A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Alfredo Tenuta Filho, Profa. Elizabeth de Souza Nascimento, Prof. Michele Vitolo, Profa. Terezinha de Jesus A. Pinto, Yara Maria Lima Mardegan, Felipe.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Alfredo Tenuta Filho, Profa. Elizabeth de Souza Nascimento, Prof. Michele Vitolo, Profa. Terezinha de Jesus A. Pinto, Yara Maria Lima Mardegan, Felipe."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Alfredo Tenuta Filho, Profa. Elizabeth de Souza Nascimento, Prof. Michele Vitolo, Profa. Terezinha de Jesus A. Pinto, Yara Maria Lima Mardegan, Felipe Nishikido Rodovalho, Guilherme Gonçalves Okai, Maria Cristina Valzachi Rocha Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP – Av. Prof. Lineu Prestes, 580, Bloco 13A CEP , São Paulo, SP Sistema de Gestão Ambiental – Outubro Organizações de todos os tipos estão cada vez mais preocupadas em atingir e demonstrar um desempenho ambiental correto, controlando o impacto de suas atividades, produtos e seus objetivos ambientais. Esse comportamento insere-se no contexto de uma legislação cada vez mais exigente, no desenvolvimento de políticas econômicas e em outras medidas destinadas a estimular a proteção ao meio ambiente, além de uma crescente preocupação das partes interessadas em relação às questões ambientais. Assim, surgiu o Sistema de Gerenciamento Ambiental, que foi consolidado e materializado nas normas da série ISO 14000, a qual foi adotada pelo Brasil em A FCF-USP não poderia fugir à responsabilidade de contribuir para a proteção do meio ambiente. Com isso, adotou um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), para assegurar o controle e monitoramento dos aspectos ambientais relacionados as suas atividades e o gerenciamento adequado de seus resíduos. Organizações de todos os tipos estão cada vez mais preocupadas em atingir e demonstrar um desempenho ambiental correto, controlando o impacto de suas atividades, produtos e seus objetivos ambientais. Esse comportamento insere-se no contexto de uma legislação cada vez mais exigente, no desenvolvimento de políticas econômicas e em outras medidas destinadas a estimular a proteção ao meio ambiente, além de uma crescente preocupação das partes interessadas em relação às questões ambientais. Assim, surgiu o Sistema de Gerenciamento Ambiental, que foi consolidado e materializado nas normas da série ISO 14000, a qual foi adotada pelo Brasil em A FCF-USP não poderia fugir à responsabilidade de contribuir para a proteção do meio ambiente. Com isso, adotou um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), para assegurar o controle e monitoramento dos aspectos ambientais relacionados as suas atividades e o gerenciamento adequado de seus resíduos. 1. Introdução Estabelecer uma política ambiental apropriada às atividades, produtos e serviços através de um Sistema de Gestão Ambiental, permitindo à Unidade atingir e controlar sistematicamente o nível de desempenho ambiental visando o seu aprimoramento contínuo, em consonância com as iniciativas institucionais. 2. Objetivos SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NA FCF-USP: RUMO À CERTIFICAÇÃO ISO O referencial adotado para a implementação do SGA foi a versão NBR ISO-14001:1996, que estabelece um SGA estruturado sob a forma de um ciclo visando a melhoria contínua, tendo que atender aos seguintes requisitos: política ambiental, planejamento, implementação e operação, monitoramento e ações corretivas e análise crítica gerencial. A conscientização ambiental de seus alunos, funcionários e docentes ocorre por meio de eventos variados, promovidos em parceria com a Comissão Central de Qualidade e Produtividade da USP, como Seminários de Qualidade e Produtividade da FCF-USP e Simpósios de Biossegurança e Descartes de Produtos. A participação nestes eventos foi voluntária. O treinamento de funcionários é realizado através da organização de cursos oferecidos por empresas especializadas. O SGA organiza-se através do seu Manual e procedimentos detalhados correspondentes a cada item da Norma ou tipo de resíduo. Toda essa documentação foi elaborada com o auxílio de consultoria externa especializada. O referencial adotado para a implementação do SGA foi a versão NBR ISO-14001:1996, que estabelece um SGA estruturado sob a forma de um ciclo visando a melhoria contínua, tendo que atender aos seguintes requisitos: política ambiental, planejamento, implementação e operação, monitoramento e ações corretivas e análise crítica gerencial. A conscientização ambiental de seus alunos, funcionários e docentes ocorre por meio de eventos variados, promovidos em parceria com a Comissão Central de Qualidade e Produtividade da USP, como Seminários de Qualidade e Produtividade da FCF-USP e Simpósios de Biossegurança e Descartes de Produtos. A participação nestes eventos foi voluntária. O treinamento de funcionários é realizado através da organização de cursos oferecidos por empresas especializadas. O SGA organiza-se através do seu Manual e procedimentos detalhados correspondentes a cada item da Norma ou tipo de resíduo. Toda essa documentação foi elaborada com o auxílio de consultoria externa especializada. 3. Metodologia c.Conscientização ambiental da comunidade FCF-USP: - Seminários e simpósios; - Visitas aos laboratórios e setores da Faculdade pelo grupo de apoio. d.Obtenção de licenças como CADRIs (Certificado de Destinação de Resíduos Industriais). e.Levantamento da legislação ambiental aplicável completa através de consultoria externa. f.Calibração dos manômetros, autoclaves, compressores e caldeiras por empresas especializadas: manômetros; - 28 autoclaves; - 9 compressores; - 2 caldeiras. g.Atualização das plantas de todos edifícios da Faculdade: - Elaboração das rotas de fuga; - Elaboração de mapas de risco pela CIPA. h.Documentação 100% validada: - Manual (MGA); - Procedimentos (PSGAs). i.Sinalização externa da Faculdade já instalada. c.Conscientização ambiental da comunidade FCF-USP: - Seminários e simpósios; - Visitas aos laboratórios e setores da Faculdade pelo grupo de apoio. d.Obtenção de licenças como CADRIs (Certificado de Destinação de Resíduos Industriais). e.Levantamento da legislação ambiental aplicável completa através de consultoria externa. f.Calibração dos manômetros, autoclaves, compressores e caldeiras por empresas especializadas: manômetros; - 28 autoclaves; - 9 compressores; - 2 caldeiras. g.Atualização das plantas de todos edifícios da Faculdade: - Elaboração das rotas de fuga; - Elaboração de mapas de risco pela CIPA. h.Documentação 100% validada: - Manual (MGA); - Procedimentos (PSGAs). i.Sinalização externa da Faculdade já instalada. Identificação e acondicionamento dos passivos para o posterior transporte. Treinamento de formação da brigada de incêndio. 4. Resultados NBR ISO 14001:1996, Sistemas de gestão ambiental. Especificação e diretrizes para uso. NBR ISO 14004:1996, Sistemas de gestão ambiental – Diretrizes gerais sobre princípios, sistemas e técnicas de apoio. NBR ISO 14010:1996, Diretrizes para auditoria ambiental. Princípios Gerais. NBR ISO 14001:1996, Sistemas de gestão ambiental. Especificação e diretrizes para uso. NBR ISO 14004:1996, Sistemas de gestão ambiental – Diretrizes gerais sobre princípios, sistemas e técnicas de apoio. NBR ISO 14010:1996, Diretrizes para auditoria ambiental. Princípios Gerais. a.Gerenciamento e redução de resíduos: kg de passivos (produtos químicos e farmacêuticos vencidos ou não identificados) destinados a uma empresa especializada; - Resíduos gerados recolhidos toda semana pela UDTR3; - Coleta seletiva de materiais recicláveis e não recicláveis. b.Treinamentos: - Formação de coordenadores do Sistema de Gestão Ambiental; - Formação de auditores internos do SGA; - Formação da brigada de incêndio da Unidade. a.Gerenciamento e redução de resíduos: kg de passivos (produtos químicos e farmacêuticos vencidos ou não identificados) destinados a uma empresa especializada; - Resíduos gerados recolhidos toda semana pela UDTR3; - Coleta seletiva de materiais recicláveis e não recicláveis. b.Treinamentos: - Formação de coordenadores do Sistema de Gestão Ambiental; - Formação de auditores internos do SGA; - Formação da brigada de incêndio da Unidade. A realização de eventos, treinamentos e visitas aos laboratórios resultou em uma maior motivação de docentes, funcionários e alunos em relação à implementação do Sistema, facilitando a adequação dos laboratórios e setores da Unidade aos procedimentos contidos no Manual. A assimilação dessa documentação propicia o gerenciamento correto de resíduos, efluentes e emissões atmosféricas, aumentando a contribuição da FCF-USP com a preservação do meio ambiente e a sua conformidade com a legislação ambiental pertinente, incluindo a adequação de suas instalações físicas e manutenção e monitoramento de equipamentos críticos. A realização de eventos, treinamentos e visitas aos laboratórios resultou em uma maior motivação de docentes, funcionários e alunos em relação à implementação do Sistema, facilitando a adequação dos laboratórios e setores da Unidade aos procedimentos contidos no Manual. A assimilação dessa documentação propicia o gerenciamento correto de resíduos, efluentes e emissões atmosféricas, aumentando a contribuição da FCF-USP com a preservação do meio ambiente e a sua conformidade com a legislação ambiental pertinente, incluindo a adequação de suas instalações físicas e manutenção e monitoramento de equipamentos críticos. 5. Conclusão 6. Referências bibliográficas


Carregar ppt "Prof. Alfredo Tenuta Filho, Profa. Elizabeth de Souza Nascimento, Prof. Michele Vitolo, Profa. Terezinha de Jesus A. Pinto, Yara Maria Lima Mardegan, Felipe."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google