A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Ludicidade tão importante para a saúde mental do ser humano precisa ser mais considerada; o espaço lúdico da criança está merecendo maior atenção, pois.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Ludicidade tão importante para a saúde mental do ser humano precisa ser mais considerada; o espaço lúdico da criança está merecendo maior atenção, pois."— Transcrição da apresentação:

1

2 A Ludicidade tão importante para a saúde mental do ser humano precisa ser mais considerada; o espaço lúdico da criança está merecendo maior atenção, pois é o espaço para a expressão mais genuína do ser, é o espaço do exercício da relação afetiva com o mundo, com as pessoas, e com objetos. Nylse H. da Silva Cunha Psicóloga

3 Na Grécia – Platão (427–348): Os primeiros anos da infância deverão ser ocupados com jogos educativos praticados por ambos os sexos; Esporte tinha objetivo educacional e moral para formação da personalidade e do caráter;

4 Egípcios, Romanos, Maias: Jogos como meio de se passar o conhecimento, valores e padrões de vida social aos jovens aprendizes.

5 Comenius (1671): Três idéias que tornaram-se a base da nova didática: naturalidade, intuição e auto-atividade. Pestalozzi: Jogo é um fator decisivo que enriquece o senso de responsabilidade e fortifica as normas de cooperação.

6 Piaget: Os jogos não são apenas uma forma de desafogo ou entretenimento para gastar energia, mas meios que contribuem e enriquecem o desenvolvimento intelectual; Tornam-se mais significativos a medida que a criança desenvolve, pois a partir da livre manipulação de objetos, reinventa coisas, o que exige uma adaptação mais complexa.

7 Entendendo a Ludoeducação O que é jogo? Uma atividade ou ocupação voluntária, exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias, dentro de um fim em si mesmo, acompanhado de um sentimento de tensão e alegria e de uma consciência de ser diferente da vida cotidiana. Johan Huizinga, Homo Ludens, p.33

8 Entendendo a Ludoeducação O que é Ludoeducação? A ludoeducação é a forma eficiente de entrelaçar uma atividade agradável e motivadora com o conteúdo educacional que desejamos ou necessitamos transmitir.

9 Objetivos das atividades lúdicas e dos jogos Estimulam a participação Criam ambiente agradável entre evangelizador e evangelizando Aumentam o interesse /motivação Cooperação entre os elementos do grupo

10 Valor Educacional dos Jogos Conhecer suas crianças e jovens Perceber qualidades e defeitos Perceber os valores (lealdade, respeito, bondade, cortesia) Cooperação entre os elementos do grupo

11 Desenvolvimento Pessoal a - Autodescoberta b - Autonomia c - Auto-estima

12 Desenvolvimento Cooperativo a - Convívio b - Cooperação c - Habilidade de Liderar e ser liderado

13 Itens que influenciam na aplicação dos jogos a - Local b – Número de Jogadores c - Divisão de Jogadores d - Identificação das Equipes

14 Itens que influenciam na aplicação dos jogos e - Liderança f – Material utilizado no jogo g - Demarcação do campo

15 Procedimentos durante a aplicação dos jogos a – Antes Preparação do Material Explicação do Jogo Formação

16 Procedimentos durante a aplicação dos jogos b – Durante Duração e Ritmo Arbitragem

17 Procedimentos durante a aplicação dos jogos c – Depois Vitória Comemorações Verificação do material utilizado Avaliação

18 O Jogo e as atividades Lúdicas no Desenvolvimento Infantil a – Fase sensório-motora (0 – 2 anos) Desenvolvimento dos sentidos Executa movimentos com o corpo Objetos são para serem explorados Histórias Brinca pelo simples prazer de brincar, rolar, sons, bater, ações repetitivas.

19 O Jogo e as atividades Lúdicas no Desenvolvimento Infantil b – Fase Simbólica Global (2 – 4 anos) Movimentos físicos intencionais (amassar, encaixar, rasgar, montar e desmontar). Imitação Dança Histórias Brincar de esconder Brincadeiras simples realizadas com maior interesse Brinquedos socializados e regras não funcionam (egocentrismo)

20 O Jogo e as atividades Lúdicas no Desenvolvimento Infantil c – Fase Intuitiva (4 – 6/7 anos) Corpo em movimento Rabiscar, pintar, amassar, modular. Dramatização Brinca em grupo (quer sempre ganhar e muda as regras para isso) Quebra-cabeças, jogos de montar, construir histórias.

21 O Jogo e as atividades Lúdicas no Desenvolvimento Infantil d – Fase das Operações Concretas (8 – 11/12 anos) Cooperação com os semelhantes Práticas esportivas Jogos de construir que representam acontecimentos da vida real Brinquedos que ensinem a vivenciar as relações da vida real.

22 O Jogo e as atividades Lúdicas no Desenvolvimento Infantil e – Fase Hipotético-Dedutivo (a partir dos 11/12 anos) Julgamentos, criatividade, crítica, amadurecimento das relações sociais. Jogos que estimulem o desafio, a perspicácia, a auto- superação. Observações científicas, jogos intelectuais, de regras, quebra-cabeças, pesquisa, projetos, aventuras, vivência em grupo.

23 Exemplos de Jogos e de Atividades Lúdicas

24 Jogo de Tabuleiro

25

26 Jogo Pedagógico

27 Amarelinha Rostos Vivência

28 O Papel do Evangelizador Ter técnica Conhecer várias atividades Ser alegre, sentar com as crianças, saber brincar Pensar no conteúdo ético da história


Carregar ppt "A Ludicidade tão importante para a saúde mental do ser humano precisa ser mais considerada; o espaço lúdico da criança está merecendo maior atenção, pois."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google