A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As Inauditas Funções Sintáticas da Língua de Camões.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As Inauditas Funções Sintáticas da Língua de Camões."— Transcrição da apresentação:

1 As Inauditas Funções Sintáticas da Língua de Camões

2 Constituintes da frase – grupos frásicos Grupo nominal Grupo verbal Grupo preposicional Grupo adverbial Grupo adjetival

3 Um grupo nominal pode ser constituído da seguinte forma: 1. Um nome: …garante Horácio. 2. Um determinante + um nome: Outros poetas dão-se… 3. Um determinante + um determinante possessivo + um nome: movimentou as suas tropas 4. Um quantificador + um nome: …fez que dois esquadrões se formassem… 5. Um determinante + um adjetivo + um nome : O grande Homero dormitava… 6. Um determinante+ um nome + um grupo preposicional: ouviu-se uma sarabanda de buzinas 7. Um determinante + um nome + uma oração: … não são apenas os poetas que se deixam dormitar. 8. Um pronome: Aquilo não era uma pouca de gente… Grupo nominal tem como núcleo um nome ou pronome.

4 Um grupo verbal pode ter as seguintes constituições: 1. Um verbo: O grande Homero dormitava… 2. Um verbo + um grupo nominal: Logo se enlearam dois fios… 3. Um verbo + um grupo nominal + um grupo preposicional : Soaram as sirenes no quartel… 4. Um verbo + um grupo preposicional: …sete homens aproximaram-se da mourama 5. Um verbo + um grupo adverbial : O comissário Nunes interpretou mal 6. Um verbo + pronome + uma oração: …disseram-lhe que iriam providenciar… Grupo verbal tem como núcleo um verbo ou um complexo verbal.

5 Exemplos 1. Preposição + grupo nominal: relinchos de cavalos e imprecações guturais em alta grita 2. Preposição + grupo adverbial: O exército saiu de lá 3. Preposição + oração : estava a pensar em estabelecer contacto com a tropa moura Grupo preposicional tem como núcleo uma preposição que ocupa sempre a posição inicial.

6 Exemplos 1. Advérbio: Cautelosamente, os sete homens aproximaram-se 2. Advérbio + advérbio: esconderam-se lá dentro. 3. Advérbio + grupo preposicional : ontem de manhã invadiram Lisboa. Grupo adverbial tem como núcleo um advérbio.

7 Exemplos 1. Adjetivo: Alá é grande 2. Advérbio + adjetivo: Alá é muito grande 3. Adjetivo + grupo preposicional : Aquela gente era impossível de aguentar. Grupo adjetival tem como núcleo um adjetivo.

8 Funções sintáticas fundamentais predicado modificador vocativo sujeito Funções sintáticas

9 Simples Composto Nulo Subentendido Indeterminado Expletivo Sujeito

10 Funções sintáticas no grupo verbal Complementos do verbo Complemento direto Complemento indireto Complemento agente da passiva Complemento oblíquo Predicativo do sujeito Predicativo do complemento direto Predicativo Modificador

11 Tipos de sujeito Simples: O grande Homero às vezes dormitava. Os automobilistas começaram por apanhar um grande susto. Composto: Tanto os deuses como os homens costumam dormitar. Os berberes e os azenegues faziam parte do exército mouro. Subentendido: Buzinaram. (subentende-se que foram os automobilistas) Nulo Indeterminado : Viu-se os mouros envolvidos por milhares de carros. (não se sabe quem) Expletivo: Assim aconteceu Havia uma grande confusão no local. Constituinte da frase que controla a concordância verbal, sendo constituído normalmente por um grupo nominal.

12 Predicado Exemplos: Clio adormeceu. Clio deixou descair a cabeça loura. El- Muftar deu uma ordem às suas tropas naquele instante. El- Muftar deu uma ordem às suas tropas, naquele instante. Alá é grande e Clio estava distraída Função sintática desempenhada pelo grupo verbal. NB. Toda a informação que se segue ao verbo faz parte do predicado, excetuando o que é separado por vírgulas, ou que faça parte de outras orações independentes.

13 Complemento direto É constituído por um grupo nominal exigido pelo verbo. O quê? Clio tecia a história. O quê? Os Árabes atacaram Lisboa naquela manhã de Setembro. O quê? Adoravam Alá.

14 Complemento indireto É exigido pelo verbo e é constituído por um grupo preposicional introduzido pela preposição a. Exemplos: A quem? Todos os chefes obedeciam a El-Muftar. A quem? Disse aos seus homens para manterem a calma. A quem? Não lhe pareceu o momento oportuno.

15 Complemento oblíquo É exigido pelo verbo e é constituído por um grupo preposicional ou adverbial. Exemplos: Os Mouros chegaram a Lisboa. Embora não se percebesse bem.

16 Complemento agente da passiva É exigido pelo verbo numa frase passiva e é constituído por um grupo preposicional, introduzido pela proposição por. Exemplo: A pedra foi atirada por Manuel Silva Lopes. Na forma ativa: Manuel Silva Lopes atirou a pedra.


Carregar ppt "As Inauditas Funções Sintáticas da Língua de Camões."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google