A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OFICINA PROJETOS DE PESQUISA PET/ADM Por: Maria Inês do Carmo Cássia Pires Fernandes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OFICINA PROJETOS DE PESQUISA PET/ADM Por: Maria Inês do Carmo Cássia Pires Fernandes."— Transcrição da apresentação:

1 OFICINA PROJETOS DE PESQUISA PET/ADM Por: Maria Inês do Carmo Cássia Pires Fernandes

2 ESTRUTURA DO PROJETO DE PESQUISA AUTORES DIFERENTES PROPÕEM ESTRUTURAS COM ALGUMA DIVERSIFICAÇÃO NESTA OFICINA SERÁ UTILIZADO O ROTEIRO DE VERGARA (2005)

3 ESTRUTURA (FOLHA DE ROSTO) SUMÁRIO 1. O PROBLEMA 2. REFERENCIAL TEÓRICO 3. METODOLOGIA 4. CRONOGRAMA 5. BIBLIOGRAFIA ANEXOS APÊNDICES

4 FOLHA DE ROSTO Título do Projeto Nome do autor A quem será apresentado Nome do orientador do Projeto Mês e ano da conclusão Obs.: Esta página não é numerada, é considerada Pré-textual

5 SUMÁRIO É O QUE POPULARMENTE CHAMA- SE DE INDICE Contém os subtítulos das seções do projeto com as respectivas páginas Obs.: Página não numerada

6 1. O PROBLEMA 1.1 INTRODUÇÃO 1.2 OBJETIVOS (FINAL E INTERMEDIÁRIOS) 1.3 QUESTÕES A SEREM RESPONDIDAS 1.4 HIPÓTESES OU SUPOSIÇÕES, ( SE FOR O CASO) 1.5 DELIMITAÇÃO DO ESTUDO 1.6 RELEVÂNCIA DO ESTUDO 1. 7 DEFINIÇÃO DOS TERMOS (SE FOR O CASO)

7 O PROBLEMA IntroduçãoImportância do projeto, do tema a ser discutido. ObjetivosO que se quer alcançar com a pesquisa. No todo e em partes Questões a serem respondidas Raiz do problema, o que suscitou a curiosidade do pesquisador HipótesesAntecipação da resposta ao problema Delimitação do Estudo Aqui fazem-se os recortes Relevância do Estudo Em que o estudo irá contribuir Definição dos termos Pequena lista de termos chaves do estudo com suas definições

8 FREFERENCIAL TEÓRICO Estudos sobre o tema, ou sobre o problema, já realizado por outros autores. Revisão da literatura existente. Indica qual a opção teórica em relação aos autores. Vou usar os conceitos X, Y como ferramentas, como lentes teóricas. Essa teoria me oferece através desse conceito uma compreensão melhor para meu estudo. Busca o estado da arte, ou seja, até onde o conhecimento sobre tal tema já alcançou. Indica qual procedimento de coleta mais adequado Oferece suporte para a interpretação e análise dos dados, para os Resultados.

9 O que é metodologia? Estudo dos caminhos, abordagens e dos instrumentos usados para se fazer ciência Ação de conhecer e problematizar criticamente esses caminhos

10 Classificação das Pesquisas (Tipos de Pesquisa) FinalidadeNaturezaObjetivos Procedi mentos Local de Realização Básica Aplicada Qualitativa Quantitativa CRITÉRIOS Exploratória Descritiva Explicativa Bibliográfica Documental Campo Laboratório Outros Experimental TOGNETTI, 2006.

11 Tipos de Pesquisa em Administração (Vergara, 1997) Quanto aos finsQuanto aos fins –Exploratória –Descritiva –Explicativa –Metodológica –Aplicada –Intervencionista Quanto aos meiosQuanto aos meios –Pesquisa de campo –Pesquisa de Laboratório –Documental –Bibliográfica –Experimental –Ex-post facto –Participante –Pesquisa Ação –Estudo de Caso

12 Objetivos TOGNETTI, 2006.

13 Natureza (Silverman, 2000) Método Pesquisa Quantitativa Pesquisa Qualitativa Observação Trabalho Preliminar (antes da construção de questionários) Ação fundamental para entender outra cultura Análise de Textos Análise de Conteúdo (contar termos existentes em categorias pré-definidas pelos pesquisadores) Entender as categorias dos participantes Entrevistas Survey com perguntas fechadas e amostras aleatórias Perguntas abertas com pequenas amostras e/ou sujeitos Transcrições Utilizada sem muita freqüência para checar a veracidade das entrevistas Utilizada para entender como os participantes estruturam suas falas (análise do discurso)

14 Universo e Amostra População de uma pesquisa:População de uma pesquisa: conjunto de elementos (organizações, produtos, pessoas) que possuem as características que serão objeto de estudo. População amostral ou amostraPopulação amostral ou amostra: é a parte do universo escolhida segundo critério de representatividade: –Probabilística (procedimentos estatísticos) Aleatória simples (ex.: seleção por número); Estratificada (ex.: amostra por sexo, profissão); Conglomerado (ex: famílias, empresas, universidades). –Não-Probabilística Acessibilidade (fácil acesso); Tipicidade (elementos representativos, requer conhecimento). Seleção dos sujeitos da amostra:Seleção dos sujeitos da amostra: são as pessoas que fornecerão os dados de que o pesquisador necessita.

15 Coleta de Dados Coleta de Dados: como o pesquisador pretende obter os dados de que precisa para responder ao problema? Observação –Simples: certo distanciamento do grupo ou situação; –Participante: engajamento na vida do grupo ou na situação (ator ou expectador interativo). QuestionárioQuestionário –Aberto: respostas livres dadas pelos respondentes; –Fechado: respondente faz escolhas ou pondera diante das alternativas. FormulárioFormulário (presença física de ambos e respostas por escrito) EntrevistaEntrevista (presença física de ambos e respostas orais) –Informal; –Focalizada (apenas um assunto a ser discutido); –Tópicos.

16 Tratamento dos dados Objetivos são alcançados com a coleta, o tratamento e análise dos dados. Assim, deve-se fazer a correlação entre objetivos e formas de atingí-los. Quanti, Quali, Quanti-quali ou Quali- quanti.

17 Limitações do método É saudável antecipar-se às críticas explicitando as limitações que o método escolhido oferece, mas mesmo assim justificam como o mais adequado aos propósitos do estudo.

18 CronogramaCronograma Etapas com seus prazos. Referências BibliográficasReferências Bibliográficas Lista de obras citadas no texto. Normalmente apresenta-se ao final. Observar as normas da ABNT.

19 AnexosAnexos Texto ou documento não elaborado pelo autor, que serve de fundamentação, comprovação e ilustração. ApêndiceApêndice Texto ou documento elaborado pelo autor, a fim de complementar suas argumentação, sem prejuízo da unidade nuclear do trabalho. (ABNT, NBR 14724:2002).

20 20

21 Idéia Revisão de Literatura Design Coleta e Organização dos Dados Análise e Conclusões Disseminação do conhecimento Modelo de Atividade de Pesquisa Fonte: Adaptado de Berg, Progressão linear Espirais de pesquisa: nenhum estágio fica para trás completamente

22 22 Considerações O elemento mais importante para a identificação de um delineamento é o procedimento adotado para a coleta de dados. Dois grandes grupos de delineamentos: fontes de papel (pesquisa bibliográfica e documental) e as pessoas como fonte ( pesquisa experimental, ex-post facto, levantamento, estudo de caso, coorte, estudo de campo, pesquisa-ação e participante.) Pesquisar em ciências sociais envolve risco, pois os fenômenos da sociedade são dotados de complexidade, em que não se pode manipular o ambiente para chegar à resultados pré-determinados. Dito de outra forma, o pesquisador que prima pela legitimidade do conhecimento científico teoriza num ambiente de incerteza. Uma vez que sabemos que nossa pesquisa é mais um tijolo na construção do conhecimento, ter espírito crítico e humildade na condução do estudo representa uma excelente iniciação no universo científico.

23 23 OBRIGADA!


Carregar ppt "OFICINA PROJETOS DE PESQUISA PET/ADM Por: Maria Inês do Carmo Cássia Pires Fernandes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google