A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Uma vaga de frio é produzida por uma massa de ar frio e geralmente seco que se desenvolve sobre uma área continental. Durante estes fenómenos ocorrem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Uma vaga de frio é produzida por uma massa de ar frio e geralmente seco que se desenvolve sobre uma área continental. Durante estes fenómenos ocorrem."— Transcrição da apresentação:

1

2 Uma vaga de frio é produzida por uma massa de ar frio e geralmente seco que se desenvolve sobre uma área continental. Durante estes fenómenos ocorrem reduções significativas, por vezes repentinas, das temperaturas diárias, descendo os valores mínimos abaixo dos OºC no Inverno. Estas situações estão geralmente associadas a ventos moderados ou fortes, que ampliam os efeitos do frio.

3 As vagas de frio podem estar associadas a outros fenómenos meteorológicos, como a queda de neve, ventos fortes ou a formação de gelo.

4 DOENÇAS RELACIONADAS COM O FRIO Quando exposto a baixas temperaturas o corpo perde calor mais depressa do que o que consegue produzir. A exposição prolongada ao frio irá eventualmente usar a energia acumulada do seu organismo. O resultado é hipotermia (temperatura corporal excessivamente baixa), que afecta o cérebro fazendo com que a vítima não pense claramente nem se mova com a facilidade habitual. Isto torna a hipotermia particularmente perigosa pois a pessoa poderá não se aperceber da sua situação e assim não fazer nada para corrigir a situação. A hipotermia é mais frequente quando a temperatura ambiente é muito baixa mas poderá acontecer com temperaturas superiores se uma pessoa arrefecer com a chuva, suor ou submersa em água fria.

5 * Idosos com fraca alimentação, roupa ou aquecimento; * Bebés que dormem em quartos frios; * Pessoas que permanecem por períodos prolongados no exterior, sem abrigo, montanhistas, caçadores etc.; * Consumidores de álcool ou drogas ilícitas. Vitimas de hipotermia são geralmente : Grau de HipotermiaTemperatura Corporal Interna Ligeira34º C a 35º C Moderada30º C a 34º C Grave< 30º C

6 RECONHECER A HIPOTERMIA Sinais de aviso : Adultos * Tremores, exaustão; * Confusão, mãos inquietas; * Perda de memória, fala lenta/baralhada/ confusa; * Sonolência. Crianças * Pele muito vermelha e fria; * Apatia.

7 O que fazer em caso de hipotermia ? * Coloque a vítima num ambiente quente e tente aquecê-la lentamente; * Se a vítima estiver com a roupa molhada retire-a; * Vista a vítima com roupas quentes e secas e embrulhe-a em cobertores; * Bebidas quentes podem ajudar no aumento da temperatura corporal mas não ofereça bebidas alcoólicas. Não tente dar de beber a uma pessoa inconsciente; * Após a temperatura do corpo ter subido mantenha a pessoa seca e quente enrolada num cobertor incluindo cabeça e pescoço; * Caso os sinais de hipotermia se manisfestarem ligue 112.

8 QUEIMADURAS PELO FRIO Queimaduras pelo frio são lesões causadas por congelação, que condicionam perda de sensibilidade e de cor nas zonas afectadas. Afectam mais frequentemente o nariz, orelhas, bochechas, queixo, dedos das mãos e dos pés. O risco de queimaduras aumenta nas pessoas com insuficiência vascular e em pessoas vestidas desadequadamente para temperaturas frias.

9 Ao primeiro sinal de vermelhidão ou dor em qualquer zona da pela saia do frio e proteja a pele exposta – as queimaduras poderão estar a começar. Qualquer dos seguintes sinais poderão indicar queimaduras: * Área da pele branca ou acinzentada; * Pele invulgarmente firme ou cerosa; * Formigueiro; A vítima muitas vezes não tem consciência das queimaduras porque os tecidos congelados estão adormecidos. Como reconhecer queimaduras pelo frio

10 O que fazer a queimaduras provocadas pelo frio Se detectar sinais de queimaduras procure ajuda médica. Se existirem queimaduras sem sinais de hipotermia e não existir auxílio médico imediato, proceda da seguinte forma: * Vá para um quarto quente logo que possível; - Só em caso de necessidade absoluta ande com pés ou dedos queimados; - Submirja a área afectada em água morna – não quente (a temperatura deverá ser confortável ao toque nas áreas do corpo não afectadas);

11 * Não esfregue a área queimada com neve ou sequer a massaje, pois pode causar mais danos; - Não use compressas aquecedoras, lâmpadas quentes ou o calor de um fogão, lareira ou radiador para aquecer uma vez que as áreas afectadas estão dormentes e poderão queimar facilmente. Estes procedimentos não substituem os cuidados médicos apropriados.

12 Durante uma Vaga de Frio * Mantenha-se atento aos noticiários da Meteorologia e às indicações da Protecção Civil transmitidas pelos órgãos de comunicação social; * Procure manter-se em casa ou em locais quentes. * Use várias camadas de roupa em vez de uma única peça de tecido grosso. Evite as roupas muito justas ou as que o façam transpirar; * O ar frio não é bom para a circulação sanguínea. Evite as actividades físicas intensas que obrigam o coração a um maior esforço e podem até conduzir a um ataque cardíaco;

13 * Se suspeitar que você ou alguém que o rodeia está com hipotermia ligue imediatamente para o 112; * O consumo excessivo de electricidade pode sobrecarregar a rede originando falhas locais de energia. Procure poupar energia, desligando os aparelhos eléctricos que não sejam necessários. Tenha à mão lanterna e pilhas, para o caso de faltar a luz; * Tenha cuidado com as lareiras. Em lugares fechados sem renovação de ar, a combustão pode originar a produção de monóxido de carbono, um gás letal; * Seja também cuidadoso com os aquecedores devido ao risco de acidentes domésticos.

14 Se Tiver de Sair de Casa * Evite uma exposição excessiva ao frio. Saia de casa apenas se tal for estritamente necessário; * O perigo extremo ocorre quanto há vento forte. A situação de desconforto térmico aumenta e sente-se mais frio. Não saia de casa nessas alturas; * Se vai ter necessidade de passar muito tempo no exterior da casa, use várias peças de roupa, em vez de uma única peça de tecido grosso. Use um chapéu ou gorro para proteger a cabeça; * Proteja o rosto. Evite a entrada de ar extremamente frio nos pulmões;

15 * Mantenha as roupas secas. Mude meias molhadas ou outras peças que possam contribuir para a perda de calor; * Evite caminhar em zonas com gelo ou neve, para evitar o risco de quedas que podem produzir graves lesões; * Os idosos, crianças e pessoas com dificuldades de locomoção não devem sair de casa.

16 Efeitos do FrioEfeitos do FrioEfeitos do FrioEfeitos do Frio

17 Tenha muita atenção viajar de automóvel * Evite deslocações desnecessárias; * Antes de iniciar viagem, faça uma revisão rápida do nível de gasolina, luzes e travões. Coloque um líquido anticongelante no radiador. Leve correntes para a neve, se for caso disso; * Viaje de dia e mantenha o rádio ligado para ouvir as informações meteorológicas ou de trânsito. Se a estrada não oferecer condições de segurança volte para trás; * Se for surpreendido por um temporal durante a viagem e estiver longe de uma povoação, deve manter a calma e permanecer dentro da viatura. O automóvel servirá de barreira ao vento e os pneus actuarão como isolante, em caso de trovoada. Tente colocar um pano colorido na antena para chamar a atenção.

18


Carregar ppt "Uma vaga de frio é produzida por uma massa de ar frio e geralmente seco que se desenvolve sobre uma área continental. Durante estes fenómenos ocorrem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google