A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO À ECONOMIA A CIRCULAÇÃO NUMA ECONOMIA DE MERCADO CANO, Wilson. Introdução à Economia: uma abordagem crítica. 2 ed. São Paulo: UNESP, 1998. 264p.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO À ECONOMIA A CIRCULAÇÃO NUMA ECONOMIA DE MERCADO CANO, Wilson. Introdução à Economia: uma abordagem crítica. 2 ed. São Paulo: UNESP, 1998. 264p."— Transcrição da apresentação:

1 INTRODUÇÃO À ECONOMIA A CIRCULAÇÃO NUMA ECONOMIA DE MERCADO CANO, Wilson. Introdução à Economia: uma abordagem crítica. 2 ed. São Paulo: UNESP, p. (Capítulo 3 – A Circulação numa Economia de Mercado) Prof. Dr. Raimundo Cláudio Gomes Maciel Blog: raimundoclaudio.wordpress.com

2 Fluxo real de bens e serviços numa Economia primitiva

3 DIAGRAMA DO FLUXO CIRCULAR NA ECONOMIA MODERNA Recursos Naturais, Capital e Trabalho Vendidos Recursos Naturais, Capital e Trabalho Comprados Renda Salários, Lucros, Juros e Aluguéis Bens e Serviços Vendidos EMPRESAS: Produzem e vendem Bens e Serviços Contratam e utilizam fatores de produção FAMÍLIAS: Compram e consomem bens e serviços. São proprietárias de fatores de produção e os vendem MERCADO DE BENS E SERVIÇOS: As empresas vendem As famílias compram MERCADOS DE FATORES DE PRODUÇÃO: As famílias vendem As empresas compram Bens e Serviços Comprados DespesasReceitas Setas Internas Indicam o fluxo real (Oferta) Setas externas Indicam o fluxo nominal (Demanda)

4 Condicionamento Quadridimensional dos Mercados Mercado de Insumos (transações intermediárias): Somente atuam empresas Reduzido número de empresas em cada segmento Insumos de Bens de capital: Durabilidade Altos custos Financiamento de Longo Prazo

5 Condicionantes do Aparelho Produtivo Unidades Produtivas: Função de Produção Coeficientes de utilização de insumos por unidade de produto Demanda por fatores produtivos Mercado: Oferta suficiente ou Equilíbrio? Países Desenvolvidos: sim Países Subdesenvolvidos: não Excesso de mão-de-obra Escassez de capital Atraso tecnológico

6 Condicionantes do Aparelho Produtivo Função Técnica de Produção dos países subdesenvolvidos: Mão-de-obra e Capital Unidades Produtoras: máximo de benefício x mínimo de custos Função de Produção geralmente adotada: Tecnologia mais avançada (países desenvolvidos) Preços relativos (países desenvolvidos)

7 Condicionantes do Aparelho Produtivo Condicionantes: Capital Intensividade Fator trabalho Qualidade: tipo de trabalhadores Quantidade: desemprego

8 Condicionantes do Mercado de Serviços de Fatores FORMAÇÃO DOS PREÇOS DOS FATORES Mão-de-obra Capital Recursos Naturais Países Subdesenvolvidos Livre Concorrência Fatores Abundantes: níveis baixíssimos Fatores Escassos: níveis altíssimos

9 Condicionantes do Mercado de Serviços de Fatores Formação dos Preços da Força de Trabalho: países subdesenvolvidos Pobreza Absoluta Salário Mínimo Mão-de-obra qualificada: altos salários Com o tempo volta à normalidade do sistema Baixos salários Precarização do trabalho

10 Condicionantes do Mercado de Serviços de Fatores Formação dos Preços da Força de Trabalho: países subdesenvolvidos (cont.) Mão-de-obra desqualificada Desemprego Informalidade Mundo do Trabalho: políticas neoliberais Terceirização Informalização crescente Alto desemprego de longa duração Diminuição da jornada de trabalho Perda de peso político e institucional dos sindicatos etc.

11 Condicionantes do Mercado de Serviços de Fatores Formação dos Preços do Capital: países subdesenvolvidos Lucros Juros: papel de destaque na teoria econômica Determinante do: Investimento, preços, técnicas de produção etc. Remuneração fatorial

12 Condicionantes do Mercado de Serviços de Fatores Formação dos Preços do Capital: países subdesenvolvidos Exemplo: Investimento em uma Unidade de Produção Valor do Investimento R$ ,00 Remuneração Investimento15% Taxa de Juros10% Lucro apropriado - capital próprio R$ 1.500,00 Lucro apropriado - capital emprestado R$ 500,00

13 Condicionantes do Mercado de Serviços de Fatores Formação dos Preços do Capital: países subdesenvolvidos Escassez de Capital Regulação: taxa de juros SELIC Políticas neoliberais: altos juros Capital financeiro: especulação Capital produtivo: diminuição Taxa de Lucro Tributação

14 Condicionantes do Mercado de Serviços de Fatores Formação dos Preços dos Recursos Naturais : países subdesenvolvidos Existência Regime de propriedade Latifúndio improdutivo Urbanização

15 Condicionantes da Estrutura da Propriedade - Famílias RN - K - TQ – RN - K - TQ - TNQ - RN - K - TNQ – Onde, A – Classe Alta M – Classe Média B – Classe Baixa RN – Recursos Naturais K – Capital TQ – Trabalho Qualificado TNQ – Trabalho Não Qualificado

16 Condicionantes da Estrutura da Propriedade - Famílias $ - Onde, A – Classe Alta M – Classe Média B – Classe Baixa $ – Renda Familiar $ -

17 Condicionantes da Estrutura da Propriedade - Famílias Desigualdade de Propriedade e Renda Familiar Alterações no poder de compra Definição da estrutura da demanda RendaValor Gastos - Alimentação Saldo %R$ Baixa R$ 400,00100% R$ 400,00 R$ - Média R$ 1.000,0040% R$ 400,00 R$ 600,00 Alta R$ ,0020% R$ 2.000,00 R$ 8.000,00

18 Condicionantes no Mercado de Bens e Serviços de Consumo Teoria Microeconômica Comportamento do consumidor e empresário Preferências, gostos, preços e utilidades Livre concorrência Soberania do consumidor Preço de equilíbrio

19 Condicionantes no Mercado de Bens e Serviços de Consumo Concorrência Imperfeita São os Produtores que definem: Tipo, qualidade e preços dos bens e serviços a serem consumidos Monopólios, oligopólios, trustes, cartéis etc. Preços ajustam oferta à demanda Preços levam somente em consideração o Poder de compra das famílias


Carregar ppt "INTRODUÇÃO À ECONOMIA A CIRCULAÇÃO NUMA ECONOMIA DE MERCADO CANO, Wilson. Introdução à Economia: uma abordagem crítica. 2 ed. São Paulo: UNESP, 1998. 264p."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google