A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia BIO2040 Genética Clássica Aspectos Históricos Leis Mendelianas Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia BIO2040 Genética Clássica Aspectos Históricos Leis Mendelianas Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia BIO2040 Genética Clássica Aspectos Históricos Leis Mendelianas Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO

2 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Mendelianos Quais são os mecanismos biológicos que fazem com que os filhos se pareçam com os pais? As semelhanças que existem entre pais e filhos, no homem e nos animais, indicam que são transmitidas de geração em geração. Quais são as regras da hereditariedade? Hereditariedade = Fenômeno que explica as semelhanças observadas entre pais e filhos ou entre indivíduos de uma mesma linhagem.

3 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Históricos Teoria da Pré-formação (Progênese) - Aristóteles ( aC) Os gametas apresentam um organismo em miniatura (indivíduos pré-formados) que se desenvolvem após a fecudação. Espermistas Ovistas Homúnculo

4 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Históricos Teoria das Gêmulas (Pangenes) Produção de diminutas cópias dos órgãos (gêmulas ou pagenes) que seriam levadas pelo sangue até as gônodas, onde se reuniam para formarem os gametas. Lei da Herança Ancestral (Herança pelo Sangue) Os caracteres hereditários são transmitidos aos filhos pelo sangue. O sangue de cada indivíduo seria uma mistura do sangue paterno e do sangue materno numa proporção de meio a meio.

5 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Históricos Teoria do Plasma Germinativo Durante o desenvolvimento embrionário, as células dividir-se-iam em duas linhagens: Germinativa e Somática. Apenas a linhagem germinativa apresentaria estruturas transmissíveis aos descendentes.

6 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Históricos Hipótese da Epigênese Os gametas não apresentam nenhuma estrutura do novo ser. Traziam, sim, a potencialidade para fazer com que uma intensa reprodução celular levasse a termo a formação do embrião. Leis Mendelianas A análise de um caracter hereditário individualmente, permitiu a elaboração das Leis Mendelianas – Lei da Pureza dos Gametas (1 a Lei) e Lei da Segragação Independente (2 a Lei) Simplificou o enfoque experimental, selecionando caracteres contrastantes Utilizou-se de uma base estatística capaz de explicar os fenômenos encontrados Sugeriu interpretação biológica correta para os resultados

7 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Mendelianos C. Darwin publica o livro A Origem das Espécies, em que estabelece que as espécies se modificam pela ação seletiva do ambiente sobre as variações existentes na população G. Mendel, formula as Leis da Transmissão dos Caracteres Hereditários J. Down publica um artigo intitulado "Observações acerca de uma classificação étnica dos idiotas", onde afirma que o traços mongolóides presentes em indivíduos com Síndrome de Down eram produto de uma degeneração que determinava o surgimento de características típicas de raças inferiores J.F. Miescher descobre a nucleína (em espermatozóide de salmão), substância que compõe o núcleo das células. Era na realidade o DNA, não visto ainda como portador da informação genética W. Flemming denomina cromatina o material corável do núcleo da célula. É composta em grande parte de DNA, mas não se conhece sua estrutura química. A cromatina de Flemming e a nucleína de Miescher são, na realidade, a mesma estrutura.

8 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Mendelianos F. Galton se dedica ao estudo da hereditariedade biológica e cria o termo eugenia. Weissman demonstra a separação entre plasma somático e germinativo A. Weismann, primeiro no núcleo, e posteriormente T. Boveri e W. Sutton (1903) no cromossomo, individualizam os elementos responsáveis pela transmissão hereditária, que em 1909, W. Johansen chamará gene International Conference of Hybridization and on Cross-Breeding of Varieties, Londres, é o primeiro congresso internacional de genética H. de Vries, botânico holandês, publica seus trabalhos onde menciona os resultados de Mendel. Landsteiner descreve o primeiro polimorfismo genético em humanos, os tipos sangüíneos A, B e O A. Garrod publica "The Incidence of Alkaptonuria", primeiro relato de um erro inato do metabolismo e primeira vez em que o conceito mendeliano de gene é aplicado a uma característica humana W. Bateson propõe o uso do termo genética.

9 Genética Clássica: Aspectos Mendelianos Ervilhas amarelas cruzadas com ervilhas verdes produziam ervilhas amarelas, em vez de ervilhas verde-amareladas. Johann Mendel (Áustria) – 22/Jul/1822 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO

10 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Mendelianos

11 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Mendelianos Plantas Altas - Dom (TT ou Tt) Plantas Baixas - Rec (tt) PG = 1:2:1 PF = 3:1

12 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Mendelianos CaracterísticaDominânciaRecessividade Tipo de inflorescênciaaxilarterminal Forma da casca da sementelisarugosa Cor dos cotilédonesamarelosverdes Cor da casca da sementecinzabranco Forma da vagemnormalsulcada Cor da vagemverdeamarela Altura da plantaaltaanã 1a. Lei Mendeliana: Cada característica é condicionada por um par de fatores (gens) que se separam durante a formação dos gametas.

13 Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO Genética Clássica: Aspectos Mendelianos 1. Capacidade Gustativa para o PTC (feniltiocarbamida): - Sensível Dom - Insensível Rec 2. Forma do lobo da orelha: - Lobo solto Dom - Lobo aderente Rec 3. Capacidade de enrolar a língua: - Capaz Dom - Incapaz Rec 4. Furo no queixo: - Ausência Dom - Presença Rec 5. Implantação do cabelo: - Alta Dom - Baixa Rec Características humanas normais que obedecem a 1a. lei mendeliana


Carregar ppt "Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia BIO2040 Genética Clássica Aspectos Históricos Leis Mendelianas Cláudio C. Silva, M.Sc. UCG/BIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google