A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA AMBIENTAL Sistema de Informações Geográficas PROFESSOR: Prof.: Alexandre Rosa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA AMBIENTAL Sistema de Informações Geográficas PROFESSOR: Prof.: Alexandre Rosa."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA AMBIENTAL Sistema de Informações Geográficas PROFESSOR: Prof.: Alexandre Rosa dos Santos. ALUNOS: Teresa S. Aquije Chacaltana. Marcos Eugênio Pires de Azevedo Lopes

2 ANÁLISE ESPAÇO-TEMPORAL DO POTENCIAL HÍDRICO CLIMÁTICO DO ESTADO DE GOIÁS

3 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO DO SEMINÁRIO Introdução Objetivos Material e Métodos Resultados e Discussões Conclusões

4 Introdução Precipitação Pluvial ETP Média (Assad & Castro, 1991) Não constitui um procedimento confiável Método do Balanço Métodos Micro- meteorológico Condições Climáticas Função gama incompleta fornece subsídios mais confiáveis ao G. de RH. (Barger & Thom 1949, Iowa (USA). Método de Linacre Dados de Temperatura, Altitude, Latitude

5 F. Densidade de Probabilidade Pearson Tipo III, Função Gama Probabilidade acumulada de ocorrência Função de Distribuição mista

6 Tanner (1968) ETP Método do Balançc Hídrico Métodos Micrometeorológico Métodos Empíricos Método Thornthwaite Método Blaney-Criddle Método Makkink Método Jesen-Haise Método Radiação Solar Método Linacre Método Lisimétrico Método Penman

7 ETP = evapotranspiração potencial mm/dia); Tm = temperatura média do ar reduzida ao nível do mar (°C), dada por: t = temperatura média do ar (°C); h = altitude (m); A = latitude do local em módulo (graus); T 0 = temperatura do ponto de orvalho (°C), calculada como: e a = pressão parcial do vapor dágua (mm Hg),. es = pressão parcial de saturação do vapor dágua à temperatura média do ar (mm Hg). Método Linacre (1977) Simplificação método de Penman Método Empírico Aplicável faixa de clima Simples, fácil uso, pela precisão nos valores estimados Dados de Temperatura Altitude e Latitude

8 Objetivos O objetivo deste trabalho foi o de estimar e espacializar, por meio do SGI/INPE, a disponibilidade hídrica climática decendial no Estado de Goiás, a partir dos valores de precipitação com 75% de probabilidade, e de evapotranspiração potencial, calculada pelo método de Linacre.

9 MATERIAIS E MÉTODOS PRECIPITAÇÃO DEPENDENTE EVAPOTRANSPIRAÇÃO POTENCIAL DISPONIBILIDADE HÍDRICA

10 MATERIAIS E MÉTODOS: Precipitação Dependente - Cálculo e espacialização Dados Pluviométricos Tratamento Transformação e Ajuste Transformação e Ajuste SGI/Inpe MNTASCIIGeopoli Geração da grade regular Escolha do Interpolador Fatiamento de dados MNT Mapa da precipitação dependente para um determinado período do ano

11 Médias Decendiais: - Função Gama Incompleta (BARGER & THOM, 1949) - Função Mista (THOM, 1966) - Para valores de Prec. = 0 mm Níveis de Probabilidade: - Programa Computacional, Linguagem SAS (Statistical Analysis System) 5 a 95% de Probabilidade - Espacializado o nível de 75% de probabilidade

12 MATERIAIS E MÉTODOS: ETP - Estimativa e espacialização Dados Climáticos Temperatura Média do Ar Umidade Relativa Método de Linacre Médias Decendiais Médias Decendiais Equações: Cálculo da ETP SIG/Inpe MNTASCIIGeopoli Geração da grade regular Escolha do Interpolador Fatiamento de dados MNT Mapa da evapotranspiração potencial para um determinado período do ano

13

14 MATERIAIS E MÉTODOS: Disponibilidade Hídrica - Cálculo e espacialização SIG/Inpe Manipulação dos dados MNT - opção Combinação de grades Grade Precipitação Dependente Grade Evapotranspiração Potencial Menos ( -) Grade Disponibilidade Hídrica Mesmas etapas SIG/Inpe Mapas decendiais para todo o Estado de Goiás

15 RESULTADOS E DISCUSSÃO RESULTADOS E DISCUSSÃO

16 RESULTADOS E DISCUSSÃO

17

18

19

20 CONCLUSÕES - A partir dos dados de precipitação dependente e ETP, este trabalho possibilitou avaliar a disponibilidade hídrica potencial de Goiás para os dez primeiros decêndios do ano (de 1 0 de janeiro a 10 de abril); - Para o período em análise, o Estado de Goiás apresenta excesso hídrico climático que diminui de norte para sul e de noroeste para leste, estando nesta última região os menores índices deste excesso; - O trabalho mostrou que o Estado de Goiás apresenta potencial hídrico climático suficiente para atender às necessidades de água da safrinhaem todas as fases do seu ciclo, e principalmente na floração (de 10 janeiro a 10 de abril); - O SGI/Inpe constituiu-se numa ferramenta importante na estimativa e espacialização da disponibilidade hídrica potencial no estado de Goiás - O SGI/Inpe constituiu-se numa ferramenta importante na estimativa e espacialização da disponibilidade hídrica potencial no estado de Goiás.


Carregar ppt "UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA AMBIENTAL Sistema de Informações Geográficas PROFESSOR: Prof.: Alexandre Rosa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google