A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A comunhão dos santos 20 PRETI, Mattia Cristo na Glória (detalhe) c. 1660 Museu do Prado, Madrid.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A comunhão dos santos 20 PRETI, Mattia Cristo na Glória (detalhe) c. 1660 Museu do Prado, Madrid."— Transcrição da apresentação:

1 A comunhão dos santos 20 PRETI, Mattia Cristo na Glória (detalhe) c Museu do Prado, Madrid

2 194. O que significa a expressão comunhão dos santos? Indica, antes de mais, a participação de todos os membros da Igreja nas coisas santas (sancta): a fé, os sacramentos, em especial a Eucaristia, os carismas e os outros dons espirituais. Na raiz da comunhão está a caridade que «não procura o próprio interesse» (1 Cor 13, 5), mas move o fiel «a colocar tudo em comum» (Act 4, 32), mesmo os próprios bens materiais ao serviço dos pobres. Compêndio do Catecismo

3 Introdução A Igreja é o corpo de Cristo, na qual se integram os fiéis da terra, os que estão no purgatório e os santos do céu; entre os três grupos existe uma comunhão de vida, da mesma forma que, em família, os membros que a compõem se ajudam uns aos outros. Esta comunhão de vida e de bens sobrenaturais, que intercomunica os membros da Igreja com a Cabeça e entre si, é o que se chama Comunhão dos Santos. EYCK, Jan van O altar de Gantes: Adoração do Cordeiro (detalhe) Catedral de São Bavo, Gantes

4 Ideias principais

5 1. Pelo baptismo começa-se a fazer parte do corpo da Igreja Ao receber o baptismo incorporamo-nos na Igreja, que é o Corpo Místico de Cristo. Ao receber a graça no sacramento unimo-nos a Cristo, que é a Cabeça desse corpo, e começamos a ser membros vivos. Se perdemos a graça, separamo-nos da Cabeça e somos como membros mortos. POUSSIN, Nicolas O sacramento do baptismo 1642 National Gallery of Art, Washington

6 2. Cada membro está unido aos demais membros No Corpo Místico de Cristo, a graça é como o sangue no corpo humano. A graça e os dons que Deus nos dá estabelecem uma comunhão de vida sobrenatural dos membros com a Cabeça e os membros entre si. DÜRER, Albrecht O martírio dos dez mil 1508 Kunsthistorisches Museum, Viena

7 3. A união entre os santos do céu, as almas do purgatório e os fiéis da terra A Igreja é formada: pelos que pelo baptismo pertencem a ela e estão na terra (Igreja militante), pelos santos que estão no céu (Igreja triunfante), E pelos que estão purificando a sua alma no purgatório antes de entrar no céu (Igreja purgante). Os três estados da única Igreja estão unidos, porque a única Cabeça é Cristo, e a vida que a todos anima é a graça. CARRACCI, Lodovico Um anjo liberta as almas do Purgatório c Pinacoteca, Vaticano

8 4. A comunicação de bens na Igreja Na Igreja sucede algo parecido com uma transfusão de sangue. A graça de Cristo, os méritos da Santíssima Virgem e dos santos, ajudam-nos a nós na vida da alma, como uma transfusão de sangue ajuda à vida do corpo. As nossas orações e as boas obras são como sangue bom que damos aos outros: aos nossos pais e irmãos, aos amigos, aos outros homens, e também às benditas almas do purgatório. E as boas obras dos outros membros da Igreja ajudam-nos e fazem bem às nossas almas. MESTRE DESCONHECIDO, Flamengo Retrato de um jovem em oração c San Diego Museum of Art, San Diego

9 5. Como viver a comunhão dos santos A melhor maneira de viver a comunhão dos santos é receber os sacramentos. Outro modo, é invocar a Virgem Maria e os santos, porque nos conseguem de Deus muitas graças. Nós podemos ajudar a Igreja purgante, oferecendo a Missa, trabalho e orações, pelas almas que estão no purgatório. E da mesma maneira podemos ajudar a Igreja militante - os cristãos que estão lutando ainda na terra -, oferecendo coisas durante o dia para que Deus os ajude. RAFFAELLO Sanzio São Jorge lutando com o dragão 1505 Museu do Louvre, Paris

10 Propósitos de vida cristã

11 Um propósito para avançar Um modo de viver a comunhão dos santos é encomendar na Missa as benditas almas do purgatório. Quando um cristão se porta melhor, ajuda os outros membros da Igreja. Esta responsabilidade deve impelir-nos a viver cada dia melhor a própria vida cristã.


Carregar ppt "A comunhão dos santos 20 PRETI, Mattia Cristo na Glória (detalhe) c. 1660 Museu do Prado, Madrid."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google