A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATIVIDADES DE AVENTURA Conceitos. Faça uma lista com todos os Esportes de Aventura que conhece! 10 minutos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATIVIDADES DE AVENTURA Conceitos. Faça uma lista com todos os Esportes de Aventura que conhece! 10 minutos."— Transcrição da apresentação:

1 ATIVIDADES DE AVENTURA Conceitos

2 Faça uma lista com todos os Esportes de Aventura que conhece! 10 minutos

3 Esportes de Aventura? Esportes de Ação? Atividades de Aventura? Esportes Radicais? Novos Esportes? Esportes Extremos? Práticas Corporais de Aventura? Esportes Californianos? Esportes Ecológicos? Esportes Selvagens? Atividades Experienciais? Treinamentos Experienciais? Atividades Outdoor?

4 O que é Jogo e o que é Esporte? Qual a di feren ç a?

5 Esporte: Tem regras formais, que são estipuladas por confederações internacionais de cada modalidade, dando a elas o caráter de universal. As regras são claras e até mesmo as sinalizações de arbitragem são padronizadas. Não há ludicidade, podendo existir até o profissionalismo.

6 Jogo: Tem regras, porém não formalizadas (Quem está no jogo, faz o jogo). Pode variar de região para região e tem características lúdicas. Segundo Huizinga (1938), o jogo é uma atividade livre, mas ao mesmo tempo capaz de absorver o jogador de maneira imensa e total. É praticada dentro de limites especiais e temporais próprios, segundo uma certa ordem e certas regras. HUIZINGA,J. Homo Ludens. 1938

7 Aventura: Do latim Adventura: o que está por vir. Desconhecido, incerto, imprevisível. Radical: Do latim Radix: Raiz. Usa-se o termo por se entender que a raiz, a razão de toda existência humana esteja na busca por emoções e sensações. O que é uma atividade emocionante para um, pode não ser para outro. O que é decepcionante para um não é para outro.

8 Segundo o Senso Comum: Esportes de Aventura: Esportes onde existem riscos controlados e de contato com a natureza. Esportes Radicais: Esportes onde há a necessidade de desafios extremos (adrenalina), onde o perigo é real. Podem ser realizados em qualquer tipo de ambiente.

9 Tow-In Skate Vertical MotocrossFreestyle Caiaque Extremo

10 Segundo o Ministério do Esporte (Comissão de Esporte de Aventura – CEAV ) : Esportes Radicais: Compreendem o conjunto de práticas esportivas formais e não formais, vivenciadas a partir de sensações e de emoções, sob condições de risco calculado. Realizadas em manobras arrojadas e controladas, como superação de habilidades de desafio extremo. Desenvolvidas em ambientes controlados, podendo ser artificiais, quer seja em manifestações educacionais, de lazer e de rendimento, sob controle das condições de uso dos equipamentos, da formação de recursos humanos e comprometidas com a sustentabilidade socioambiental.

11 Segundo o Ministério do Esporte (Comissão de Esporte de Aventura – CEAV ) : Esportes de Aventura: Compreendem o conjunto de práticas esportivas formais e não formais, vivenciadas em interação com a natureza, a partir de sensações e emoções, sob condições de incerteza em relação ao meio e de risco calculado. Realizadas em ambientes naturais (ar, neve, água, gelo e terra), como exploração das possibilidades da condição humana, em resposta aos desafios desses ambientes, quer seja em manifestações educacionais, de lazer e de rendimento, sob controle das condições de uso dos equipamentos, da formação de recursos humanos e comprometidas com a sustentabilidade socioambiental.

12 Segundo Javier Betrán Atividade Física de Aventura na Natureza (AFAN) Ar Terra Á gua

13 Classifica ç ão das AFAN (Javier Betr á n)

14 Segundo Pereira e Armbrust Esportes Radicais Ação Aventura

15 Segundo Pereira e Armbrust Esportes Radicais AçãoAventura

16 Então, os termos preferenciais são: Atividades Físicas de Aventura – AFA (FRANCO, L.) ou Atividades de Aventura (MARINHO,A.) Artificiais Naturais

17 5º Congresso Brasileiro de Atividades de Aventura Atividades de Aventura em Ambientes Artificiais São Bernardo do Campo – 2010 Luciano Andrade Bernardes

18 Atividades de Aventura em Ambientes Artificiais...na Natureza Adaptada (Semi-Artificial)...Adaptadas ao Ambiente Urbano

19 Ambientes Artificiais

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30 Natureza Adaptada (Semi-Artificial)

31 Natureza Adaptada (Semi-Artificial)

32

33

34

35 Adaptadas ao Ambiente Urbano

36 Adaptadas ao Ambiente Urbano

37

38

39 Ambiente Urbano

40 Atividades de Aventura em Ambientes Artificiais Legado: Aproximar as Atividades de Aventura de grande contingente urbano. Diminuir o preconceito atrelado à s Atividades de Aventura. Adaptar as Atividades de Aventura para Crian ç as. Ampliar as possibilidades de lazer para a popula ç ão. Estimular a pr á tica de atividade f í sica regular. Sugestão de Leitura: MARINHO A. Atividades de aventura em ambientes artificiais. In: UVINHA R.R. Turismo de Aventura: Reflexões e Tendências. São Paulo – Aleph, 2005


Carregar ppt "ATIVIDADES DE AVENTURA Conceitos. Faça uma lista com todos os Esportes de Aventura que conhece! 10 minutos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google