A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Várias etapas do controlo de qualidade da água para consumo humano A 1ª etapa deste processo é a Esterilização da torneira com chama, emitida por um maçarico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Várias etapas do controlo de qualidade da água para consumo humano A 1ª etapa deste processo é a Esterilização da torneira com chama, emitida por um maçarico."— Transcrição da apresentação:

1 Várias etapas do controlo de qualidade da água para consumo humano A 1ª etapa deste processo é a Esterilização da torneira com chama, emitida por um maçarico. chama, emitida por um maçarico. Depois mede-se a temperatura da água, com um termómetro digital. com um termómetro digital. De seguida, misturam-se vários reagentes químicos com a água e de seguida é químicos com a água e de seguida é medida a concentração do cloro livre medida a concentração do cloro livre na água, com um espectrofotómetro.

2 Depois, faz-se uma recolha de amostra de água. As amostras de água são recolhidas, na maioria das localidades abastecidas, pelo menos duas vezes por ano e de seis em seis meses, de acordo com o DL n.º 243/2001. DL n.º 243/2001.DL n.º 243/2001DL n.º 243/2001 Em Torres Novas são recolhidas amostras três vezes por mês (no Hospital são recolhidas amostras seis vezes por ano e de dois em dois meses).

3 Segundo o n.º 1 do artigo 7º do DL n.º 243/2001, as amostras são recolhidas nas torneiras normalmente utilizadas para consumo humano. Os locais de recolha podem ser: casas particulares, casas particulares, escolas e infantários, escolas e infantários, cafés e restaurantes, cafés e restaurantes, mercados, mercados, lares de idosos, lares de idosos, postos médicos, postos médicos, Juntas de freguesia, Juntas de freguesia, pavilhões desportivos, pavilhões desportivos, centro de saúde; centro de saúde; bombeiros em hospitais. bombeiros em hospitais.

4 A seguir as amostras de água são transportadas numa mala térmica, que vai para um laboratório onde são analisadas através dos seguintes parâmetros: Alumínio; Alumínio; Amónio; Amónio; Cheiro; Cheiro; Sabor; Sabor; Cloro residual livre; Cloro residual livre;

5 Condutividade; Condutividade; Cor; Cor; Ferro Manganês, Ferro Manganês, Nitratos, Nitratos, Nitritos, Nitritos, Oxidabilidade, Oxidabilidade, pH, pH, Sólidos Dissolvidos. Sólidos Dissolvidos.

6 Parâmetro Valor Paramétrico Unidade 1 Acrilamida 0,9ug/l 2 Antimónio 5,2 3 Arsénio 9,7 4 Benzeno 0,9 5 Benzo 0,01 6 Boro 0,87 7 Bromatos 9,2 8 Cádmio 4,9 9 Crómio Cobre 2,0 11 Cianetos dicloretano 2,9 13 Epicloridrina 0,12 14 Fluoretos 1,6 15 Mercúrio 1,1 16 Níquel Nitratos Nitritos 0,45 19 Pesticida individual 0, Pesticidas Totais 0,52 21 HAP 0,11 22 Selénio 9 23 Tetracloroeteno e tricloroeteno 9,9 24 Tri-halometanos total (THM) Cloreto de vinilo 0,48

7 Falta de água ou roturas água ou roturas na rede na rede As condutas ficam sem água e no lugar dela fica ar água volta com muita pressão a água pode ficar com algum ar dentro das condutas. Quando o ar se liberta da água forma bolhas muito pequenas que dão uma cor branca à água. branca à água.

8 Quando a água tem muito cloro, esta fica rosa escuro. Quanto mais cloro houver numa água, mais escura ela se torna. Quanto menos cloro houver numa água, mais clara esta se torna. Outra das características para que a água para ser boa para beber, é ter um pH entre o 6 e o 7. Se a água tiver um pH inferior a 7, é porque esta é uma água ácida, Se esta tiver um pH superior a 7, é porque esta é básica/alcalina.

9 Uma água é dura quando tem muitos sais dissolvidos nela muitos sais dissolvidos nela própria. As águas duras são mais naturais, na região do sul do país. Uma água é macia quando tem poucos sais dissolvidos nela própria. As águas macias são mais naturais, na região do norte do país. quando tem poucos sais dissolvidos nela própria. As águas macias são mais naturais, na região do norte do país.

10 Da análise aos dados da qualidade da água relativos aos últimos anos, da água relativos aos últimos anos, constantes dos relatórios anuais constantes dos relatórios anuais do IRAR, é possível afirmar, que a qualidade da água para consumo humano em Portugal tem vindo a melhorar até consumo humano em Portugal tem vindo a melhorar até Desde 2001, devido à falta de amostragens, a qualidade da água tem vindo a descer e outra razão é o excessivo consumo de água na agricultura, na indústria e no consumo doméstico.

11 Para resolver esta situação, devia-se começar a deixar de praticar a agricultura intensiva, e começar a utilizar o sistema irrigação por gotejamento, que envia a água para as raízes das plantas e depois absorve a água que sobrar.


Carregar ppt "Várias etapas do controlo de qualidade da água para consumo humano A 1ª etapa deste processo é a Esterilização da torneira com chama, emitida por um maçarico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google