A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REFORMA PROTESTANTE As rupturas da cristandade que ocorreram no século XVI são genericamente chamadas de “Reforma protestante”.As rupturas da cristandade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REFORMA PROTESTANTE As rupturas da cristandade que ocorreram no século XVI são genericamente chamadas de “Reforma protestante”.As rupturas da cristandade."— Transcrição da apresentação:

1 REFORMA PROTESTANTE As rupturas da cristandade que ocorreram no século XVI são genericamente chamadas de “Reforma protestante”.As rupturas da cristandade que ocorreram no século XVI são genericamente chamadas de “Reforma protestante”. Eram denominados “protestantes” aqueles que “protestavam” contra a Igreja Católica.Eram denominados “protestantes” aqueles que “protestavam” contra a Igreja Católica.

2 NOVAS INTERPRETAÇÕES DA BÍBLIA A Bíblia impressa apareceu primeiramente em latim e grego, mas depois foi traduzida para outras línguas. Então cada vez mais as pessoas tinham acesso aos textos sagrados, surgindo novas interpretações.A Bíblia impressa apareceu primeiramente em latim e grego, mas depois foi traduzida para outras línguas. Então cada vez mais as pessoas tinham acesso aos textos sagrados, surgindo novas interpretações.

3 CRÍTICA AO COMPORTAMENTO DO CLERO VENDA DE RELÍQUIAS SAGRADAS (OU PRÁTICA DA SIMONIA);VENDA DE RELÍQUIAS SAGRADAS (OU PRÁTICA DA SIMONIA); VENDA DE INDULGÊNCIAS;VENDA DE INDULGÊNCIAS; FALTA DE PREPARO DO CLERO.FALTA DE PREPARO DO CLERO.

4 USURA: s.f. Dir. Delito cometido por quem empresta dinheiro, cobrando taxa excessiva de juros; agiotagem. Juro excessivo, muito além da taxa usual ou legal. A Igreja defendia o “preço justo” nas transações econômicas. Essa recomendação incomodava a burguesia emergente naquele contexto. As igrejas protestantes que surgiram não condenavam a usura, por isso muitos burgueses buscaram se filiar a estas novas doutrinas.

5 MARTINHO LUTERO Martinho Lutero (1483-1546): Foi um monge agostiniano alemão, teólogo, professor universitário, “Pai do Protestantismo”. Em 1510, Lutero viajou a Roma, sede da Igreja Católica, onde teve impressões decepcionantes em relação ao alto clero.

6 SALVAÇÃO PELA FÉ Trechos bíblicos que inspiraram o conceito luterano de salvação:Trechos bíblicos que inspiraram o conceito luterano de salvação: “Aquele que é justo pela fé viverá” (Rm 1:17)“Aquele que é justo pela fé viverá” (Rm 1:17) “De fato, nós estimamos que o homem é justo pela fé, independentemente das obras da lei”.“De fato, nós estimamos que o homem é justo pela fé, independentemente das obras da lei”. Assim, a fé em Deus, e não as obras humanas, seria o único instrumento de salvação, graças à misericórdia divina.Assim, a fé em Deus, e não as obras humanas, seria o único instrumento de salvação, graças à misericórdia divina.

7 AS 95 TESES DE LUTERO Estão errados os pregadores de indulgências que dizem que um home é libertado e salvo de todo castigo dos pecados pelas indulgências papais.Estão errados os pregadores de indulgências que dizem que um home é libertado e salvo de todo castigo dos pecados pelas indulgências papais. Os cristãos deveriam aprender que todo aquele que vê um homem necessitado e não o socorre, e depois dá dinheiro para perdões, não está comprando para sia a indulgência do papa, mas a coléra de Deus.Os cristãos deveriam aprender que todo aquele que vê um homem necessitado e não o socorre, e depois dá dinheiro para perdões, não está comprando para sia a indulgência do papa, mas a coléra de Deus.

8 DOUTRINA LUTERANA O direito dos fiéis ao livre exame das Escrituras Sagradas;O direito dos fiéis ao livre exame das Escrituras Sagradas; A fé como único caminho para a salvaçãoA fé como único caminho para a salvação Recusa em aceitar a adoração dos santos católicos;Recusa em aceitar a adoração dos santos católicos; Reconhecimento de apenas dois sacramentos: o batismo e a eucaristia.Reconhecimento de apenas dois sacramentos: o batismo e a eucaristia.

9 CALVINISMO O Calvinismo marca a segunda fase da Reforma Protestante, quando as igrejas protestantes começaram a se formar, na seqüência da excomunhão de Martinho Lutero da Igreja Católica romana. Neste sentido, o Calvinismo foi originalmente um movimento luterano.O Calvinismo marca a segunda fase da Reforma Protestante, quando as igrejas protestantes começaram a se formar, na seqüência da excomunhão de Martinho Lutero da Igreja Católica romana. Neste sentido, o Calvinismo foi originalmente um movimento luterano. Igreja Católica Igreja Católica

10 A ÉTICA CALVINISTA PROIBIÇÃO DO CULTO À IMAGENS DE SANTOS;PROIBIÇÃO DO CULTO À IMAGENS DE SANTOS; PROIBIÇÃO DA DANÇA;PROIBIÇÃO DA DANÇA; PROIBIÇÃO DO USO DE ROUPAS LUXUOSAS E JÓIAS.PROIBIÇÃO DO USO DE ROUPAS LUXUOSAS E JÓIAS.

11 DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO Calvino defendia que o ser humano estava predestinado a merecer o céu ou o inferno. Explicava que algumas pessoas haviam sido eleitas por Deus para ser salvas, enquanto outras seriam condenadas à maldição eterna.Calvino defendia que o ser humano estava predestinado a merecer o céu ou o inferno. Explicava que algumas pessoas haviam sido eleitas por Deus para ser salvas, enquanto outras seriam condenadas à maldição eterna.

12 O ESPÍRITO DO CAPITALISMO A partir dessa doutrina, o trabalho intenso e constante, recompensado pela prosperidade econômica foi interpretado pelos seguidores de Calvino como um “sinal” da salvação predestinada. E como o calvinismo pregava o estímulo ao trabalho, a condenação ao desperdício e a legitimidade do lucro, as idéias calvinistas acabaram indo ao encontro dos interesses da burguesia.A partir dessa doutrina, o trabalho intenso e constante, recompensado pela prosperidade econômica foi interpretado pelos seguidores de Calvino como um “sinal” da salvação predestinada. E como o calvinismo pregava o estímulo ao trabalho, a condenação ao desperdício e a legitimidade do lucro, as idéias calvinistas acabaram indo ao encontro dos interesses da burguesia.

13 REFORMA ANGLICANA Sem ter motivações prioritariamente éticas ou doutrinárias, não constituiu um rompimento radical com o cristianismo católico, como ocorreu nas reformas luteranas e calvinistas.Sem ter motivações prioritariamente éticas ou doutrinárias, não constituiu um rompimento radical com o cristianismo católico, como ocorreu nas reformas luteranas e calvinistas.

14 MOTIVOS PARA ROMPER COM A IGREJA CATÓLICA REDUZIR A INFLUÊNCIA DO PAPA DENTRO DO PAÍS; APOSSAR-SE DOS BENS E DAS TERRAS DA IGREJA; NEGAÇÃO DO PEDIDO DE DIVÓRCIO.


Carregar ppt "REFORMA PROTESTANTE As rupturas da cristandade que ocorreram no século XVI são genericamente chamadas de “Reforma protestante”.As rupturas da cristandade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google