio de 100 kms de S.Paulo. Julho/2009 Atividades de Aventura na Escola Esportes de Aventura Pedagogia das Atividades Físicas de Aventura Pedagogia das Atividades Físicas de Aventura e Natureza Atividades Alternativas Esportes Alternativos Atividades Contemporâneas Surf Esportes Radicais Atividades Radicais e de Aventura Fundamentos dos Esportes de Aventura Esportes Regionais e de Aventura Modalidades Alternativas

15 MÍDIA: Sucesso Coragem Risco superado Heroismo Exclusividade Dinheiro

16 Você conhece??? Bob Burnquist – Campeão Mundial 2008 – Skate Vertical

17 Você conhece??? Guilherme Tâmega – Hexacampeão Mundial – Bodyboard

18 Você conhece??? Equipe Alaya Bozo d´Água - Bicampeã Mundial – Rafting

19 Você conhece??? Pepê - Campeão Mundial 1981 – Asa Delta

20 Você conhece???

21 Fabíola da Silva – Heptacampeã Mundial – Patins In-Line

22 Você conhece??? Sandro Mineirinho Dias – Pentacampeão Mundial – Skate Vertical

23 Você conhece??? Glenda Koslowski – Tetracampeã Mundial – Body Board

24 Toda atividade esportiva deve originar emo ç ão, prazer e satisfa ç ão tanto no praticante quanto no espectador (Cantorani e Pilatti, 2005)

25

26

27

28 Faça uma lista com todos os Esportes de Aventura que conhece! 5 minutos

29 Esportes de Aventura? Esportes de Ação? Atividades de Aventura? Esportes Radicais? Novos Esportes? Esportes Extremos? Práticas Corporais de Aventura? Esportes Californianos? Esportes Ecológicos? Esportes Selvagens? Atividades Experienciais? Treinamentos Experienciais? Atividades Outdoor?

30 O que é Jogo e o que é Esporte? Qual a di feren ç a?

31 Esporte: Tem regras formais, que são estipuladas por confederações internacionais de cada modalidade, dando a elas o caráter de universal. As regras são claras e até mesmo as sinalizações de arbitragem são padronizadas. Não há ludicidade, podendo existir até o profissionalismo.

32 Jogo: Tem regras, porém não formalizadas (Quem está no jogo, faz o jogo). Pode variar de região para região e tem características lúdicas. Segundo Huizinga (1938), o jogo é uma atividade livre, mas ao mesmo tempo capaz de absorver o jogador de maneira imensa e total. É praticada dentro de limites especiais e temporais próprios, segundo uma certa ordem e certas regras. HUIZINGA,J. Homo Ludens. 1938

33 Segundo o Ministério do Esporte (Comissão de Esporte de Aventura – CEAV ) : Esportes Radicais: Compreendem o conjunto de práticas esportivas formais e não formais, vivenciadas a partir de sensações e de emoções, sob condições de risco calculado. Realizadas em manobras arrojadas e controladas, como superação de habilidades de desafio extremo. Desenvolvidas em ambientes controlados, podendo ser artificiais, quer seja em manifestações educacionais, de lazer e de rendimento, sob controle das condições de uso dos equipamentos, da formação de recursos humanos e comprometidas com a sustentabilidade socioambiental.

34 Segundo o Ministério do Esporte (Comissão de Esporte de Aventura – CEAV ) : Esportes de Aventura: Compreendem o conjunto de práticas esportivas formais e não formais, vivenciadas em interação com a natureza, a partir de sensações e emoções, sob condições de incerteza em relação ao meio e de risco calculado. Realizadas em ambientes naturais (ar, neve, água, gelo e terra), como exploração das possibilidades da condição humana, em resposta aos desafios desses ambientes, quer seja em manifestações educacionais, de lazer e de rendimento, sob controle das condições de uso dos equipamentos, da formação de recursos humanos e comprometidas com a sustentabilidade socioambiental.

35 Segundo Javier Betrán Atividade Física de Aventura na Natureza (AFAN) Ar Terra Á gua

36 DE ONDE VEM A ATRA Ç ÃO PELAS ATIVIDADES DE AVENTURA?

37 CLASSIFICAÇÃO DOS JOGOS (Callois, 1958) 1.Agôn (Competi ç ão) 2.Alea (Chance) 3.Mimicry (Simula ç ão) 4.Ilinx (Vertigem)

38 CLASSIFICAÇÃO DOS JOGOS (Callois, 1958) Paidia: Algazarra, Riso solto, agita ç ão (Crian ç as) Ludus: Regras, t é cnicas, equipamentos (Adultos)

39 CLASSIFICAÇÃO DOS JOGOS AGÔN (Competição) Paidia Ludus

40 CLASSIFICAÇÃO DOS JOGOS Ilinx (Vertigem) Paidia Ludus

41

42 RISCO / EMOÇÃO A B C X X

43 VERTIGEM – RISCO - AVENTURA Serotonina: Neurotransmissor secretado pelos neurônios, é respons á vel pela sensa ç ão de prazer, tem fun ç ões antidepressivas. Endorfina: Neurotransmissor que age como analg é sico natural do nosso corpo, al é m das sensa ç ões de relaxamento, bem estar e euforia. Dopamina: Neurotransmissor respons á vel pela sensa ç ão de energia, satisfa ç ão e prazer. Produzida na base do c é rebro é respons á vel pelo mecanismo do v í cio. Adrenalina: Hormônio secretado pelas Glândulas Supra Renais, liberado em casos de situa ç ões de risco. Prepara o organismo para a luta.

44

45 Tamb é m liberam as mesmas substâncias...

46 Surfe Zagui, R., 2010

47 Mergulho Zagui, R., 2010

48 Escalada / Rapel Zagui, R., 2010

49 Inserindo as Atividades de Aventura na Educação Física Academias Acantonamentos Clubes Competições Escolas Eventos Públicos Hotéis Navios Universidades

50 Arvorismo / Rapel / Tirolesa Academias Acantonamentos Clubes Escolas Eventos Públicos Hotéis Navios Universidades

51 Slackline Academias Acantonamentos Clubes Escolas Eventos Públicos Hotéis Navios Universidades

52 Escalada Indoor Academias Acantonamentos Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Hotéis Navios Universidades

53 Boudering Acantonamentos Clubes Escolas Eventos Públicos Hotéis Universidades

54 Enduro a Pé Academias Acantonamentos Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Hotéis Navios Universidades

55 Trekking / Hiking Academias Acantonamentos Clubes Escolas Eventos Públicos Hotéis Universidades

56 Corrida de Orientação / Aventura Academias Acantonamentos Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Hotéis Navios Universidades

57 Atividades em Bicicleta Academias Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Universidades

58 Grassboard Acantonamentos Escolas Eventos Públicos Hotéis

59 Street Luge / Rolimã Acantonamentos Escolas Eventos Públicos Hotéis

60 Skate Academias Acantonamentos Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Hotéis Universidades

61 Parkour Academias Acantonamentos Clubes Escolas Eventos Públicos Hotéis Universidades

62 Patins Academias Acantonamentos Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Hotéis Universidades

63 Surfe Academias Acantonamentos Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Hotéis Universidades

64 Stand Up Surf Academias Acantonamentos Clubes Escolas Eventos Públicos Hotéis Universidades

65 Mergulho Academias Acantonamentos Clubes Escolas Hotéis Navios Universidades

66 Canoagem Academias Acantonamentos Clubes Competição Escolas Eventos Públicos Hotéis Navios Universidades


Carregar ppt "Currículo Graduado em Odontologia – UCCB –1991 Graduado em Educação Física – FIG-UNIMESP – 1995 Graduando em Direito – FIG-UNIMESP (4º Semestre) Especialista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google