A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os fungos, também conhecidos como bolores, são organismos : -eucariontes (com células nucleadas); - unicelulares e pluricelulares; - são aclorofilados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os fungos, também conhecidos como bolores, são organismos : -eucariontes (com células nucleadas); - unicelulares e pluricelulares; - são aclorofilados."— Transcrição da apresentação:

1

2 Os fungos, também conhecidos como bolores, são organismos : -eucariontes (com células nucleadas); - unicelulares e pluricelulares; - são aclorofilados e heterotróficos. Conforme a nutrição, os fungos são classificados em duas categorias: saprófitas (ou sapróbios) e parasitas. Os saprófitas se alimentam de matéria orgânica animal ou vegetal morta; os parasitas vivem dentro de ou sobre organismos vivos (animais ou vegetais), deles retirando seus alimentos. Os fungos dependem de água líquida para seu crescimento e desenvolvimento. A maioria também depende do oxigênio para a respiração, sendo, portanto, aeróbicos. Muitos entretanto, são anaeróbicos facultativos, isto é, respiram na presença de oxigênio e fermentam na ausência.

3 Classificação dos Fungos A classificação dos fungos é controversa, no entanto, distinguiremos dois grandes grupos no Reino Fungi: Eumycota (fungos verdadeiros), com aproximadamente 100 mil espécies distribuídas em cinco classes (oomicetos, ficomicetos, ascomicetos e deuteromicetos), e Mixomycota (fungos gelatinosos) Ascomicetos: São caracterizados pela presença do asco (saco),estrutura produtora de esporos,geralmente agrupados em corpos de frutificação. Ex:Levedo(Saccharomyces cerevisiae) e Fermento biológico.Ex:Penicillium- Produtor da penicilina

4 Basidiomicetos:O corpo frutífero,chamado basidiocarpo(basi=base),tem a forma de chapéu e é encontrado nas espécies mais conhecidas.Ex:Cogumelos e Orelhas-de-pau. Deuteromicetos: Fungos imperfeitos,que aguardam melhor classificação. Este filo é uma categoria de conveniência e tendência a ser extinto. Incluem diversos parasitas de animais e vegetais.Ex:causa o sapinho. Ficomicetos :São fungos primitivos, de organização mais simples, com hifas, sem paredes transversais (septos). Podem ser terrestres ou aquáticoss. A maioria destes fungos é decompositora de matéria orgânica, e alguns são parasitas de plantas e animais. Ex: bolor do pão

5 Filo Myxomycota Estes são fungos de aspecto gelatinoso encontrados em lugares úmidos e sombrios, como o chão de florestas, sobre troncos e folhas em decomposição. Os mixomicetos assemelham-se, em certas fases de sua vida, com protozoários, como as amebas, pois conseguem emitir pseudópodes. Podem reproduzir-se assexuadamente, através da produção de zoósporos, ou sexuadamente, através da fusão de determinadas células que formam um zigoto.

6 Estrutura dos fungos pluricelulares São formados por hifas (longos filamentos formados por células). O conjunto de hifas, é denominado micélio. Micélio vegetativo – desenvolve-se no interior do substrato e é responsável pela sustentação do fungo e pela absorção de nutrientes. Micélio aéreo – projeta-se na superfície e cresce acima do meio de cultivo. Ao se diferenciar para sustentar o corpo de frutificação (estrutura reprodutora), o micélio aéreo passa a constituir o micélio reprodutivo.

7 Esporulação – células leves denominadas conidiósporos, caem sobre a matéria orgânica desenvolvem-se, dando origem a outro fungo. Fragmentação : Um micélio fragmenta-se (quebra-se) e origina dois novos micélios. Brotamento ou Gemulação : Algumas leveduras como Saccharomyces cerevisae (que causa a fermentação da cerveja) reproduz- se através de brotamento, ou seja, a formação de um broto, que geralmente se separam do genitor, mas podem permanecer unidos, formando cadeias de células. Reprodução Assexuada

8 Reprodução Sexuada Forma mais frequente de reprodução entre os fungos. Nela ocorre a fusão das hifas e, após essa união, são formados esporos que geram novas hifas promovendo, desse modo, a dispersão do fungo.

9 Doenças causadas por fungos São chamadas de micoses as infecções que são causadas pelos fungos. Os fungos se proliferam de preferência em lugares quentes e úmidos (porões, por exemplo), mas estão em todos os lugares, independente dessas condições favoráveis.fungos Micose superficial, os fungos escolhem lugares onde encontram tecidos mortos, como ao redor dos pêlos e nas unhas, onde se alimentam de queratina. Os principais sintomas são as alterações e coceiras na pele, sendo a micose mais comum o pé de atleta, conhecido popularmente como frieira. O pé de atleta consiste no ataque de fungos na região (pele) entre os dedos, principalmente dos pés, causando intensa coceira. Micoses profundas podem se instalar nos tecidos subcutâneos ou, em casos mais graves, podem se disseminar através do sistema circulatório, possivelmente instalando- se nos órgão internos (sistema nervoso central, pulmões, intestinos e ossos). Algumas precauções para evitar as micoses: - observar a obrigatoriedade e periodicidade do exame médico ao freqüentar piscinas e saunas públicas. (clubes, escolas, etc.) - evitar andar descalço em pisos úmidos. - cuidados ao compartilhar calçadas, botas, e roupas (sobretudo toalhas). - cuidados relativos à manicure (observar esterilização de alicates de cutícula, lixas, tesouras, toalhas). - Enxugar bem as dobras, o meio dos dedos dos pés, a virilha, etc. após o banho.

10 Candidíase - causada pelo fungo Candida albicans. Pode infectar a vagina, boca, e áreas úmidas na pele. É normal a presença de algum fungo no corpo. Bactérias normalmente mantêm a população de fungos sob controle. Porém, às vezes, a pessoa tem queda da imunidade ou baixa resistência e ocorre crescimento de fungos e surge uma infecção. Existem várias situações em que o fungo pode crescer demais ou se multiplicar. Por exemplo, antibióticos podem destruir as bactérias que inibem os níveis de fungo. Sapinho - geralmente visto em crianças com menos de seis meses, aparece como pontos brancos, escamosos, semelhantes a queijo, que cobrem toda ou parte da língua e das gengivas, a parte interna das bochechas e, às vezes, os lábios. Esses pontos não saem facilmente. Quando se cutuca ou arranha esses pontos, forma-se uma área vermelha e inflamada que pode sangrar.

11 Bolores - são espécies de fungos pluricelulares, filamentosos que se desenvolvem em matéria orgânica, decompondo-a. Nos bolores, as hifas primeiro se espalham sobre a matéria orgânica para depois penetrar nela. Dentro da matéria orgânica, as hifas eliminam substâncias capazes de converter os nutrientes dessa matéria em compostos mais simples. Somente após a decomposição os nutrientes são absorvidos pelo fungo ( digestão extracorpórea). O micélio cresce para todos os lados e desenvolve-se, então o bolor se reproduz. Em algumas hifas aparecem esferas, no interior das quais estão os esporos. Quando essas esferas se rompem, os esporos são expelidos, espalhando-se pelo ar, sendo distribuídos por toda paarte e, encontrando matéria orgânica, umidade e baixa luminosidade, germinam, formando novas hifas.

12 Cogumelo e orelhas-de-pau São encontrados em solo úmido ou sobre madeira. A parte visível corresponde ao corpo de frutificação, responsável por sua reprodução. Os esporos são eliminados e espalham-se por todo o ambiente e encontrando condições adequadas, germinam, formando hifas e um novo micélio.

13 Existem várias formas de relação dos fungos com os seres e o meio ambiente. Parasitismo - Os fungos que apresentam este tipo de relação com o meio vivem à custa de outro ser vivo, prejudicando-o. Certas doenças dos vegetais, como a ferrugem do café, são provocadas por fungos parasitas. Quando se desenvolvem sobre a pele dos animais e do homem, provocam micose. Mutualismo - Nesta relação, o fungo associa-se a uma alga, com benefícios para ambos. A alga, que tem clorofila, faz fotossíntese, produzindo alimento para ela e para o fungo. Este, por sua vez, absorve a água do solo, necessária também para a alga viver. A associação de um fungo com uma alga dá origem a um novo tipo de ser: o líquen. Saprofitismo - Essa relação ocorre quando o fungo vive sobre matéria orgânica, provocando sua decomposição. Certos fungos, por exemplo, causam o apodrecimento de frutas ou de restos de vegetais e animais. As leveduras são fungos saprófitos empregados na fermentação de bebidas alcoólicas. As micorrizas são associações de fungos com raízes de plantas. As hifas envolvem as raízes ou penetram nas suas células, o que aumenta a superfície de absorção de água e sais minerais. Alem disso, os fungos convertem certos sais minerais em formas mais facilmente absorvidas pelas plantas. Em troca, a planta fornece substancias orgânicas a eles.

14 Micorrizas – fungos e raízes de ávores Fermentação Alcoólica As leveduras e algumas bactérias fermentam açucares, produzindo álcool etílico e gás carbônico (CO2), processo denominado fermentação alcoólica. Saccharomyces cerevisiae


Carregar ppt "Os fungos, também conhecidos como bolores, são organismos : -eucariontes (com células nucleadas); - unicelulares e pluricelulares; - são aclorofilados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google