A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÁGUAS BRANCAS. 1. DEFINIÇÃO DA ATIVIDADE Podemos destacar cinco tipos de modalidades: Rafting é a atividade de descida em botes infláveis em corredeiras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÁGUAS BRANCAS. 1. DEFINIÇÃO DA ATIVIDADE Podemos destacar cinco tipos de modalidades: Rafting é a atividade de descida em botes infláveis em corredeiras."— Transcrição da apresentação:

1 ÁGUAS BRANCAS

2 1. DEFINIÇÃO DA ATIVIDADE Podemos destacar cinco tipos de modalidades: Rafting é a atividade de descida em botes infláveis em corredeiras fluviais; Canoagem de águas brancas é a atividade de descer corredeiras em caiaques. Existem duas principais modalidades, descida de rio e rodeio (que é brincar com o caiaque em uma onda do rio); Duck o nome é originário do patinho o nome é originário do patinho de borracha que se usa na banheira para crianças. É um caiaque inflável para descer rios com corredeiras até classe IV; Bóia Cross é uma descida em câmaras infláveis em rios pequenos e com corredeiras fracas; Aqua ride é uma evolução do bóia cross onde a câmara é recoberta com uma capa ou até pode ser uma bóia construída especialmente em PVC. A bóia fica com um formato oval o que facilita as manobras possibilitando descer até classe III.

3 2. EQUIPAMENTOS ESPECÍFICOS PARA A PRÁTICA DA ATIVIDADE Equipamentos coletivos: Botes, caiaques, câmaras infláveis, deverão ter tamanho de acordo com nível do rio e da atividade; Corda de resgate de aproximadamente 15 m. O guia de rafting deverá estar equipado com capacete, colete contendo apito, faca com bainha e lamina máxima de 15 cm, flip- line (fita de cintura) com corda ou fita tubular presa a 1 mosquetão com trava, dois mosquetões sobressalentes com trava e roldana (não é fundamental para rios onde é fácil o acesso por terra) para resgate e fixação de acessórios;

4 2. EQUIPAMENTOS ESPECÍFICOS PARA A PRÁTICA DA ATIVIDADE Kit 1ºs socorros em um dos botes, ou um sistema de apoio em terra, com equipamentos de primeiros socorros e resgate à disposição; Garantia de comunicação entre a equipe no rio e o sistema de apoio; Presença de pelo menos uma embarcação de segurança, para cada cinco botes ou dez bóias em operação; dependendo do sistema de segurança implantado os próprios botes podem fazer a segurança.

5 Equipamentos De Uso Pessoal: Coletes com flutuação para 120kg. o colete tem, alem da função principal de flutuar, proteger a pessoa de impactos. Portanto, é importante que seja um colete que proteja as laterais do corpo; Capacetes com proteção para orelhas e furos na lateral e em cima; remos com acabamento em t para a atividade de rafting.

6 3. RELAÇÃO DA ATIVIDADE COM O MEIO AMBIENTE Tanto a atividade de rafting quanto de bóia cross. Interage diretamente com o ambiente visitado, desde a questão do impacto que requer um bom planejamento de manejo do local das operações e um estudo de capacidade de carga de visitação, até as relações sócio- ambientais desenvolvidas durante a atividade, despertando o conhecimento para a área visitada e consequentemente o estímulo a sua conservação, promovendo de forma informal a educação ambiental.

7 4. PRINCIPAIS RISCOS DA ATIVIDADE Afogamentos Fraturas Pequenas escoriações

8 5. DICAS DE SEGURANÇA Utilizar todos os equipamentos necessários em bom estado de uso e conservação, como as fitas e clipes que fecham os coletes e capacetes; Praticar e desenvolver a atividade com profissionais experientes, procurando empresas com pelo menos 5 anos de atividade; Procurar operadoras legalmente constituídas, exigir seguro e nota fiscal dos serviços; Procure saber o que é oferecido nos preços praticados por cada operadora, pois o barato pode sair muito caro, ou seja, quem cobra muito barato tem equipamentos baratos e guias baratos. Os bons equipamentos de rafting são caros.

9 Duck o nome é originário do patinho o nome é originário do patinho de borracha que se usa na banheira para crianças. É um caiaque inflável para descer rios com corredeiras até classe IV;

10 DUCK BÁSICO: Descida em caiaques infláveis, com capacidade para até 2 pessoas, num trecho de 3,5 km do rio Jacaré Pepira, com duração aproximada de 1:30 horas, passando por corredeiras de classes I e II (nível básico) DUCK RADICAL: Descida em caiaques infláveis com capacidade para até 2 pessoas, num trecho de 4 km com duração aproximada de 2 horas passando por corredeiras classes II e III, sendo que a atividade pode ser cancelada se o nível do rio estiver muito elevado.

11 Bóia Cross é uma descida em câmaras infláveis em rios pequenos e com corredeiras fracas;

12 Rafting é a atividade de descida em botes infláveis em corredeiras fluviais;

13

14

15

16

17

18 Os Comandos Frente - Todos os praticantes remam puxando a água da frente para trás. Isso impulsiona o bote para a frente. Ré - Todos os praticantes remam puxando a água de trás para a frente. Isto diminui a velocidade do bote. Direita Ré - O pessoal posicionado do lado direito do bote rema para a frente. Os da esquerda, para trás. Esquerda Ré - O pessoal posicionado do lado esquerdo do bote rema para a frente. Os da direita, para trás. Parô - Todos os praticantes param de remar e colocam o remo no colo, com a parte espalmada para fora do bote. Piso - Todos os praticantes colocam o corpo inteiramente dentro do bote, segurando no cabo de segurança. O comando dá estabilidade ao bote, em corredeiras radicais. Peso Acima - Quando o bote enfrenta uma queda ou desnível grande, a frente do bote afunda na água. Esse comando é dado para que os praticantes se desloquem para a parte de trás do barco, fazendo contrapeso para o bote não virar. Peso a Direita - Todos os praticantes inclinam o corpo para a direita, fazendo contrapeso para esse lado. Peso a Esquerda - Todos os praticantes inclinam o corpo para a esquerda, fazendo contrapeso para esse lado.

19 Manobras Agem - Canoagem sem canoa. O sugeito mergulha no rio e desce a corredeira boiando. Depois o pessoal do bote resgata a figura. Isto é feito em locais onde a água é pouco movimentada e não oferece riscos ao grupo. Portage - Passar a pé com equipamentos, bote e tudo pela margem do rio. Isso é feito para evitar que o barco encare obstáculos perigosos como uma corredeira de nivel 6. Scout - Parar na margem do rio com o bote, para avaliar uma corredeira e fazer a estratégia antes de encará-la. Slalom - Originária da canoagem, a manobra é feita para passar entre duas pedras fazendo o contorno em ziguezague. Surf de bote - De frente para a corredeira, o instrutor ajuda o grupo a colocar o inflável dentro do refluxo. Isso faz com que o barco fique preso nessa movimentação da água. Dependendo da disposição dos praticantes, o bote pode ficar horas "surfando". Surf de corpo - O sujeito se pendura numa corda amarrada nas margens do rio e surfa de barriga no refluxo de alguma corredeira. Rodeio - Variação do surf de bote, o instrutor vai dando comandos que fazem o barco chacoalhar de um lado para o outro.


Carregar ppt "ÁGUAS BRANCAS. 1. DEFINIÇÃO DA ATIVIDADE Podemos destacar cinco tipos de modalidades: Rafting é a atividade de descida em botes infláveis em corredeiras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google