A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR A exploração dos recursos naturais de uso turístico tende a ser constante, já que este vem a ser um.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR A exploração dos recursos naturais de uso turístico tende a ser constante, já que este vem a ser um."— Transcrição da apresentação:

1 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR A exploração dos recursos naturais de uso turístico tende a ser constante, já que este vem a ser um subsistema fundamental e é ao seu redor que estão aglomerados os demais subsistemas. O sistema teria que explorar seus atrativos turísticos de maneira que uma degradação -pelo uso- correspondesse uma força oposta, impulsionada pelo homem, de caráter conservador ou regenerador para, dessa forma, garantir a duração do sistema a longo prazo, como, por exemplo, uma cidade com vocação turística na área costeira

2 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR Os atrativos turísticos naturais ou ecológicos, são inibidos pelas forças de outros subsistemas. A natureza dessas forças é variável e obedece um objetivo específico: a manutenção de certos interesses econômicos em detrimento aos interesses ecológicos.

3 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR LOGIA NOMIA Qual dos ecos vence a disputa ? X

4 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR CUIDAR DO ECONÔMICO NÃO IMPLICA NECESSARIAMANETE PROTEGER O ECOLÓGICO; NO ENTANTO, PROTEGER O ECOLÓGICO SIGNIFICA BENEFICIAR O SUBSISTEMA ECONÔMICO A CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO.

5 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR A geração de problemas ambientais obriga a reestruturação do sistema para a recuperação dos investimentos turísticos no menor prazo possível, sem maiores considerações, com o meio ecológico e, em muitos casos, com o próprio turista. Não há então a exploração racional do turismo. O que ocorre é a EXPLORAÇÃO DO TURISTA, através principalmente dos preços abusivos e da queda da qualidade dos serviços.

6 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR A essência do problema que causa a crise ecológica nos espaços de uso turístico talvez possa ser resumida no enfrentamento de forças que ocorre no espaço cultural contra o espaço natural. O homem precisa ocupar e explorar o espaço natural para a satisfação das suas necessidades. Para isso altera os ecossistemas sem avaliar ou dimensionar racionalmente –no sentido do planejamento integrado- o impacto causado por tal degradação. Estes modos de comportamento e de ação, cada vez mais comuns, aproximam o SISTUR de um colapso, como conseqüência do consumo da qualidade dos atrativos naturais provocados pela deterioração causada pelo racional HOMEM.

7 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR Subsistema Ecológico Tipologia do Espaço Espaço Real: Refere-se a toda a superfície do nosso planeta e à camada da biosfera que o envolve, que podem ser percebidas pelo homem por meio dos sentidos. É real porque é possível comprovarmos sua existência e deslocarmo-nos por ele, e mesmo,em muitos casos, modificá-lo.

8 Espaço Potencial: É a possibilidade de destinar o espaço real a algum uso diferente do atual; portanto, o espaço potencial não existe no presente, sua realidade pertence à imaginação dos planejadores, quando, depois do diagnóstico, ao passar para a parte propositiva do plano, estudam-se as possibilidades de uso de um território.

9 Espaço Cultural É aquela parte da superfície terrestre que, devido à ação humana, teve modificado sua fisionomia original. Para destacar que o espaço cultural é conseqüência do trabalho humano, voltado ao acondicionamento do solo a suas necessidades. Também é chamado de espaço adaptado. Conforme o tipo de tarefa que o homem realiza sobre o espaço cultural ou adaptado, originam-se o espaço natural adaptado e o espaço artificial.

10 Espaço Natural Adaptado São as parcelas da superfície terrestre onde predominam espécies do reino vegetal, animal ou minerais, sob as condições que o homem lhe estabeleceu. Dessa forma as árvores ou outros vegetais vão crescer de acordo com as forças da natureza, mas é o homem quem decide onde devem nascer e quanto tempo vão viver.

11 Espaço Artificial Inclui a parcela da superfície terrestre onde predomina todo tipo de artefato construído pelo homem, sendo sua expressão máxima a cidade - espaço urbano – Nele a maior parte do que existe foi feito pelo homem. As formas foram inventadas por ele, e quando aparece algum elemento natural (flores, plantas, árvores) sua função é decorar o ambiente artificial produzido.

12 Espaço Natural Virgem São aquelas áreas, cada vez mais escassas, do espaço natural sem vestígios da ação humana. Espaço Vital Essa forma espacial não se refere ao solo, mas ao homem ou a qualquer outra espécie e o seu entorno essencial, considerado o meio favorável à sua existência.

13 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR Conservação Ambiental SNUC – Sistema Nacional das Unidades de Conservação da Natureza. A conservação dos recursos turísticos naturais exige a aplicação das seguintes normas: -Estratégia -Preservação -Restauração -Maximização -Reutilização -Substituição -Uso Integral

14 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR Conservação Ambiental Capacidade de Carga Educação Ambiental Estudo de Impacto Ambiental Controle Ambiental Capacitação Profissional

15 Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR


Carregar ppt "Relações Ambientais do Sistema de Turismo - SISTUR A exploração dos recursos naturais de uso turístico tende a ser constante, já que este vem a ser um."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google