A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O JOGO COMO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM b EQUIPE b AZENILDA b DANNYELA b LILIANE b ROSANGELA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O JOGO COMO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM b EQUIPE b AZENILDA b DANNYELA b LILIANE b ROSANGELA."— Transcrição da apresentação:

1 O JOGO COMO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM b EQUIPE b AZENILDA b DANNYELA b LILIANE b ROSANGELA

2 CONCEITO JOGO É UMA AÇÃO OU ATIVIDADE VOLUNTÁRIA, REALIZADA DENTRO DE CERTOS LIMITES DE TEMPO E DE LUGAR, SEGUNDO UMA REGRA LIVREMENTE CONSENTIDA, MAS IMPERATIVA, PROVIDA DE UM FIM EM SI, ACOMPANHADA DE UM SENTIMENTO DE TENSÃO, DE ALEGRIA E DE UMA CONSCIÊNCIA DE SER DIFERENTE DO QUE SE É NA VIDA NORMAL. Johan Huizinga

3 BENEFÍCIOS DO JOGO b PROPICIA UMA AÇÃO DO INDIVÍDUO SOBRE A REALIDADE b MOTIVA E POSSIBILITA A CRIAÇÃO DE NOVAS AÇÕES b DESENVOLVE A IMAGINAÇÃO b CONTRIBUI NO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM

4 É NO JOGO, E PELO JOGO, QUE A CIVILIZAÇÃO SURGE E SE DESENVOLVE. Johan Huinziga Johan Huinziga BENEFÍCIOS DO JOGO

5 COMPONENTES BÁSICOS DE UM JOGO b PAPÉIS b CENÁRIO b REGRAS DO JOGO b SISTEMA DE TABULAÇÃO

6 PAPÉIS b ESTRUTURADO - O PARTICIPANTE REPRESENTA UM PAPEL BEM CARACTERIZADO, ÀS VEZES BEM DIFERENTE DE COMO ELE PRÓPRIO SERIA. b DESESTRUTURADO - O PARTICIPANTE AGE MAIS OU MENOS COMO ELE PRÓPRIO AGIRIA SE ESTIVESSE NO PAPEL.

7 CENÁRIO É O CLIMA GERAL, O AMBIENTE, ONDE DEVERÁ TRANSCORRER O JOGO.

8 REGRAS DO JOGO b DEVEM SER CLARAS E OBJETIVAS. b DEVEM DEFINIR CLARAMENTE OS LIMITES DO JOGO; O QUE PODE E O QUE NÃO PODE SER FEITO.

9 SISTEMA DE TABULAÇÃO b REGISTRA O ANDAMENTO DOS ACONTECIMENTOS b REPRESENTA O TERMÔMETRO DO JOGO

10 APRENDIZAGEM NO JOGO OUÇO E ESQUEÇO; OUÇO E ESQUEÇO; VEJO E RECORDO; VEJO E RECORDO; FAÇO E COMPREENDO. Confúcio

11 APRENDIZAGEM VIVENCIAL b OCORRE QUANDO UMA PESSOA SE ENVOLVE NUMA ATIVIDADE, ANALISA A ATIVIDADE CRITICAMENTE, EXTRAI ALGUM INSIGHT ÚTIL DESSA ANÁLISE E APLICA SEUS RESULTADOS

12 FASES DO CICLO DE APRENDIZAGEM VIVENCIAL b VIVÊNCIA – ATIVIDADE - FAZER b RELATO – COMPARTILHAR REAÇÕES E OBSERVAÇÕES b PROCESSAMENTO – DISCUTIR OS PADRÕES E DINÂMICAS b GENERALIZAÇÃO – INTERFERÊNCIA DE PRINCÍPIOS SOBRE O MUNDO REAL b APLICAÇÃO – PLANEJAMENTO DE COMPORTAMENTO MAIS EFICAZ

13 VIVÊNCIA b PRIMEIRA FASE DO CICLO LIGADA A JOGOS OU A DIVERTIMENTOS b FABRICAÇÃO DE PRODUTOS b SOLUÇÃO DE PROBLEMAS b CRIAÇÃO DE OBJETOS DE ARTE b ESTUDO DE CASOS

14 RELATO SEGUNDA FASE DO CICLO b MOMENTO DO GRUPO COMPARTILHAR O QUE ACONTECEU TANTO A NÍVEL COGNITIVO QUANTO AFETIVO b REGISTRO DE DADOS RELATIVOS À PRODUÇÃO DO GRUPO SATISFAÇÃO. CONFIANÇA, LIDERANÇA, COMUNICAÇÃO, DECISÕES, SENTIMENTOS

15 PROCESSAMENTO TERCEIRA FASE – DINÂMICA DE GRUPO PARTICIPANTES RECONSTROEM OS PADRÕES DE COMPORTAMENTO, AS INTERAÇÕES DA ATIVIDADE, A PARTIR DOS RELATOS INDIVIDUAIS PARTICIPANTES RECONSTROEM OS PADRÕES DE COMPORTAMENTO, AS INTERAÇÕES DA ATIVIDADE, A PARTIR DOS RELATOS INDIVIDUAIS

16 GENERALIZAÇÃO QUARTA FASE OS PARTICIPANTES DEVERÃO INFERIR PRINCÍPIOS QUE PODERÃO SER APLICADOS EM SUA REALIDADE. OS PARTICIPANTES DEVERÃO INFERIR PRINCÍPIOS QUE PODERÃO SER APLICADOS EM SUA REALIDADE. É IMPORTANTE QUE AS GENERALIZAÇÕES SEJAM DEBATIDAS E APRESENTADAS AO GRUPÃO É IMPORTANTE QUE AS GENERALIZAÇÕES SEJAM DEBATIDAS E APRESENTADAS AO GRUPÃO

17 APLICAÇÃO b MOMENTO EM QUE OS PARTICIPANTES TRANSFEREM AS GENERALIZAÇÕES PARA A SITUAÇÃO REAL NA QUAL ESTÃO ENVOLVIDOS E PLANEJAM COMPORTAMENTOS MAIS EFICAZES

18 PRESSUPOSTOS DA APRENDIZAGEM DE ADULTOS b EXPERIÊNCIA ATIVADA PELO APRENDIZ E ACONTECENDO DENTRO DELE b O RECURSO MAIS RICO É O PROPRIO APRENDIZ b PROCESSO TANTO EMOCIONAL QUANTO INTELECTUAL b PROCESSO DE COOPERAÇÃO E COLABORAÇÃO b MUITO ORIGINAL E INDIVIDUAL b VEM DA EXPERIÊNCIA DE TER VIVENCIADO

19 CONDIÇÕES PARA APRENDIZAGEM b AMBIENTE DE PESSOAS ATIVAS b CLIMA DE RESPEITO E ACEITAÇÃO E CONFIANÇA b CLIMA DE AUTO-DESC0BERTA b CLIMA DE ABERTURA b CLIMA EM QUE AS DIFERENÇAS SÃO VISTAS COMO BOAS E DESEJÁVEIS b AVALIAÇÃO COOPERATIVA E AUTO-AVALIAÇÃO

20 CONCLUSÃO O BRINCAR É O FAZER EM SI, UM FAZER QUE REQUER TEMPO E ESPAÇO PRÓPRIOS; UM FAZER QUE SE CONSTITUI DE EXPERIÊNCIAS CULTURAIS QUE É UNIVERSAL E PRÓPRIO DA SAÚDE, PORQUE FACILITA O CRESCIMENTO, CONDUZ AOS RELACIONAMENTOS GRUPAIS, PODENDO SER UMA FORMA DE COMUNICAÇÃO CONSIGO MESMO (A CRIANÇA) E COM OS OUTROS WINNICOTT WINNICOTT

21 CONCLUSÃO ACREDITO QUE CADA PESSOA SÓ APRENDE O QUE VIVENCIA: SINTO QUE É EXTREMAMENTE COMPENSADOR APRENDER EM GRUPO, NAS RELAÇÕES COM OUTRAS PESSOAS... ACREDITO QUE CADA PESSOA SÓ APRENDE O QUE VIVENCIA: SINTO QUE É EXTREMAMENTE COMPENSADOR APRENDER EM GRUPO, NAS RELAÇÕES COM OUTRAS PESSOAS... CARL ROGERS


Carregar ppt "O JOGO COMO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM b EQUIPE b AZENILDA b DANNYELA b LILIANE b ROSANGELA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google