A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BrOffice Writer Prof. M.Sc. Fábio Francisco da Costa Fontes Setembro - 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BrOffice Writer Prof. M.Sc. Fábio Francisco da Costa Fontes Setembro - 2009."— Transcrição da apresentação:

1 BrOffice Writer Prof. M.Sc. Fábio Francisco da Costa Fontes Setembro

2 Conceitos Básicos O BrOffice Writer é um software editor de textos, sendo portanto uma ferramenta para a criação e edição de documentos de texto no microcomputador. Com ele, podemos realizar desde tarefas simples, como digitar e imprimir uma simples carta, até tarefas mais complexas como a criação de documentos mais sofisticados. O Writer faz parte de um pacote de softwares denominado BrOffice, no qual se destacam, além dele, a planilha eletrônica Calc e o software para apresentações de slides eletrônicos, denominado Impress.

3 Iniciando o Trabalho Para utilizar o Writer, pode-se iniciar o programa de diversas maneiras. Uma delas é através do botão BrOffice.org 2.0 Início Rápido disponível na Barra de Tarefas do Windows. Ao dar um duplo clique neste botão, é aberta a janela Modelos e Documentos. Nessa janela,pode-se solicitar a abertura de qualquer tipo de arquivo do BrOffice, não apenas textos do Writer. Para criar um novo texto, clique no ícone Novo, em Documento de texto e no botão Abrir. Para abrir um texto que se encontre na pasta Meus Documentos, clique no menu Arquivo/Abrir e em seguida localize e selecione (com duplo clique) o documento desejado.

4 Iniciando o Trabalho Ao iniciar o Writer, o modo de edição é ativado. Isto significa que é possível começar a digitar em um documento imediatamente. Cabe ressaltar que, ao digitar o texto, só se deve pressionar a Tecla Enter quando se desejar iniciar um novo parágrafo, pois o Writer mudará de linha automaticamente a cada linha preenchida.

5 Iniciando o Trabalho O Writer trabalha com o modo de inserção ativado possibilitando incluir um novo texto num documento já digitado. Para tanto, basta posicionar o cursor na posição desejada e digitar. O seu texto novo será incluído ao documento sem apagar o que já estava digitado. Para sobrescrever (digitar por cima, apagando o texto antigo), acione a tecla Insert e o texto novo se sobreporá ao texto anterior, à medida em que for digitado.

6 área de trabalho do Writer

7 Barra de Títulos É a barra que aparece no alto da janela do Writer. Nela destaca-se o nome do arquivo que está sendo utilizado no momento. Se esse arquivo ainda não tiver sido salvo, um título padrão será dado a ele. Caso haja mais de um arquivo aberto e sem nome, ocorrerá a variação somente na numeração (Sem Título1, Sem Título2 e assim sucessivamente). Assim que o arquivo for salvo com um nome definitivo o nome padrão deixará de existir. Ainda na Barra de Título, logo após o título do arquivo, nos é apresentado o nome do programa do BrOffice (no caso o Writer). Finalmente, na extremidade direita, aparecem os três tradicionais ícones: Minimizar, Restaurar/Maximizar e Fechar.

8 Barra de Menus Os menus são contextuais (sensíveis ao contexto). Com isto, os itens de menu disponíveis são aqueles que são relevantes ao trabalho que está sendo executado naquele instante. Se o cursor estiver posicionado em um texto, todos os itens de menu necessários à edição do texto estarão disponíveis. Os demais itens estarão inacessíveis e serão apresentados com uma coloração esmaecida. Caso o cursor esteja posicionado em uma tabela, serão apresentados todos os itens de menu relativos a tabelas.

9 Barra de Ferramentas Padrão Essa Barra de Ferramentas reúne os ícones mais utilizados com o objetivo de agilizar o trabalho de digitação, formatação e impressão do arquivo. Caso o usuário sinta a necessidade de alterar a exibição disponível, é possível configurar a Barra de Ferramentas, acrescentando ou excluindo ícones. Isto pode ser feito utilizando-se o menu Ferramentas/Personalizar, na guia Barra de Ferramentas.

10 Barra de Formatação – Barra de Objeto Texto Essa barra tem uma característica muito interessante: é sensível ao contexto. Assim, caso o usuário esteja trabalhando com uma imagem, basta clicar na imagem para que a Barra de Objeto Texto seja substituída pela Barra de Objeto Figura que traz ferramentas para lidar com a imagem. Semelhantemente, quando acrescentamos uma tabela, imediatamente surge uma barra com os ícones de tabela.

11 Réguas Vertical e Horizontal Apresentam as medidas do texto além de permitirem alterar as margens do documento. Outra possibilidade da régua horizontal é configurar a tabulação do texto.

12 Barras de Rolagem Tais barras surgem automaticamente quando o conteúdo do arquivo não é visualizado totalmente na tela do computador, permitindo assim a navegação pelo texto.

13 Barra de Status Apresenta informações relevantes sobre o texto, tais como o número de páginas, a página onde o cursor está posicionado e o valor do zoom aplicado. A Barra de Status também é sensível ao contexto, apresentando informações sobre o item em que se está trabalhando.

14 Margens As demarcações das margens apresentam o limite da área de edição do seu arquivo. O que passar desse limite estará situado numas das margens do seu texto. Assim, deve-se estar atento para que, quando o documento for impresso, não seja cortado o conteúdo que estiver fora da área de edição.

15 EDITANDO TEXTO Ao acessar o Writer, percebe-se que ele está preparado para a edição de um novo documento, ou mesmo para alterar um arquivo existente.

16 Navegação com o teclado e mouse As tabelas a seguir apresentam várias possibilidades de navegação utilizando o mouse ou o teclado: EDITANDO TEXTO

17

18

19 Seleção de texto Para qualquer tipo de formatação no documento, é necessário selecionar a região onde será aplicado o efeito. É possível selecionar parte do texto, utilizando o teclado ou o mouse, de diversas formas: EDITANDO TEXTO

20

21

22 Menu Editar Este menu contém comandos para edição do conteúdo de um documento. Caso seja necessário recortar, copiar, colar ou colar especial, é aqui que serão encontrados esses comandos. AutoTexto, Navegador, Localizar e Substituir também fazem parte desse menu: EDITANDO TEXTO

23 Editar/Desfazer – Ctrl+Z Reverte o último comando ou a última entrada digitada. Para selecionar o comando que se deseja reverter, clique na seta ao lado do ícone Desfazer na barra Padrão. Para alterar o número de comandos que se pode desfazer, escolha Ferramentas/Opções/ BrOffice/Memória e insira um novo valor na caixa número de etapas. Alguns comandos (por exemplo, edição de Estilos) não podem ser desfeitos. Para cancelar o comando Desfazer, escolha Editar/Refazer – Crtl+Y. EDITANDO TEXTO

24 Editar/Recortar – Crtl+X Selecione a palavra ou o texto desejado e, em seguida, pressione as teclas de atalho Crtl+X ou o comando Editar/Recortar. A parte selecionada será eliminada do texto. Lembre-se que apesar do conteúdo recortado não mais fazer parte do texto, o mesmo se encontra na área de transferência do sistema operacional e pode ser colado em outro local do texto ou até mesmo num arquivo trabalhado em um outro programa. Esse comando atua em textos, imagens, planilhas e etc. EDITANDO TEXTO

25 Editar/Copiar – Crtl+C Diferentemente do comando Recortar, quando se utiliza esse comando é feita uma cópia do conteúdo. A parte do texto copiada é enviada para área de transferência e pode ser copiada em outro local do texto ou até mesmo num arquivo trabalhado em um outro programa. Esse comando atua em textos, imagens, planilhas e etc. EDITANDO TEXTO

26 Editar/Colar – Crtl+V Esse comando só estará disponível se anteriormente algum objeto foi enviando para a área de transferência. Caso contrário, o ícone aparecerá esmaecido. Ele atua como complemento dos dois comandos apresentados anteriormente: Recortar e Copiar. Após recortar ou copiar o texto ou outro objeto, o comando Colar se apresentará disponível para a utilização. EDITANDO TEXTO

27 Editar/Colar Especial – Crtl+Shift+V Insere o conteúdo da área de transferência num documento, permitindo ao usuário especificar um formato para os dados inseridos. Este comando é muito útil, por exemplo, quando se quer copiar apenas um texto da internet e não a sua formatação, que geralmente se apresenta dentro de uma célula num fundo colorido e com algumas imagens. Colar Especial abre a seguinte caixa de diálogo, que permite ao usuário escolher qual formato é o mais adequado: EDITANDO TEXTO

28

29 Editar/Navegador – F5 Este comando possibilita percorrer rapidamente um documento com várias páginas, buscar uma determinada tabela, uma figura, títulos, seções, fórmulas de tabelas, notas, notas de rodapé, entre outros: EDITANDO TEXTO

30

31 Para mover o Navegador, arraste a barra de título. Para encaixar o Navegador, arraste a barra de título para a borda esquerda ou direita do espaço de trabalho. Para desencaixálo, arraste-o para o centro da tela. EDITANDO TEXTO

32 Clique no sinal de mais (+), ao lado de uma categoria no Navegador, para exibir os itens da categoria. Para ver o número de itens existentes em uma categoria, posicione o ponteiro do mouse sobre a categoria no Navegador. Para ir até um item do documento, clique duas vezes no item no Navegador. EDITANDO TEXTO

33 Para ir até o item anterior ou até o próximo item em um documento, clique no ícone Navegação a fim de abrir a barra de ferramentas de navegação. Em seguida, clique na categoria do item e clique na seta para cima ou para baixo. EDITANDO TEXTO

34 Editar/Localizar e Substituir – Crtl+F Este comando procura e substitui textos ou formatos no documento atual (a alteração de formato poderá ser feita clicando no botão mais opções, mas não será nosso objeto de estudo). Ao acioná-lo, a caixa de diálogo Localizar e Substituir aparecerá, conforme abaixo: EDITANDO TEXTO

35

36 Procurar por: insira o texto que deseja procurar ou selecione uma pesquisa anterior na lista. Substituir por: insira o texto de substituição ou selecione um texto ou um estilo de substituição recente na lista. Mais Opções: as opções de pesquisa e substituição serão listadas ao clicar neste botão da caixa de diálogo. EDITANDO TEXTO

37 Diferenciar maiúsculas de minúsculas: distingue entre caracteres maiúsculos e minúsculos. Somente palavras inteiras: procura palavras inteiras ou células que sejam idênticas ao texto de pesquisa. Localizar: localiza e seleciona a próxima ocorrência do texto ou do formato que se está procurando no documento. EDITANDO TEXTO

38 Localizar Tudo: localiza e seleciona todas as ocorrências do texto ou do formato que se está procurando no documento. Substituir: substitui o texto ou o formato selecionado por aquele procurado e, em seguida, procura a próxima ocorrência. Substituir Tudo: substitui todas as ocorrências do texto ou do formato pela opção indicada. EDITANDO TEXTO

39 Formatando Caracteres Quando se trabalha com um processador de textos, após a digitação o usuário sentirá a necessidade de dar uma aparência melhor ao seu documento. No Writer, é possível usar uma grande variedade de tipos e tamanhos de letras.

40 Formato/Caractere/Fonte Na guia fonte do referido comando, é possível escolher a fonte, os tipos de fonte e o tamanho, conforme abaixo: Formatando Caracteres

41

42 Formato/Caractere/Efeitos de Fonte Podemos aplicar, na fonte que está sendo utilizada no texto, efeitos de relevo, sublinhado, tachado, cor de fonte e outros, os quais aparecem na Caixa de Visualização. A Barra de Formatação apresenta vários dos efeitos citados, todavia não apresenta a riqueza de opções que a guia Efeitos oferece: Formatando Caracteres

43

44 Caso o usuário não queira utilizar o menu, várias das opções vistas anteriormente podem ser encontradas na Barra de Formatação, que contém, ainda, outros itens que serão vistos no decorrer do manual. Para alterar a fonte de um texto selecionado, aperte o botão ao lado da caixa de listagem de Fonte. Se os botões Negrito, Itálico, e/ou Sublinhado forem clicados com o texto selecionado, para cancelar essa operação, sem aplicar outro formato, clique-os novamente. Formatando Caracteres

45 É possível efetuar várias alterações nos parágrafos usando as réguas, as teclas de atalho ou mesmo os botões localizados na Barra de Formatação. Mas se o objetivo for uma formatação mais apurada, o caminho melhor é usar o menu Formato/Parágrafo, escolhendo a formatação desejada em cada guia apresentada. Formatando Parágrafos

46 Formato/Parágrafo/Alinhamento Alinhamento é a posição do texto em relação às margens. Existem alinhamentos à esquerda, à direita, centralizado e justificado. Alinhamento à Esquerda Neste parágrafo, podemos observar que a preocupação do alinhamento se concentra apenas do lado esquerdo. O final de cada linha deste parágrafo é ajustadaautomaticamente pelo Writer. Formatando Parágrafos

47 Alinhamento à Direita Neste parágrafo, ao contrário do anterior, a preocupação é com o alinhamento à direita da linha. Este alinhamento é bastante comum quando se trata de uma pequena mensagem em cartões. Alinhamento Centralizado Este é um exemplo de texto centralizado. Não existe preocupação com as margens e sim, em centralizar o texto em relação a largura da linha. Formatando Parágrafos

48 Alinhamento Justificado O parágrafo justificado alinha-se tanto a direita como a esquerda da linha, por isso aparecem alguns espaçamento entre as palavras. O Writer apresenta a possibilidade de definir o alinhamento da última linha do parágrafo justificado. Formatando Parágrafos

49 Para definir o alinhamento, deve-se acessar o menu Formatar/Parágrafo e, na guia Alinhamento, escolher o formato desejado: Formatando Parágrafos

50

51 Não se pode esquecer de selecionar antes a região onde se quer aplicar o alinhamento, ou posicionar o cursor no parágrafo a ser alinhado. O alinhamento de parágrafos também pode ser feito através da Barra de Formatação. Formatando Parágrafos

52 Formato/Parágrafo/Recuos e Espaçamento Aqui se define o recuo, o espaçamento do parágrafo e o espaçamento entre as linhas. É possível observar modificações no visualizador do lado esquerdo: Formatando Parágrafos

53

54 Formato/Parágrafo/Capitulares Uma letra capitulada é tradicionalmente a primeira letra de um parágrafo em tamanho e formato diferente do restante do texto. Isto é feito com o objetivo de alcançar um efeito visual mais agradável ao destacá-la do conjunto. Pode-se capitular uma letra, uma palavra ou um conjunto de texto, mas o usual é capitular apenas a primeira letra do parágrafo inicial: Formatando Parágrafos

55

56 Formato/Parágrafo/Tabulações Esta guia permite definir a posição de uma parada de tabulação em um parágrafo com posicionamento diferente do padrão, o tipo de tabulação e o caracter de preenchimento: Formatando Parágrafos

57

58 Formatando Páginas Uma das etapas mais importantes na confecção de um documento é a definição de parâmetros que ele deverá seguir, por exemplo: margens da folha, tamanho do papel utilizado pela impressora, direção da impressão, etc. Vamos trabalhar com esses conceitos nesta seção.

59 Formato/Página/Página Aqui se define o layout de página, além dos formatos de numeração e de papel: Formatando Páginas

60

61 Exibir/Caracteres não imprimíveis – Crtl+F10 Existem caracteres que apesar de não serem impressos, fazem parte do documento e podem ou não ser visualizados. Para tanto, clique no botão Exibir/Caracteres não imprimíveis. Abaixo apresentamos alguns desses caracteres:

62 Pincel de Estilo É possível utitilizar esta ferramenta para copiar a formatação de um objeto ou texto selecionado e a aplicá-la a outro objeto ou a outra seleção do texto. Para utilizar este recurso, selecione o texto ou objeto cuja formatação deseja copiar. Posteriormente, na barra Padrão, clique no ícone Pincel de Estilo. Neste momento, o cursor assume o formato de uma lata de tinta e basta selecionar ou clicar no texto ou no objeto a que deseja aplicar a formatação.

63 Se quiser aplicar a formatação a mais de uma seleção, clique duas vezes no ícone Pincel de Estilo. Após aplicar toda a formatação, clique nesse ícone novamente. Pincel de Estilo

64 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Arquivo/Novo O comando Novo abre um novo documento do BrOffice. Este documento pode ser,entre outros, um texto, uma planilha, uma apresentação, um arquivo de desenho, ou um banco de dados. Vamos nos ater agora ao documento de texto.

65 TRABALHANDO COM ARQUIVOS

66 Arquivo/Abrir Caso se deseje editar um documento já iniciado e gravado anteriormente, deve-se selecionar o menu Arquivo/Abrir ou pressionar o respectivo botão na Barra de Funções. Uma caixa de diálogo será aberta permitindo ao usuário navegar pelos mais diversos caminhos. Em seguida, apresentamos as opções disponíveis por meio dos ícones:

67 TRABALHANDO COM ARQUIVOS

68 Arquivo/Salvar e Arquivo/Salvar Como Enquanto se trabalha no Writer, o documento fica armazenado na memória RAM do computador e, como se sabe, ela é uma memória volátil, ou seja, quando o computador é desligado, essa memória se perde. Para evitar maiores acidentes, lembre- se sempre de gravar seu documento em disco, mesmo que não tenha terminado o trabalho:

69 TRABALHANDO COM ARQUIVOS

70 Se o arquivo ainda não foi salvo, o comando que ficará disponível é Salvar Como. Caso o arquivo já tenha sido salvo, a opção Salvar também ficará disponível. Entretanto, utilizando essa opção, somente será permitido salvar as alterações feitas no conteúdo do arquivo. Nenhuma caixa de diálogo será aberta para que outras opções sejam escolhidas, uma vez que se estará simplesmente sobrescrevendo o arquivo original.

71 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Já o comando Salvar Como permite ao usuário escolher um outro local onde será salvo o arquivo e que nome ele terá, além de outras particularidades que merecem destaque, tais como salvar com outras extensões e salvar arquivo com senha. Mais adiante, veremos esses itens com detalhes.

72 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Arquivo/Exportar como PDF Este comando permite salvar o arquivo atual no formato PDF (Portable Document Format). É possível ver e imprimir um arquivo PDF em qualquer plataforma sem perder a formatação original, desde que haja um software compatível instalado, como o Acrobrat Reader. Por ser um formato bastante difundido na internet, os arquivos PDF também são bastante utilizados quando é necessário enviar um documento por .

73 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Para gerar um PDF, basta clicar em Arquivo/Exportar como PDF e escolher o nome e o local para gravar o arquivo. Pode- se ainda clicar no botão Exportar diretamente como PDF, localizado ao lado do botão Imprimir na Barra de Ferramentas Padrão. Se o acesso ao documento for somente para leitura é aconselhável salvá-lo no formato PDF.

74 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Arquivo/Salvar Como Para impedir que outros usuários possam abrir um documento é necessário utilizar o comando Salvar Como e marcar a caixa de Salvar Com Senha. Surgirá então uma caixa de diálogo, conforme abaixo:

75 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Em seguida, deve-se digitar a senha, redigitá-la no campo Confirmar, e pressionar o botão OK. Fazendo assim, somente as pessoas que conhecerem a senha poderão abrir o documento.

76 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Uma senha deve conter no mínimo 5 e no máximo 16 caracteres, podendo incluir letras, números, símbolos e espaços. À medida em que a senha for digitada, o Writer exibirá um asterisco (*) para cada caractere inserido. Se for atribuída uma senha, esta deverá ser usada sempre que o documento for aberto. Certifique-se de digitar as letras maiúsculas e minúsculas exatamente como foram inseridas na primeira vez.

77 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Arquivo/Salvar Como/Salvar como tipo Digamos que seja necessário enviar um arquivo gerado no Writer para um usuário que não possua BrOffice (um órgão fora da Assembléia, ou mesmo um setor administrativo da Casa que ainda não utilize o BrOffice, por exemplo). Nesse caso, é necessário salvá-lo no formato do Microsoft Office. Clique, então, em Arquivo/Salvar Como. Na opção Salvar como tipo selecione na caixa dropdown a opção Microsoft Word 97/2000/XP [.doc]. Em seguida surgirá a caixa de diálogo abaixo com as opções Sim e Não:

78 TRABALHANDO COM ARQUIVOS

79 Se a opção Sim for selecionada, o arquivo será salvo no formato do Microsoft Word. Se a opção escolhida for Não, as alterações serão incorporadas no arquivo e ele será salvo no formato BrOffice Writer. Caso seja aberto no Writer um arquivo gerado no MS Word, e alguma alteração for introduzida nele, ao salvá-lo surgirá essa mesma caixa de diálogo, restando ao usuário definir como quer que o seu arquivo seja gravado.

80 TRABALHANDO COM ARQUIVOS Arquivo/Visualizar Página Este comando exibe uma visualização da página a ser impressa (ou fecha a visualização). Para percorrer as páginas do documento ou imprimi-lo, utilize os ícones da barra Visualização de página. Pode-se, também, pressionar as teclas Page Up e Page Down para percorrer as páginas.

81 TABELAS Em muitos casos a utilização de uma tabela é a maneira mais clara de cruzar dados para se chegar a uma conclusão sobre determinado assunto. Assim, o Writer apresenta ferramentas que possibilitam ao usuário inserir no documento as informações selecionadas em forma de tabela, criar cabeçalho, configurar células, transformar texto em tabelas, ordená-los, etc.

82 TABELAS Inserir/Tabelas – Ctrl+F12 Este comando abre uma caixa de diálogo que permite ao usuário configurar a tabela a ser criada da maneira que melhor lhe convier. Nela o usuário dispõe de uma série de opções básicas para realizar essa configuração:

83 TABELAS

84 Obs.: O usuário também pode inserir uma tabela clicando no ícone tabela, localizado ao lado do ícone de Hiperlink na Barra de Ferramentas Padrão e arrastando o mouse para selecionar o número de linhas e colunas a serem criadas.

85 TABELAS Tabela/Formato numérico Acionando este comando, surgirá uma caixa de diálogo que permitirá selecionar o modo como se deseja que o conteúdo das células selecionadas seja exibido. O código da opção selecionada será mostrado na caixa Código de Formato, no canto inferior esquerdo da caixa de diálogo.

86 TABELAS

87 Tabela/Classificar Este comando faz a classificação alfabética e numérica dos parágrafos selecionados. Pode- se definir até três chaves de classificação, alfanuméricas e numéricas.

88 TABELAS

89 Tabela/Fórmula – F2 O Writer permite criar e inserir cálculos em um documento de texto utilizando este comando, o qual abre a Barra de Fórmula. Veja figura a seguir:

90 TABELAS

91 Fórmula: clicando no ícone f(x), abre-se um sub-menu, onde é possível inserir vários tipos de fórmulas numa célula de uma tabela ou no local do documento onde deseja que o resultado apareça. Cancelar: este ícone elimina os dados da linha de entrada e fecha a Barra de Fórmula. Aplicar: este ícone insere o conteúdo da linha de entrada na posição onde se encontra o cursor e fecha a barra de fórmula. Área de Fórmula: permite que se crie uma fórmula digitando-a diretamente na linha de entrada ou clicando no ícone Fórmula, para minimizar o trabalho. Pode-se ainda obter uma soma de dados posicionando o cursor na célula onde se deseja obter o resultado, clicando em seguida na primeira célula do intervalo a ser somado e arrastando até o último dado desejado, e, finalmente, teclando enter para encerrar a operação.

92 TABELAS Tabela/Converter Este comando converte o texto selecionado em uma tabela ou converte a tabela selecionada em texto.

93 TABELAS Se o documento já possui uma tabela e o cursor está posicionado dentro da mesma, utilizando o botão direito do mouse, ou ainda Tabela/Propriedades da tabela, é possível ter acesso ao comando Formato de Tabela. As guias apresentadas serão as seguintes:

94 TABELAS

95 Exercício Fazer os exercícios do arquivo com nome exercício Formatação que encontra-se na minha página.

96 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO Editar/AutoTexto – Ctrl+F3 Se o usuário utiliza com freqüência um texto padrão em seus documentos, como endereços das Secretarias e outros órgãos, é possível criar um AutoTexto. Para isso, basta digitar o texto desejável, selecioná-lo, pressionar as teclas Ctrl+F3 ou clicar no menu Editar/AutoTexto, e defini-lo como sendo uma variável de AutoTexto (Em nome coloque o nome do auto texto e em iniciais coloque as iniciais desejadas. No botão auto-texto selecione novo. Depois clique no botão inserir). Desta maneira, ao invés de redigitar o texto em cada novo documento, basta adicionar a variável de AutoTexto, digitando a(s) tecla(s) de atalho escolhida(s) e, em seguida, sem dar espaço, pressionar F3.

97 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO Exibir o restante do nome como sugestão durante a digitação: Se esta caixa for marcada, as teclas de atalho sugeridas serão as letras iniciais das primeiras palavras do nome. Caso já haja uma entrada com essas iniciais, o usuário será avisado pelo sistema, bastando alterar o conjunto de teclas de atalho por um válido. Se o nome de várias entradas começarem com o mesmo texto (como setor de compras, setor de vendas, setor médico), pode-se pressionar Ctrl+Tab para que as outras entradas sejam apresentadas.

98 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO Inserir/Cabeçalhos Inserir/Rodapé Estes comandos adicionam ou removem um cabeçalho ou rodapé do estilo de página que for selecionado no submenu. O cabeçalho (ou rodapé) é adicionado a todas as páginas que usam aquele estilo de página. Quando um novo documento é criado, somente o estilo de página padrão está disponível. Outros estilos somente surgirão após serem criados pelo usuário.

99 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO Para adicionar ou remover o cabeçalho (ou o rodapé) de todo o documento, deve-se clicar em Inserir/Cabeçalho/Todos (ou Inserir/Rodapé/Todos). Uma linha surgirá então acima da área de edição, no caso de cabeçalho, (ou no fim da página, após a margem inferior, quando se tratar de rodapé). É neste local que se deve digitar o conteúdo do cabeçalho (ou do rodapé). O campo que representa o número da página também deve ser inserido nestas áreas. Caso contrário, os números de página não serão apresentados nas demais páginas do documento.

100 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO Inserir/Quadro Com este comando podemos inserir um quadro para criar um layout com uma ou mais colunas de texto e objetos. Para editar um quadro, clique duas vezes na borda ou escolha o comando Formato/Quadro. Pode-se também redimensionar ou mover um quadro clicando nas suas extremidades. Para excluir um quadro, deve-se clicar na borda, e em seguida, pressionar Excluir. Obs.: na área de visualização da caixa de diálogo Quadro, o quadro é representado por um retângulo verde.

101 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO Inserir/Quebra Manual Permite Inserir uma quebra manual de linha, de coluna ou de página na posição onde o cursor estiver localizado.

102 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO

103 Inserir/Seção Insere uma seção de texto na posição do cursor. Também é possível aplicar uma seção em um texto selecionado, inserir blocos de texto de outros documentos, aplicar layouts de colunas ou proteger a seção. Para editar uma seção, pressione Formato/Seções. Aparecerá então a caixa de diálogo Inserir seção, com as seguintes guias:

104 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO

105 Inserir/Índices e Tabelas/Índices e Sumários Quando é selecionado Sumário como tipo de índice, as seguintes opções são apresentadas na guia Índice/Sumário:

106 APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO

107 Título: deve-se inserir um título para o índice selecionado. Tipo: aqui se escolhe o tipo de índice que deseja inserir. As opções disponíveis nesta guia dependem do tipo de índice selecionado. Protegido contra alterações manuais: impede que o índice seja alterado. Para alterações posteriores à inclusão do índice no documento, é necessário clicar sobre o índice, com o botão direito do mouse, e na opção Editar índice/índice geral. APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO

108 Criar índice/Sumário para: define se o índice será para todo o documento ou para o capítulo atual. Avaliar até o nível: define quantos níveis de cabeçalho serão incluídos no índice. Na área Criar a partir de é possível especificar as informações que serão incluídas no índice. APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO

109 Estrutura de Tópicos: cria o índice utilizando parágrafos formatados com um dos estilos de cabeçalho predefinidos (Cabeçalho 1-10). É possível configurar os parágrafos, clicando no botão logo à frente desta opção. Estilos Adicionais: inclui os estilos de parágrafo que podem ser escolhidos na caixa de diálogo após clicar no botão logo à frente desta opção. Marcas de índice: inclui as entradas de índice que foram inseridas pelo usuário. APRIMORANDO A EDIÇÃO DE TEXTO

110 Vamos criar um sumário: Vamos pegar o texto digitado sobre Teoria geral do processo Selecione o título Teoria geral do processo e insira o estilo Título 1 para ele Selecione o subtitulo Introdução e Insiro o estilo título 2 para ele Selecione o subtitulo A Lei Processual e insira o estilo título 2 para ele Obs: o estilo é encontrado no canto superior esquerdo na barra de objeto texto

111 Vamos criar um sumário: Em Ferramentas selecione a opção Numeração da estrutura de tópicos... Em estilo do parágrafo escolha Título 1 Em número escolha 1, 2, 3,... Em Nível escolha 1 Em separador Depois digite - Em iniciar digite 1

112 Vamos criar um sumário: Em seguida Clique em Nível 2 Em estilo de parágrafo escolha Título 2 Em número escolha 1, 2, 3,... Em mostrar subníveis escolha 2 Em separador depois digite – E por fim clique em ok

113 Vamos criar um sumário: Em seguida clique em Inserir Índices Índices e sumários... Desmarque protegido contra alterações manuais e clique em ok

114 Exercício Abrir o arquivo exercício para formatação-2 1 – Inserir uma moldura para a capa da apostila de Direito Processual Civil. Passos: Clique em estilo, encontrado no canto superior esquerdo na barra de objeto texto; Clique no ícone estilo de página; Clique na palavra padrão e no canto superior direito clique em novo estilo a partir da seleção; Chame o novo estilo de capa e clique em ok; Clique com o botão direito do mouse no estilo criado e escolha a opção modificar; Clique em bordas e escolha a moldura que contorna toda a página e a espessura da linha 2,5 e clique em ok; Novamente clique novo estilo a partir da seleção (ainda com a palavra padrão selecionada) e digite o nome texto para o novo estilo. Feito isso digite enter; Clique com o botão direito do mouse no estilo criado e escolha a opção modificar rodapé; Escolha a opção ativar rodapé e clique em ok; Coloque o cursor na ultima linha da capa e selecione inserir/ quebra manual; Escolha a opção quebra de página e o estilo texto, pois será o estilo utilizado após a quebra da página; Selecione a opção alterar o número de páginas e escolha a opção 1 (irá começar a contar da primeira página após a capa como sendo 1); Feito isso vá para o rodapé e com o cursor centralizado clique em inserir/campos/número de paginas; Agora coloque o cursor na página da capa e abra relação de estilos; Dê dois cliques no estilo capa.

115 Exercício 2 – Insira um sumário para a apostila de Direito Processual Civil. (crie o sumário dentro de um novo estilo chamado pré-texto). Neste novo estilo a página não possui bordas, o formato da numeração da página é em algarismo romano e a numeração fica no rodapé. No texto os tópicos em azul possuem nível 1, os tópicos em vermelho possuem nível 2 e os tópicos em verde possuem nível 3 para o sumário. 3 – Coloque o texto da capa centralizado e o conteúdo da apostila justificado 4 – Coloque o conteúdo do texto com arial 12.

116 Referência AZZI, M. A., Manual do BrOffice Writer Versão Curso Básico, Belo Horizonte, 2006.


Carregar ppt "BrOffice Writer Prof. M.Sc. Fábio Francisco da Costa Fontes Setembro - 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google